"Take Me To Church" É Satânica

Reza October 29, 2022
Hozier Take Me To Church EP Review • Album Review

Introdução

“Take Me to Church” é uma música do cantor irlandês Hozier, que foi lançada em 2013. A música tornou-se um sucesso internacional e foi indicada ao Grammy em 2015. Apesar de sua popularidade, alguns grupos religiosos e indivíduos acusam a música de ser satânica. Neste artigo, vamos analisar as letras de “Take Me to Church” e examinar se há alguma base para essas acusações.

Análise das Letras

A letra da música “Take Me to Church” é bastante poética e cheia de metáforas. A música parece tratar de um relacionamento romântico que é visto como um tipo de religião. No entanto, alguns críticos religiosos argumentam que a música é na verdade uma ode ao satanismo. Vamos dar uma olhada mais de perto nas letras para ver se há alguma base para essas alegações. A música começa com os versos: “My lover’s got humour She’s the giggle at a funeral Knows everybody’s disapproval I should’ve worshipped sooner” Esses versos não parecem ter nada a ver com o satanismo. Eles descrevem um relacionamento romântico que é visto como um pouco estranho ou diferente. O narrador da música parece estar dizendo que ele deveria ter valorizado o amor de sua parceira mais cedo. No refrão da música, Hozier canta: “Take me to church I’ll worship like a dog at the shrine of your lies I’ll tell you my sins and you can sharpen your knife Offer me that deathless death Good God, let me give you my life” Este refrão é frequentemente apontado como uma prova de que a música é satânica. Alguns argumentam que a “igreja” que Hozier está pedindo para ser levado é uma referência ao satanismo. No entanto, uma análise mais cuidadosa sugere que a música é na verdade um comentário sobre a hipocrisia da religião organizada. Os versos “I’ll worship like a dog at the shrine of your lies” parecem ser uma crítica à ideia de que as pessoas devem seguir cegamente a religião, sem questionar ou pensar por si mesmas. Hozier parece estar dizendo que ele está disposto a adorar sua parceira, mas apenas se ela for honesta e verdadeira com ele. Os versos “I’ll tell you my sins and you can sharpen your knife” são um pouco mais misteriosos. Alguns interpretes sugerem que essa linha é uma referência ao sacrifício humano, que é uma prática comum no satanismo. No entanto, uma análise mais cuidadosa sugere que Hozier está simplesmente dizendo que ele está disposto a ser vulnerável com sua parceira e confiar nela com seus segredos mais profundos e sombrios. O verso “Offer me that deathless death” é frequentemente citado como uma prova de que a música é satânica. No entanto, uma análise mais cuidadosa sugere que Hozier está simplesmente usando a linguagem poética para descrever o amor verdadeiro. A ideia de um “deathless death” pode ser vista como uma metáfora para o tipo de união que é tão forte que transcende a morte.

Conclusão

Em última análise, não há nenhuma evidência concreta de que “Take Me to Church” seja uma música satânica. Embora as letras da música possam ser interpretadas de diferentes maneiras, a análise cuidadosa sugere que a música é na verdade uma crítica à hipocrisia da religião organizada e uma celebração do amor verdadeiro. Como sempre, é importante lembrar que a arte é subjetiva e as pessoas podem interpretá-la de maneiras diferentes.

FAQs

1. “Take Me to Church” é uma música satânica?

Não há nenhuma evidência concreta de que “Take Me to Church” seja uma música satânica. Embora as letras da música possam ser interpretadas de diferentes maneiras, a análise cuidadosa sugere que a música é na verdade uma crítica à hipocrisia da religião organizada e uma celebração do amor verdadeiro.

2. Quem acusou “Take Me to Church” de ser satânica?

Alguns grupos religiosos e indivíduos acusaram “Take Me to Church” de ser satânica. No entanto, essas alegações não têm base em evidências concretas.

3. O que Hozier quis dizer com “Take Me to Church”?

A música “Take Me to Church” é uma metáfora para um relacionamento romântico que é visto como um tipo de religião. Hozier parece estar criticando a hipocrisia da religião organizada e celebrando o amor verdadeiro.

For more information, please click the button below.

Related video of take me to church é satânica

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait