Por Que O Pensamento Mítico Passa A Ser Considerado Insatisfatório

Reza March 24, 2023
O pensamento mítico

O pensamento mítico é uma forma de explicar o mundo por meio de histórias, lendas e mitos. É uma maneira de entender o universo por meio de narrativas que envolvem deuses, heróis e criaturas fantásticas. Por muito tempo, o pensamento mítico foi a principal forma de explicar os fenômenos naturais, as origens das coisas e as questões existenciais. No entanto, com o passar do tempo, essa forma de pensar passou a ser considerada insatisfatória. Mas por que isso aconteceu?

A razão pela qual o pensamento mítico passa a ser insatisfatório

Uma das principais razões pelas quais o pensamento mítico passou a ser considerado insatisfatório é porque ele não oferece explicações racionais e científicas para os fenômenos naturais. Por exemplo, acreditava-se que os raios eram uma manifestação da ira dos deuses, e não havia uma explicação científica para isso. Além disso, o pensamento mítico não oferece uma compreensão precisa da realidade e suas leis.

Outra razão é que o pensamento mítico não permite o desenvolvimento do conhecimento e da tecnologia. Como não havia uma explicação científica para os fenômenos naturais, não era possível realizar experimentos ou descobertas que pudessem levar ao avanço do conhecimento. Isso limitava a capacidade das sociedades de progredirem tecnologicamente.

Além disso, o pensamento mítico não oferece uma compreensão precisa da realidade e suas leis. Por exemplo, a mitologia grega apresenta uma série de deuses e criaturas fantásticas, mas não oferece uma compreensão exata de como o universo funciona, ou como os seres humanos interagem com ele. Isso pode levar a uma compreensão imprecisa do mundo e de suas leis.

As consequências do pensamento mítico insatisfatório

Ao longo da história, o pensamento mítico insatisfatório teve várias consequências. Uma delas foi a criação de superstições e crenças infundadas. Sem uma compreensão precisa da realidade, as pessoas muitas vezes recorriam a crenças supersticiosas para explicar eventos incomuns ou inexplicáveis. Por exemplo, acreditar que um gato preto traz azar é uma crença supersticiosa que não tem qualquer base na realidade.

Outra consequência foi a limitação do desenvolvimento científico e tecnológico. Sem uma compreensão precisa da realidade e de suas leis, não era possível realizar experimentos ou descobertas que pudessem levar ao avanço do conhecimento. Isso limitava a capacidade das sociedades de progredirem tecnologicamente, o que por sua vez limitava o seu progresso econômico e social.

For more information, please click the button below.

Além disso, o pensamento mítico insatisfatório pode levar a uma compreensão imprecisa do mundo e de suas leis. Isso pode levar a decisões equivocadas e ações que não são benéficas para a sociedade como um todo. Por exemplo, acreditar que uma doença é causada por uma maldição pode levar a ações que não são eficazes para combater a doença, como a realização de rituais religiosos em vez de buscar tratamentos médicos.

A importância do pensamento racional e científico

Com o passar do tempo, o pensamento racional e científico começou a substituir o pensamento mítico. O pensamento racional é baseado em evidências e na razão, enquanto o pensamento científico é baseado na observação e na experimentação. Essas formas de pensar permitiram o desenvolvimento do conhecimento e da tecnologia, e ajudaram a explicar os fenômenos naturais de forma mais precisa.

O pensamento racional e científico também permitiu um maior entendimento da realidade e suas leis, o que levou a um maior progresso econômico e social. O desenvolvimento da medicina, da engenharia, da tecnologia da informação e de outras áreas foram possíveis graças ao pensamento racional e científico.

Conclusão

O pensamento mítico foi uma forma importante de explicar o mundo em épocas passadas, mas com o passar do tempo, ele passou a ser considerado insatisfatório. Isso se deve ao fato de que ele não oferece explicações racionais e científicas para os fenômenos naturais, limita o desenvolvimento do conhecimento e da tecnologia, e pode levar a uma compreensão imprecisa do mundo e de suas leis. O pensamento racional e científico, por outro lado, permitiu um maior desenvolvimento do conhecimento e da tecnologia, e levou a um maior progresso econômico e social.

FAQs

1. O pensamento mítico ainda tem algum valor nos dias de hoje?

Sim, o pensamento mítico ainda tem valor nos dias de hoje, principalmente como uma forma de entender a cultura e a história de uma sociedade. Os mitos e lendas podem oferecer uma visão sobre as crenças e valores de uma sociedade em um determinado momento da história.

2. O pensamento científico é infalível?

Não, o pensamento científico não é infalível. Ele é baseado na observação e na experimentação, e está sujeito a erros e correções. No entanto, é uma forma de pensar que permite o desenvolvimento do conhecimento e da tecnologia de forma mais precisa e eficaz.

3. O pensamento mítico pode coexistir com o pensamento racional e científico?

Sim, o pensamento mítico pode coexistir com o pensamento racional e científico. Embora o pensamento mítico seja limitado em sua capacidade de explicar a realidade de forma precisa, ele ainda pode ter valor como uma forma de entender a cultura e a história de uma sociedade. Além disso, muitas pessoas ainda recorrem a crenças supersticiosas em momentos de incerteza ou dificuldade.

Related video of por que o pensamento mítico passa a ser considerado insatisfatório

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait