"Trazei O Dizimo E Fazei Prova De Mim"

Reza October 4, 2021
Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja... (Zacarias)

O versículo “Trazei o dizimo e fazei prova de mim” é encontrado na Bíblia Sagrada, mais especificamente no livro de Malaquias, capítulo 3, versículo 10. Essa passagem tem sido objeto de muitas discussões e interpretações por parte dos estudiosos da teologia e também dos fieis das diversas religiões cristãs. A frase é uma ordem de Deus para que seus seguidores entreguem a décima parte de seus rendimentos, como forma de testar a fidelidade e a obediência dos fiéis à sua vontade. Neste artigo, vamos aprofundar a compreensão desse versículo e tentar responder algumas perguntas frequentes sobre o tema.

O que é o dízimo?

O dízimo é uma prática religiosa muito antiga, que remonta aos tempos bíblicos. O termo vem do latim decimus, que significa décimo. Ele se refere à entrega voluntária de uma décima parte do rendimento ou dos bens de uma pessoa a uma instituição religiosa, geralmente a igreja. O dízimo é uma forma de contribuição financeira que tem como objetivo sustentar a obra da igreja, como a manutenção do templo, a remuneração dos pastores e a realização de obras sociais.

Qual é a origem do dízimo?

A origem do dízimo é bíblica e está relacionada com a história do povo de Israel. Segundo a Bíblia, Deus ordenou ao povo de Israel que entregasse a décima parte de seus rendimentos ao templo como forma de sustento dos levitas, que eram os responsáveis pelo serviço religioso no templo. Esse mandamento é encontrado no livro de Levítico, capítulo 27, versículo 30: “Todos os dízimos da terra, sejam dos cereais, sejam das frutas, pertencem ao Senhor; são consagrados ao Senhor”.

Além disso, o dízimo também era uma forma de agradecimento a Deus pelos benefícios recebidos. No livro de Deuteronômio, capítulo 14, versículo 22, lê-se: “Separarás o dízimo de todo o produto da tua semente que cada ano se recolher do campo”.

Por que Deus pede o dízimo?

Existem diversas interpretações sobre o motivo pelo qual Deus pede o dízimo. Algumas correntes teológicas defendem que o dízimo é uma forma de testar a fidelidade e a obediência dos fiéis à vontade de Deus. Outros acreditam que o dízimo é uma forma de contribuir para a obra da igreja e sustentar os pastores e a estrutura do templo. Há ainda quem veja o dízimo como uma forma de agradecimento a Deus pelos benefícios recebidos.

De acordo com a Bíblia, a prática do dízimo é um mandamento divino. No livro de Malaquias, capítulo 3, versículo 10, lê-se: “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós uma bênção tal, que dela vos advenha a maior abastança”.

For more information, please click the button below.

Essa passagem indica que, ao entregar o dízimo, o fiel estará cumprindo a vontade de Deus e, em troca, receberá bênçãos e prosperidade. O dízimo é, portanto, uma forma de demonstrar a confiança e a fé no poder divino.

Qual é a importância do dízimo?

O dízimo é uma prática muito importante para as igrejas, pois é uma das principais fontes de sustento da obra religiosa. Através do dízimo, é possível financiar a manutenção do templo, o pagamento dos pastores e a realização de obras sociais, como a assistência aos mais necessitados.

Além disso, o dízimo é uma forma de contribuição voluntária, que demonstra a fidelidade e a obediência dos fiéis à vontade de Deus. Ao entregar o dízimo, o fiel está demonstrando sua gratidão pelos benefícios recebidos e sua confiança no poder divino.

Como deve ser feita a entrega do dízimo?

A forma como deve ser feita a entrega do dízimo varia de acordo com cada igreja ou denominação religiosa. Algumas igrejas têm envelopes específicos para a entrega do dízimo, enquanto outras permitem que o fiel faça a doação diretamente no culto ou através de depósito bancário.

O importante é que a entrega do dízimo seja feita de forma voluntária e consciente, sem pressões ou constrangimentos por parte da igreja. O fiel deve entender que o dízimo é uma contribuição para a obra de Deus e deve ser entregue com alegria e gratidão no coração.

Conclusão

O versículo “Trazei o dizimo e fazei prova de mim” é uma passagem bíblica que tem sido objeto de muitas discussões e interpretações por parte dos estudiosos da teologia e dos fieis das diversas religiões cristãs. O dízimo é uma prática religiosa muito antiga, que remonta aos tempos bíblicos, e tem como objetivo sustentar a obra da igreja e demonstrar a fidelidade e a obediência dos fiéis à vontade de Deus.

A importância do dízimo para as igrejas é indiscutível, uma vez que é uma das principais fontes de sustento da obra religiosa. No entanto, é importante que a entrega do dízimo seja feita de forma voluntária e consciente, sem pressões ou constrangimentos por parte da igreja.

FAQs

1. O dízimo é obrigatório?

Não há consenso entre as diversas denominações religiosas sobre a obrigatoriedade do dízimo. Algumas correntes teológicas defendem que o dízimo é um mandamento divino e, portanto, obrigatório para todos os fiéis. Outras defendem que o dízimo é uma prática voluntária e que deve ser feita de acordo com a consciência de cada um.

2. O que acontece se eu não entregar o dízimo?

Não há uma resposta única para essa pergunta, uma vez que cada igreja ou denominação religiosa tem suas próprias regras em relação ao dízimo. Algumas igrejas podem considerar a falta de pagamento do dízimo como uma falta grave, enquanto outras podem ser mais flexíveis em relação a isso.

3. O que a Bíblia diz sobre a quantidade do dízimo?

A Bíblia não especifica a quantidade exata do dízimo, mas geralmente é entendido como a décima parte do rendimento ou dos bens de uma pessoa. No entanto, é importante ressaltar que o dízimo deve ser entregue de forma voluntária e consciente, sem pressões ou constrangimentos por parte da igreja.

Related video of trazei o dizimo e fazei prova de mim

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait