Uma Mesma Preposição Pode Apresentar Diferentes Valores Semânticos

Reza December 15, 2021
__________

As preposições são palavras invariáveis que estabelecem uma relação entre dois termos de uma oração, geralmente indicando uma posição, movimento, tempo, meio ou causa. No entanto, uma mesma preposição pode ter diferentes significados ou sentidos em contextos distintos, o que pode gerar dúvidas ou ambiguidades na interpretação de frases.

Exemplos de preposições com diferentes valores semânticos

A seguir, apresentamos alguns exemplos de preposições que podem ter diferentes valores semânticos, dependendo do contexto:

1. “De”

  • “Eu vim de São Paulo” (origem)
  • “O livro é de autoria de Machado de Assis” (autoria)
  • “Ela morreu de tristeza” (causa)
  • “Ele é fã de rock” (gosto ou preferência)

2. “Em”

  • “Eu moro em São Paulo” (localização)
  • “Eu trabalho em um banco” (atividade profissional)
  • “Eu pensei em você” (referência a alguém ou algo)
  • “Eu estou em dúvida” (estado ou condição)

3. “Com”

  • “Eu falei com ela” (comunicação)
  • “Eu vou viajar com meus amigos” (companhia)
  • “Eu gosto de café com açúcar” (modo ou instrumento)
  • “Eu estou com fome” (estado ou condição)

Por que uma mesma preposição pode ter diferentes valores semânticos?

Existem várias razões pelas quais uma mesma preposição pode ter diferentes valores semânticos em contextos distintos. Algumas delas são:

1. Polissemia

A polissemia é um fenômeno linguístico que se refere à capacidade de uma palavra ter múltiplos significados ou sentidos, dependendo do contexto. Isso ocorre porque as palavras não são símbolos isolados, mas sim parte de um sistema linguístico que envolve regras gramaticais, semânticas e pragmáticas.

No caso das preposições, a polissemia pode ser explicada pela variedade de relações que elas podem estabelecer entre os termos de uma oração. Por exemplo, a preposição “de” pode indicar origem, autoria, causa ou gosto, dependendo do contexto em que é usada.

2. Ambiguidade

A ambiguidade é outra causa comum de diferentes valores semânticos para uma mesma preposição. Ela ocorre quando uma frase pode ter mais de um sentido possível, gerando dúvidas ou mal-entendidos na comunicação.

For more information, please click the button below.

No caso das preposições, a ambiguidade pode surgir quando elas são usadas de forma pouco clara ou sem um contexto suficientemente explícito para indicar o sentido desejado. Por exemplo, a frase “Eu falei com o gerente do banco” pode ser interpretada de duas formas: a) “Eu falei com o gerente que trabalha no banco” ou b) “Eu falei com o gerente sobre o banco”. O sentido correto dependerá do contexto em que a frase é usada.

Como evitar a ambiguidade ou os diferentes valores semânticos das preposições?

Algumas estratégias que podem ajudar a evitar a ambiguidade ou os diferentes valores semânticos das preposições são:

1. Usar preposições adequadas ao sentido desejado

É importante escolher a preposição adequada ao sentido que se deseja expressar na frase. Para isso, é preciso conhecer bem os diferentes valores semânticos de cada preposição e selecionar a que melhor se encaixa no contexto em que a frase é usada.

2. Usar expressões mais detalhadas ou explicativas

Em alguns casos, pode ser útil usar expressões mais detalhadas ou explicativas para evitar ambiguidades ou equívocos na comunicação. Por exemplo, em vez de dizer “Eu falei com o gerente do banco”, pode-se dizer “Eu falei com o gerente que trabalha no banco” ou “Eu falei com o gerente sobre a minha conta no banco”.

3. Prestar atenção ao contexto

O contexto é fundamental para entender o sentido das preposições e evitar ambiguidades. Por isso, é importante prestar atenção às informações que precedem e sucedem a frase em que a preposição é usada, bem como ao conhecimento prévio compartilhado entre os interlocutores.

Conclusão

Uma mesma preposição pode apresentar diferentes valores semânticos em contextos distintos, o que pode gerar dúvidas ou ambiguidades na interpretação de frases. Isso se deve à polissemia das palavras e à complexidade das relações que as preposições podem estabelecer entre os termos de uma oração. Para evitar equívocos na comunicação, é importante escolher a preposição adequada ao sentido desejado, usar expressões mais detalhadas ou explicativas quando necessário e prestar atenção ao contexto em que a frase é usada.

FAQs

1. Todas as preposições podem apresentar diferentes valores semânticos?

Sim, todas as preposições podem apresentar diferentes valores semânticos, dependendo do contexto em que são usadas. No entanto, algumas preposições são mais polissêmicas do que outras, ou seja, têm mais sentidos possíveis.

2. Como identificar o sentido correto de uma preposição em uma frase ambígua?

Para identificar o sentido correto de uma preposição em uma frase ambígua, é preciso prestar atenção ao contexto em que a frase é usada e às informações que a precedem e sucedem. Também pode ser útil fazer perguntas para esclarecer o sentido desejado, como “com quem?”, “para onde?”, “sobre o quê?”, etc.

3. As preposições têm o mesmo valor semântico em todas as línguas?

Não necessariamente. Embora muitas preposições tenham valores semânticos semelhantes em diferentes línguas, cada língua tem suas próprias regras e particularidades gramaticais e semânticas. Por isso, é importante estudar as preposições em cada língua separadamente.

Related video of uma mesma preposição pode apresentar diferentes valores semânticos

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait