Análise Do Poema "Versos Íntimos" De Augusto Dos Anjos

Reza March 27, 2022
Versos Intimos Augusto Dos Anjos Analise EDUCA

O poema “Versos Íntimos” é uma obra do poeta Augusto dos Anjos, publicado em 1912 no livro “Eu”, que é considerado uma das principais obras da poesia brasileira. Este poema em particular é um dos mais célebres do livro, e é frequentemente estudado em escolas e universidades como um exemplo da poesia modernista.

Resumo do poema

O poema “Versos Íntimos” é um monólogo lírico, no qual o eu-lírico expressa suas angústias e inquietações em relação à vida e à morte. O poema é dividido em três estrofes, com quatro versos cada uma, e segue uma métrica regular de decassílabos.

A primeira estrofe começa com a afirmação do eu-lírico de que ele é um “escravo do coração”. Ele afirma que, apesar de ter conhecimento e cultura, ele não consegue controlar seus sentimentos e emoções, que o levam a sofrer constantemente. Ele descreve sua angústia como um “monstro de olhos arregalados”, que o persegue e o atormenta.

Na segunda estrofe, o eu-lírico reflete sobre a vida e a morte. Ele afirma que a vida é uma “farsa”, um “teatro grotesco”, no qual os seres humanos são meros atores. Ele diz que a morte é a única certeza da vida, e que todos nós estamos destinados a morrer. Ele descreve a morte como um “mestre terrível”, que espera por todos nós ao final da vida.

Por fim, na terceira estrofe, o eu-lírico faz um apelo à natureza. Ele pede que as árvores e os animais, que não têm a consciência da morte, o ajudem a aliviar suas dores e sofrimentos. Ele diz que gostaria de ser como um pássaro, livre das preocupações e dos medos humanos.

Análise do poema

Temas

O poema “Versos Íntimos” trata de diversos temas importantes, tais como:

For more information, please click the button below.
  • A condição humana e a fragilidade da vida;
  • O conflito entre razão e emoção;
  • A busca pela liberdade e pela felicidade;
  • A relação do homem com a natureza;
  • A reflexão sobre a morte e o sentido da existência.

Recursos literários

Para expressar seus sentimentos e ideias, o poeta Augusto dos Anjos utiliza diversos recursos literários, tais como:

  • Personificação: o eu-lírico se refere à sua angústia como um “monstro de olhos arregalados”, e à morte como um “mestre terrível”.
  • Metáfora: a vida é comparada a uma “farsa”, e a morte é comparada a um “portal”.
  • Rima: o poema segue uma métrica regular de decassílabos, e apresenta rimas consonantes em todos os versos.
  • Ironia: o eu-lírico se considera um “escravo do coração”, apesar de ter conhecimento e cultura.

Estilo e linguagem

O estilo de Augusto dos Anjos é caracterizado por uma linguagem direta e objetiva, que busca expressar suas ideias de maneira clara e concisa. Ele utiliza um vocabulário técnico e científico, que reflete sua formação em medicina e sua fascinação pela biologia e pela evolução.

Além disso, Augusto dos Anjos utiliza um tom pessimista e melancólico em seus poemas, que reflete sua visão crítica da sociedade e da condição humana. Ele descreve a vida como uma “farsa” e a morte como um “portal”, e expressa sua angústia e inquietação em relação ao sentido da existência.

Conclusão

O poema “Versos Íntimos” de Augusto dos Anjos é uma obra importante da poesia brasileira, que expressa de maneira clara e objetiva as angústias e inquietações do eu-lírico em relação à vida, à morte e à condição humana. O poema utiliza diversos recursos literários, tais como a personificação, a metáfora e a rima, para expressar suas ideias de forma poética e impactante.

Além disso, o poema reflete o estilo e a linguagem característicos de Augusto dos Anjos, que utiliza um vocabulário técnico e científico, um tom pessimista e melancólico, e uma visão crítica da sociedade e da condição humana.

FAQs

1. Qual é o significado do poema “Versos Íntimos” de Augusto dos Anjos?

O poema “Versos Íntimos” de Augusto dos Anjos expressa as angústias e inquietações do eu-lírico em relação à vida, à morte e à condição humana. O poema reflete uma visão pessimista e melancólica da existência, e utiliza diversos recursos literários, tais como a personificação, a metáfora e a rima, para expressar suas ideias de forma poética e impactante.

2. Qual é o estilo de Augusto dos Anjos?

O estilo de Augusto dos Anjos é caracterizado por uma linguagem direta e objetiva, que busca expressar suas ideias de maneira clara e concisa. Ele utiliza um vocabulário técnico e científico, que reflete sua formação em medicina e sua fascinação pela biologia e pela evolução. Além disso, Augusto dos Anjos utiliza um tom pessimista e melancólico em seus poemas, que reflete sua visão crítica da sociedade e da condição humana.

3. Qual é a importância do poema “Versos Íntimos” na poesia brasileira?

O poema “Versos Íntimos” é uma obra importante da poesia brasileira, que expressa de maneira clara e objetiva as angústias e inquietações do eu-lírico em relação à vida, à morte e à condição humana. O poema utiliza diversos recursos literários, tais como a personificação, a metáfora e a rima, para expressar suas ideias de forma poética e impactante. Além disso, o poema reflete o estilo e a linguagem característicos de Augusto dos Anjos, que utilizava um vocabulário técnico e científico, um tom pessimista e melancólico, e uma visão crítica da sociedade e da condição humana. Por todas essas razões, “Versos Íntimos” é considerado uma das principais obras da poesia modernista brasileira.

Related video of versos intimos augusto dos anjos analise

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait