Qual O Critério Utilizado Nessa Regionalização

Reza July 20, 2021
Qual Critério Utilizado Nessa Regionalização EDUCA

A regionalização é um processo de dividir um território em regiões menores com base em características geográficas, econômicas, políticas, sociais ou culturais em comum. No Brasil, a regionalização é comumente utilizada para fins administrativos, planejamento urbano, gestão de recursos e serviços públicos.

Regionalização Brasileira

No Brasil, existem diferentes critérios utilizados para fazer a regionalização do território nacional. Um dos critérios mais conhecidos é o estabelecido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divide o país em cinco regiões:

  • Norte
  • Nordeste
  • Centro-Oeste
  • Sudeste
  • Sul

Essa regionalização é baseada em critérios geográficos e econômicos, incluindo aspectos como clima, relevo, hidrografia, vegetação, atividades econômicas e densidade populacional.

Região Norte

A Região Norte é a maior em área territorial e a menos populosa do país. É composta por sete estados: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. Caracteriza-se por apresentar um clima equatorial, com altas temperaturas e chuvas abundantes, além de uma grande diversidade de ecossistemas, como a Floresta Amazônica e o Pantanal.

Região Nordeste

A Região Nordeste é a segunda maior em área territorial e a terceira mais populosa do país. É composta por nove estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. Caracteriza-se por apresentar um clima semiárido em grande parte do território, além de uma grande diversidade cultural, com influências indígenas, africanas e europeias.

Região Centro-Oeste

A Região Centro-Oeste é a segunda menor em área territorial e a quarta mais populosa do país. É composta por quatro estados: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. Caracteriza-se por apresentar um clima tropical, com chuvas concentradas no verão e uma grande diversidade de biomas, como o Cerrado e o Pantanal.

For more information, please click the button below.

Região Sudeste

A Região Sudeste é a menor em área territorial e a mais populosa do país. É composta por quatro estados: Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Caracteriza-se por apresentar um clima tropical de altitude, com temperaturas mais amenas, além de uma grande concentração de atividades econômicas, como a indústria, o comércio e os serviços.

Região Sul

A Região Sul é a terceira menor em área territorial e a quinta mais populosa do país. É composta por três estados: Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Caracteriza-se por apresentar um clima subtropical, com temperaturas mais baixas no inverno, além de uma grande diversidade de paisagens, como a Serra do Mar e as praias do litoral catarinense.

Outras regionalizações

Além da regionalização oficial do IBGE, existem outras formas de dividir o território brasileiro em regiões, como a regionalização por estados, a regionalização por bacias hidrográficas e a regionalização por microrregiões.

Regionalização por estados

A regionalização por estados é a mais comum e utilizada para fins administrativos e políticos. Nesse caso, o país é dividido em 27 unidades federativas, cada uma com um governo e uma legislação próprios. Essa forma de regionalização é importante para a gestão de recursos e serviços públicos, além de permitir uma maior participação da população na tomada de decisões locais.

Regionalização por bacias hidrográficas

A regionalização por bacias hidrográficas é utilizada para fins ambientais e de gestão de recursos hídricos. Nesse caso, o país é dividido em regiões com base nas bacias hidrográficas dos principais rios, como a Bacia do São Francisco e a Bacia Amazônica. Essa forma de regionalização é importante para a preservação dos recursos naturais e para a gestão sustentável dos recursos hídricos.

Regionalização por microrregiões

A regionalização por microrregiões é utilizada para fins estatísticos e de planejamento urbano. Nesse caso, o país é dividido em regiões menores, com base em critérios como densidade populacional, atividades econômicas e infraestrutura urbana. Essa forma de regionalização é importante para a identificação de desigualdades regionais e para o planejamento de políticas públicas mais eficientes.

Conclusão

A regionalização é um processo importante para a gestão e o planejamento do território brasileiro. A regionalização oficial do IBGE é baseada em critérios geográficos e econômicos, mas existem outras formas de regionalização que podem ser utilizadas para fins específicos, como a gestão de recursos hídricos e a identificação de desigualdades regionais.

FAQs

1. Por que é importante regionalizar o território brasileiro?

A regionalização é importante para a gestão e o planejamento do território brasileiro, permitindo uma melhor distribuição de recursos e serviços públicos, além de uma maior participação da população na tomada de decisões locais.

2. Qual o critério utilizado pelo IBGE para regionalizar o Brasil?

O IBGE utiliza critérios geográficos e econômicos para regionalizar o Brasil, incluindo aspectos como clima, relevo, hidrografia, vegetação, atividades econômicas e densidade populacional.

3. Além da regionalização oficial do IBGE, existem outras formas de regionalizar o território brasileiro?

Sim, existem outras formas de regionalização, como a regionalização por estados, por bacias hidrográficas e por microrregiões, cada uma com suas especificidades e objetivos.

Related video of qual o critério utilizado nessa regionalização

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait