Princípio Da Exclusão De Pauling

Reza December 13, 2022
Eletrosfera

O Princípio da Exclusão de Pauling é um conceito fundamental em química que descreve como os elétrons ocupam as diferentes órbitas ao redor do núcleo de um átomo. Esse princípio foi desenvolvido pelo químico norte-americano Linus Pauling no início do século XX e é uma das bases para entender a estrutura dos átomos e das moléculas.

O que é o Princípio da Exclusão de Pauling?

O Princípio da Exclusão de Pauling é uma regra que determina como os elétrons são distribuídos nas diferentes camadas eletrônicas de um átomo. Segundo esse princípio, cada camada eletrônica pode conter um número máximo de elétrons, e esses elétrons devem ser distribuídos de forma a minimizar a energia do sistema.

Em outras palavras, o Princípio da Exclusão de Pauling estabelece que:

  • Cada camada eletrônica tem um número máximo de elétrons que pode conter;
  • Os elétrons se distribuem nas camadas mais externas antes de ocuparem as camadas mais internas;
  • Cada elétron em uma camada deve ter um spin oposto ao do elétron ao seu lado.

Essas regras são conhecidas como o “Princípio de Aufbau” (ou “Princípio da Construção”), que descreve como os elétrons são adicionados às camadas eletrônicas, e o “Princípio de Hund”, que descreve como os elétrons se distribuem nas camadas mais externas.

Como funciona o Princípio da Exclusão de Pauling?

Para entender como o Princípio da Exclusão de Pauling funciona, é preciso conhecer a estrutura dos átomos. Os átomos são compostos por um núcleo central, formado por prótons e nêutrons, e uma série de camadas eletrônicas ao redor do núcleo.

Cada camada eletrônica é composta por um número máximo de elétrons, que é determinado pela fórmula 2n^2, onde n é o número da camada. A primeira camada eletrônica, por exemplo, pode conter até 2 elétrons (2 x 1^2), enquanto a segunda camada pode conter até 8 elétrons (2 x 2^2).

For more information, please click the button below.

Os elétrons se distribuem nas camadas eletrônicas de acordo com o Princípio de Aufbau, que estabelece que os elétrons são adicionados às camadas mais externas antes de ocuparem as camadas mais internas. Isso significa que a primeira camada eletrônica é preenchida antes da segunda, que é preenchida antes da terceira, e assim por diante.

Além disso, o Princípio de Hund estabelece que os elétrons se distribuem nas camadas mais externas de forma a minimizar a energia do sistema. Isso significa que os elétrons tendem a ocupar orbitais diferentes antes de se parearem em um mesmo orbital. Quando dois elétrons ocupam um mesmo orbital, eles devem ter spins opostos, de acordo com o terceiro princípio do Princípio da Exclusão de Pauling.

Por que o Princípio da Exclusão de Pauling é importante?

O Princípio da Exclusão de Pauling é importante porque descreve como os elétrons são distribuídos nas camadas eletrônicas dos átomos e moléculas. Isso é fundamental para entender a estrutura e as propriedades químicas dos elementos químicos e das substâncias que eles formam.

Por exemplo, o Princípio da Exclusão de Pauling explica por que os elementos químicos apresentam propriedades diferentes, mesmo que tenham o mesmo número de elétrons. Isso ocorre porque a distribuição dos elétrons nas camadas eletrônicas determina como esses átomos interagem com outros átomos e moléculas.

O Princípio da Exclusão de Pauling também é importante para entender a formação de ligações químicas entre átomos. Quando os átomos se unem para formar moléculas, eles compartilham elétrons de suas camadas mais externas, de acordo com o Princípio de Aufbau. Isso resulta na formação de ligações covalentes, iônicas ou metálicas, dependendo das propriedades dos átomos envolvidos.

Conclusão

O Princípio da Exclusão de Pauling é um conceito fundamental em química que descreve como os elétrons se distribuem nas camadas eletrônicas dos átomos e moléculas. Esse princípio estabelece que cada camada eletrônica pode conter um número máximo de elétrons, que os elétrons se distribuem nas camadas mais externas antes de ocuparem as camadas mais internas, e que cada elétron em uma camada deve ter um spin oposto ao do elétron ao seu lado.

O Princípio da Exclusão de Pauling é importante para entender a estrutura e as propriedades químicas dos elementos químicos e das substâncias que eles formam, além de ser fundamental para entender a formação de ligações químicas entre átomos.

FAQs

1. O Princípio da Exclusão de Pauling se aplica apenas aos átomos?

Não, o Princípio da Exclusão de Pauling se aplica também às moléculas e íons. Isso porque a distribuição dos elétrons nas camadas eletrônicas é determinada pelas propriedades dos átomos envolvidos na molécula ou no íon.

2. O que acontece quando um átomo tem mais elétrons do que o número máximo permitido em suas camadas eletrônicas?

Quando um átomo tem mais elétrons do que o número máximo permitido em suas camadas eletrônicas, os elétrons se distribuem nas camadas mais externas antes de ocuparem as camadas mais internas. Isso pode resultar em átomos com cargas elétricas positivas ou negativas, dependendo do número de elétrons e prótons no núcleo.

3. Como os elétrons são distribuídos nas camadas eletrônicas?

Os elétrons são distribuídos nas camadas eletrônicas de acordo com o Princípio de Aufbau, que estabelece que os elétrons são adicionados às camadas mais externas antes de ocuparem as camadas mais internas. Além disso, o Princípio de Hund estabelece que os elétrons se distribuem nas camadas mais externas de forma a minimizar a energia do sistema, ocupando orbitais diferentes antes de se parearem em um mesmo orbital.

Related video of princípio da exclusão de pauling

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait