Taxa De Natalidade Da Rússia

Reza May 31, 2021
La demographie russe Dissonance

A taxa de natalidade da Rússia é um tema de interesse para muitos estudiosos e analistas da demografia e economia do país. A taxa de natalidade é um indicador importante para medir o crescimento populacional e o envelhecimento da população, além de ser um fator determinante para a economia e o desenvolvimento social do país. Neste artigo, vamos explorar em detalhes a taxa de natalidade na Rússia, suas causas, consequências e perspectivas futuras.

O que é a taxa de natalidade?

A taxa de natalidade é um indicador que mede o número de nascimentos em uma determinada população durante um período de tempo. Ela é calculada dividindo o número de nascidos vivos em um ano pelo número de habitantes da população total no mesmo período, multiplicado por mil.

A taxa de natalidade é um indicador importante para medir o crescimento populacional e o envelhecimento da população. Ela também é um fator determinante para a economia e o desenvolvimento social do país, pois afeta a oferta de mão de obra, o mercado de consumo, a demanda por serviços sociais e o sistema previdenciário.

A taxa de natalidade na Rússia

A taxa de natalidade na Rússia tem sido um tema de preocupação para o governo e a sociedade russa nas últimas décadas. Desde a queda da União Soviética em 1991, a taxa de natalidade tem diminuído continuamente, atingindo seu ponto mais baixo em 2019, com apenas 11,3 nascidos vivos por mil habitantes.

Além disso, a Rússia tem uma das maiores taxas de mortalidade do mundo, especialmente entre os homens, devido a problemas de saúde, violência, alcoolismo e outras causas relacionadas ao estilo de vida. Isso contribui para um envelhecimento acelerado da população, que tem um impacto negativo na economia e na sociedade do país.

Causas da queda da taxa de natalidade na Rússia

A queda da taxa de natalidade na Rússia tem sido atribuída a uma série de fatores, incluindo:

For more information, please click the button below.
  • Declínio econômico: A Rússia passou por uma série de crises econômicas nas últimas décadas, o que afetou a qualidade de vida de muitas famílias e reduziu o incentivo para ter filhos.
  • Mudança cultural: Com a queda da União Soviética e a crescente influência da cultura ocidental, muitos russos passaram a adotar um estilo de vida mais individualista e menos voltado para a família.
  • Contracepção: A disseminação de métodos contraceptivos e a legalização do aborto tornaram mais fácil evitar a gravidez, especialmente entre as mulheres jovens.
  • Envelhecimento da população: Com a queda da taxa de natalidade e o aumento da expectativa de vida, a população russa está envelhecendo rapidamente, o que pode desencorajar a formação de famílias e a ter filhos.

Consequências da queda da taxa de natalidade na Rússia

A queda da taxa de natalidade na Rússia tem várias consequências para a economia e a sociedade do país, incluindo:

  • Envelhecimento da população: Como mencionado anteriormente, o envelhecimento da população tem um impacto negativo na economia e na sociedade do país, pois aumenta a demanda por serviços sociais e previdenciários e reduz a oferta de mão de obra.
  • Desigualdade de gênero: Com a queda da taxa de natalidade, há uma escassez de mulheres em idade fértil, o que pode levar a uma maior desigualdade de gênero e à proliferação de práticas como o tráfico de mulheres.
  • Redução da população: Se a taxa de natalidade continuar a cair, a população russa pode diminuir significativamente nas próximas décadas, o que pode ter consequências graves para a economia e a segurança do país.

Perspectivas futuras e políticas do governo

O governo russo tem adotado várias políticas para incentivar a natalidade e combater a queda da taxa de natalidade, incluindo:

  • Programas de apoio financeiro: O governo oferece benefícios financeiros, como subsídios e licença-maternidade, para incentivar a natalidade.
  • Campanhas de conscientização: O governo realiza campanhas de conscientização sobre a importância da natalidade e da formação familiar.
  • Políticas de imigração: O governo incentiva a imigração para compensar a queda da população russa, especialmente de países da Ásia Central e do Cáucaso.

No entanto, apesar dessas políticas, a taxa de natalidade continua a cair na Rússia, e é incerto se essas medidas serão suficientes para reverter essa tendência. Alguns especialistas sugerem que o governo precisa adotar políticas mais amplas para melhorar a economia e a qualidade de vida dos cidadãos russos, a fim de incentivar a natalidade e reduzir a emigração.

Conclusão

A taxa de natalidade é um indicador importante para medir o crescimento populacional e o envelhecimento da população, bem como para entender a economia e a sociedade de um país. Na Rússia, a taxa de natalidade tem diminuído continuamente nas últimas décadas, o que tem consequências negativas para a economia e a sociedade do país. O governo russo tem adotado várias políticas para incentivar a natalidade, mas é incerto se essas medidas serão suficientes para reverter essa tendência. É necessário um esforço conjunto do governo e da sociedade russa para enfrentar esse desafio demográfico e garantir um futuro sustentável para o país.

FAQs

1. Qual é a expectativa de vida na Rússia?

A expectativa de vida na Rússia é de cerca de 72 anos para os homens e 80 anos para as mulheres.

2. Qual é a taxa de mortalidade infantil na Rússia?

A taxa de mortalidade infantil na Rússia é de cerca de 6 mortes por cada 1000 nascidos vivos.

3. A Rússia tem uma política de filho único?

Não, a Rússia não tem uma política de filho único como a China. No entanto, o governo russo tem adotado várias políticas para incentivar a natalidade e combater a queda da taxa de natalidade.

Related video of taxa de natalidade da rússia

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait