Técnicas De Amostragem Não Probabilísticas

Reza March 31, 2022
PPT Amostragem PowerPoint Presentation, free download ID2425978

A amostragem é um processo fundamental para qualquer pesquisa ou estudo que busque compreender um universo maior através da análise de uma parte deste. Existem diversas técnicas de amostragem, cada uma com suas vantagens e desvantagens. Entre elas, encontramos as técnicas de amostragem não probabilísticas, que serão exploradas neste texto.

O que é amostragem não probabilística?

Antes de falarmos sobre as técnicas de amostragem não probabilísticas, é importante entender o que é amostragem não probabilística. Em linhas gerais, a amostragem não probabilística é aquela em que a seleção dos elementos da amostra não é realizada de forma aleatória, ou seja, não há uma probabilidade conhecida de cada elemento da população ser selecionado para compor a amostra. Essa seleção pode ser feita de forma consciente ou inconsciente, a partir de critérios próprios do pesquisador ou dos próprios elementos da população.

Técnicas de amostragem não probabilísticas mais comuns

A seguir, serão apresentadas algumas das técnicas de amostragem não probabilísticas mais comuns:

Amostragem por conveniência

A amostragem por conveniência é aquela em que os elementos da amostra são selecionados de forma conveniente para o pesquisador, ou seja, ele seleciona os elementos que estão disponíveis ou acessíveis no momento da pesquisa. Essa técnica é bastante utilizada em pesquisas qualitativas, em que o objetivo é compreender a experiência ou o ponto de vista de indivíduos específicos.

Amostragem por julgamento

A amostragem por julgamento é aquela em que os elementos da amostra são selecionados a partir do julgamento do pesquisador sobre quais elementos são mais representativos ou relevantes para a pesquisa. Essa técnica é utilizada em pesquisas qualitativas ou em estudos de caso, em que o pesquisador busca compreender um fenômeno específico e seleciona os casos que considera mais relevantes para tal.

Amostragem por quotas

A amostragem por quotas é aquela em que a amostra é selecionada de forma a garantir a representatividade de determinados grupos ou características da população. Nessa técnica, o pesquisador define previamente as quotas de cada grupo ou característica que devem ser preenchidas na amostra e seleciona os elementos que se encaixam nessas quotas.

For more information, please click the button below.

Amostragem por bola de neve

A amostragem por bola de neve é aquela em que os elementos da amostra são selecionados a partir de indicações de outros elementos da população. Nessa técnica, o pesquisador começa selecionando alguns elementos da população e pede que esses indiquem outros elementos que possam ser relevantes para a pesquisa. Essa técnica é utilizada em pesquisas qualitativas ou em estudos em que a população é difícil de acessar diretamente.

Vantagens e desvantagens da amostragem não probabilística

As técnicas de amostragem não probabilística apresentam vantagens e desvantagens que devem ser consideradas pelo pesquisador antes de escolher qual técnica utilizar. Algumas das principais vantagens da amostragem não probabilística são:

  • Facilidade de seleção dos elementos da amostra;
  • Redução de custos e tempo de coleta de dados;
  • Possibilidade de obter informações detalhadas sobre grupos específicos da população.

Por outro lado, as principais desvantagens da amostragem não probabilística são:

  • Impossibilidade de calcular a margem de erro da pesquisa;
  • Possibilidade de enviesamento dos resultados da pesquisa;
  • Dificuldade em generalizar os resultados da pesquisa para a população como um todo.

Conclusão

A escolha da técnica de amostragem mais adequada para cada pesquisa depende dos objetivos da pesquisa e das características da população que se deseja estudar. As técnicas de amostragem não probabilísticas apresentam vantagens e desvantagens que devem ser consideradas pelo pesquisador antes de escolher qual técnica utilizar. É importante lembrar que, independentemente da técnica de amostragem escolhida, é fundamental que a amostra seja representativa da população que se deseja estudar, de forma a garantir a validade dos resultados da pesquisa.

FAQs

1. Quais são as principais técnicas de amostragem não probabilísticas?

As principais técnicas de amostragem não probabilísticas são: amostragem por conveniência, amostragem por julgamento, amostragem por quotas e amostragem por bola de neve.

2. Posso utilizar técnicas de amostragem não probabilísticas em pesquisas quantitativas?

Embora as técnicas de amostragem não probabilísticas sejam mais comuns em pesquisas qualitativas, é possível utilizá-las também em pesquisas quantitativas, dependendo dos objetivos da pesquisa e das características da população que se deseja estudar.

3. Como reduzir o enviesamento dos resultados em técnicas de amostragem não probabilísticas?

Para reduzir o enviesamento dos resultados em técnicas de amostragem não probabilísticas, é importante que o pesquisador defina critérios claros e objetivos para a seleção dos elementos da amostra e que busque garantir a representatividade da população que se deseja estudar.

Related video of técnicas de amostragem não probabilísticas

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait