Por Que Os Populares Investiram Contra A Bastilha?

Reza December 17, 2021
História da queda da Bastilha durante a Revolução Francesa

A queda da Bastilha é considerada um dos eventos mais importantes da Revolução Francesa. A Bastilha era uma fortaleza do século XIV que fora transformada em prisão. Em 14 de julho de 1789, um grupo de populares invadiu a Bastilha em busca de armas e munições.

Contexto Histórico

A França do século XVIII era uma monarquia absoluta, governada pelo rei Luís XVI. A sociedade francesa era dividida em três ordens: o clero, a nobreza e o povo. A grande maioria da população era composta por camponeses e trabalhadores urbanos, que viviam em condições precárias.

A França estava em crise financeira. O governo francês estava endividado por anos de gastos excessivos, incluindo a ajuda financeira fornecida aos Estados Unidos durante a Guerra da Independência. Para pagar as dívidas, o governo aumentou os impostos, o que gerou revolta entre a população.

Em maio de 1789, o rei convocou os Estados Gerais, uma assembleia composta pelos representantes dos três estados, para discutir a crise financeira. A assembleia se transformou em uma Assembleia Nacional Constituinte e começou a elaborar uma nova Constituição para a França.

Em 14 de julho de 1789, Paris estava em estado de sítio. O rei havia demitido o ministro das finanças, Jacques Necker, que era popular entre o povo. Os populares, que estavam descontentes com a situação, decidiram invadir a Bastilha em busca de armas e munições, que poderiam ser usadas para se defenderem de uma possível repressão da monarquia.

Por que os populares escolheram a Bastilha?

A Bastilha era um símbolo do poder real e da opressão. Durante séculos, a Bastilha havia sido usada para prender pessoas que se opunham ao regime. A prisão era conhecida por suas condições precárias e pela tortura que era aplicada aos prisioneiros.

For more information, please click the button below.

Além disso, a Bastilha também era um depósito de armas e munições. Os populares sabiam que a prisão era um local estratégico para obter armas e se defender de uma possível repressão da monarquia.

O que aconteceu depois da queda da Bastilha?

A queda da Bastilha foi um evento crucial da Revolução Francesa. A invasão da prisão marcou o início da luta contra o poder real e da busca por uma sociedade mais justa e igualitária.

A queda da Bastilha também teve um efeito simbólico importante. A prisão era vista como um símbolo da opressão e da tirania. A queda da Bastilha representou a vitória do povo sobre a monarquia e a liberdade conquistada pelos franceses.

Depois da queda da Bastilha, o rei Luís XVI tentou resistir às mudanças propostas pela Assembleia Nacional Constituinte. Em 1792, a França se tornou uma república e Luís XVI foi condenado à morte e executado.

Conclusão

A queda da Bastilha foi um evento histórico que marcou o início da Revolução Francesa. A prisão era um símbolo da opressão e da tirania que o povo francês lutava contra. A invasão da Bastilha representou a vitória do povo sobre a monarquia e a busca por uma sociedade mais justa e igualitária.

FAQs

1. A queda da Bastilha foi o início da Revolução Francesa?

Sim, a queda da Bastilha é considerada o início da Revolução Francesa. O evento marcou o início da luta contra o poder real e da busca por uma sociedade mais justa e igualitária.

2. A Bastilha era uma prisão comum?

Não, a Bastilha era uma prisão que era usada para prender pessoas que se opunham ao regime. A prisão era conhecida por suas condições precárias e pela tortura que era aplicada aos prisioneiros.

3. Qual foi o impacto da queda da Bastilha na França?

A queda da Bastilha representou a vitória do povo sobre a monarquia e a busca por uma sociedade mais justa e igualitária. O evento teve um efeito simbólico importante e marcou o início da Revolução Francesa.

Related video of por que os populares investiram contra a bastilha

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait