Resumo Do Filme A Menina Que Roubava Livros

Reza October 11, 2021
Cinema A menina que roubava livros Giuli Castro

Introdução

“A Menina que Roubava Livros” é uma adaptação cinematográfica do livro homônimo de Markus Zusak, lançado em 2013, dirigido por Brian Percival e distribuído pela Fox Film. A história se passa na Alemanha nazista, durante a Segunda Guerra Mundial, e narra a vida de Liesel Meminger, uma menina de nove anos que é adotada por uma família de classe trabalhadora. O filme tem como tema central a importância da literatura e a capacidade dos livros de transformar as pessoas.

Enredo

O filme começa com a chegada de Liesel (Sophie Nélisse) e seu irmão alemão, que estão sendo levados para serem adotados por uma nova família. No caminho, o irmão de Liesel morre e ela rouba seu primeiro livro, “O Manual do Coveiro”, que cai da bolsa do coveiro que está enterrando seu irmão. Ao chegar na nova casa, ela é recebida por Rosa (Emily Watson) e Hans (Geoffrey Rush), seu novo pai adotivo, que é um pintor e tocador de acordeão. Liesel tem dificuldades para se adaptar à nova família e à nova escola, mas é incentivada por Hans a ler o livro que roubou. A partir daí, ela começa a desenvolver um amor pela literatura e pelos livros. Enquanto isso, a guerra se intensifica e o nazismo se torna mais opressivo. A família de Liesel começa a esconder um judeu chamado Max (Ben Schnetzer) no porão de sua casa. Liesel e Max desenvolvem uma amizade e ela começa a ler para ele os livros que rouba. O filme mostra a relação de Liesel com seus amigos Rudy (Nico Liersch) e Tommy (Kerry Ingram), bem como sua relação com a vizinha Frau Hermann (Barbara Auer), que tem uma grande biblioteca em sua casa. Liesel começa a roubar livros da biblioteca de Frau Hermann, mas é descoberta e confrontada pela vizinha. No entanto, Frau Hermann permite que Liesel continue a pegar os livros emprestados, desde que ela os leia para ela. O clímax do filme ocorre quando a cidade é bombardeada pelos Aliados. A família de Liesel e Max são forçados a fugir para um abrigo, onde Liesel lê para as pessoas que estão lá. No final, a guerra termina e a família de Liesel e seus amigos são vistos comemorando nas ruas.

Conclusão

“A Menina que Roubava Livros” é uma história emocionante sobre a importância da literatura e como ela pode transformar as pessoas. O filme mostra como Liesel, uma menina comum, é capaz de encontrar a beleza na vida, mesmo em tempos de guerra. A relação que ela desenvolve com os livros e com as pessoas ao seu redor é inspiradora e nos lembra da importância da empatia e da compaixão.

FAQs

1. Qual é a mensagem central do filme?

A mensagem central do filme é a importância da literatura e como ela pode transformar as pessoas. O filme mostra como a leitura pode ajudar as pessoas a encontrar a beleza na vida, mesmo em tempos difíceis.

2. O filme é baseado em um livro. Vale a pena ler?

Sim, o filme é baseado em um livro homônimo de Markus Zusak. O livro é muito emocionante e bem escrito, com personagens complexos e uma história envolvente. Vale a pena ler para ter uma experiência ainda mais profunda.

3. Qual é o público-alvo do filme?

O público-alvo do filme é amplo, mas é especialmente indicado para pessoas que gostam de histórias emocionantes, dramas e filmes sobre a Segunda Guerra Mundial. O filme é recomendado para maiores de 12 anos, devido a algumas cenas violentas e temas adultos.

For more information, please click the button below.

Related video of resumo do filme a menina que roubava livros

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait