Resenha Do Filme "Deus Não Está Morto"

Reza November 10, 2022
Vortex Cultural

O filme “Deus não está morto” é um drama cristão lançado em 2014, dirigido por Harold Cronk e produzido pela Pure Flix Entertainment. O enredo gira em torno de um estudante universitário chamado Josh Wheaton que é desafiado por seu professor de filosofia a provar a existência de Deus em sala de aula.

Enredo

O filme segue a história de Josh Wheaton, um estudante cristão universitário que se inscreve para a aula de filosofia do professor Radisson. O professor, que é um ateu, desafia Josh e seus colegas de classe a negar a existência de Deus por escrito no primeiro dia de aula, caso contrário, terão que defender a existência de Deus em sala de aula.

Josh, que é o único estudante da turma a se recusar a negar a existência de Deus, aceita o desafio e começa a preparar sua defesa. Enquanto isso, ele enfrenta a oposição de sua namorada, que não apoia sua decisão de confrontar o professor, e de sua mãe, que teme que isso prejudique sua carreira futura.

Josh também enfrenta o preconceito de sua turma e o professor Radisson, que o ridiculariza e o humilha na frente de seus colegas. No entanto, Josh se mantém firme em sua fé e continua sua defesa da existência de Deus em sala de aula.

Enquanto isso, outros personagens do filme lidam com questões relacionadas à fé, como uma blogueira ateia que é diagnosticada com câncer, um pastor que enfrenta a dúvida sobre a existência de Deus após a morte de sua mãe e uma estudante chinesa que enfrenta a perseguição religiosa de seus pais.

Temas

O filme aborda temas importantes sobre a fé cristã, como a existência de Deus, a relação entre ciência e religião, a perseguição religiosa e a importância de defender a própria fé. Alguns dos temas abordados no filme incluem:

For more information, please click the button below.
  • Existência de Deus: o filme apresenta argumentos filosóficos e teológicos para a existência de Deus, abordando questões como a origem do universo, a complexidade da vida e a existência do mal.
  • Ciência e religião: o filme apresenta a visão cristã sobre a relação entre ciência e religião, defendendo que ambas são compatíveis e que a ciência pode ser usada para provar a existência de Deus.
  • Perseguição religiosa: o filme mostra como algumas pessoas enfrentam a perseguição religiosa por parte de familiares, amigos e colegas de trabalho por causa de sua fé.
  • Defender a própria fé: o filme incentiva os cristãos a defenderem sua fé e a não terem medo de falar sobre sua crença em Deus.

Opinião pessoal

Em minha opinião, o filme “Deus não está morto” é uma obra que pode ser apreciada por pessoas de todas as religiões, não apenas por cristãos. O filme apresenta argumentos interessantes sobre a existência de Deus e sobre a relação entre ciência e religião, e também aborda questões importantes sobre a perseguição religiosa e a importância de defender a própria fé.

Apesar de algumas críticas sobre a atuação dos atores e a forma como o filme apresenta outros personagens que não são cristãos, acredito que o filme cumpre seu objetivo de transmitir uma mensagem positiva e encorajadora sobre a importância da fé em Deus.

Conclusão

O filme “Deus não está morto” é uma obra que aborda temas importantes sobre a fé cristã e pode ser apreciada por pessoas de todas as religiões. O filme apresenta argumentos interessantes sobre a existência de Deus, a relação entre ciência e religião, a perseguição religiosa e a importância de defender a própria fé. Apesar de algumas críticas sobre a atuação dos atores e a forma como o filme apresenta outros personagens que não são cristãos, acredito que o filme cumpre seu objetivo de transmitir uma mensagem positiva e encorajadora sobre a importância da fé em Deus.

FAQs

1. O filme é apenas para cristãos?

Não, o filme pode ser apreciado por pessoas de todas as religiões, pois aborda questões importantes sobre a existência de Deus, a relação entre ciência e religião, a perseguição religiosa e a importância de defender a própria fé.

2. O filme apresenta uma visão unilateral sobre a existência de Deus?

O filme apresenta argumentos filosóficos e teológicos para a existência de Deus, mas também aborda questões que desafiam a fé, como a existência do mal e a perseguição religiosa. Portanto, o filme não apresenta uma visão unilateral sobre a existência de Deus, mas sim uma reflexão sobre a importância da fé em tempos difíceis.

3. O filme é uma obra cinematográfica de qualidade?

Algumas críticas foram feitas sobre a atuação dos atores e a forma como o filme apresenta outros personagens que não são cristãos. No entanto, acredito que o filme cumpre seu objetivo de transmitir uma mensagem positiva e encorajadora sobre a importância da fé em Deus.

Related video of resenha do filme deus não está morto

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait