Poesia De Cecília Meireles: A Bailarina

Reza March 21, 2023
Poemas em Imagem A bailarina

Introdução

A poesia é uma das formas de expressão mais antigas da humanidade, usada para transmitir emoções, sentimentos e ideias. Com a poesia, podemos viajar para mundos imaginários e desvendar sentimentos que muitas vezes nem sabíamos que tínhamos. Uma das grandes poetas brasileiras é Cecília Meireles, que deixou um legado de poesias que encantam gerações. Neste texto, iremos falar sobre uma de suas poesias mais famosas, “A Bailarina”.

Cecília Meireles

Cecília Meireles nasceu em 7 de novembro de 1901, no Rio de Janeiro. Foi escritora, professora e jornalista e é considerada uma das maiores poetisas brasileiras de todos os tempos. Sua obra é marcada pela sensibilidade e pela melancolia, mas também pela força e pela coragem. Cecília Meireles faleceu em 9 de novembro de 1964, mas sua poesia continua a ser lida e admirada por muitas pessoas.

A Bailarina

“A Bailarina” é uma das poesias mais conhecidas de Cecília Meireles. Foi publicada pela primeira vez em 1939, no livro “Viagem”. A poesia conta a história de uma bailarina que dança para o público, mas que também dança para si mesma, em um mundo imaginário. É um poema que fala sobre a arte, sobre a imaginação e sobre a solidão.

Texto completo:

No tablado a bailarina dança sua sombra. Dança, cadência que não pode ser tocada. Dança, desenho que não pode ser visto. Dança, música que não pode ser ouvida. Dança, bailarina, que ninguém vê e que todos aplaudem.

Análise da poesia

“A Bailarina” é uma poesia curta, mas que traz muitas reflexões sobre a arte e sobre a solidão. Cecília Meireles usa a figura da bailarina para falar sobre a arte de uma forma geral. A bailarina dança para o público, mas também dança para si mesma, em um mundo imaginário. Ela dança uma cadência que não pode ser tocada, um desenho que não pode ser visto e uma música que não pode ser ouvida. Essa dança da bailarina é uma metáfora para a arte, que muitas vezes é invisível, mas que tem um grande poder de transformação. Além disso, a poesia também fala sobre a solidão da bailarina. Ela dança para o público, mas ninguém vê a sua verdadeira essência. Ela é aplaudida, mas não é compreendida. A bailarina é um retrato da solidão do artista, que muitas vezes é incompreendido e que precisa criar um mundo imaginário para se expressar.

Conclusão

“A Bailarina” é uma poesia que traz muitas reflexões sobre a arte e sobre a solidão do artista. Cecília Meireles usa a figura da bailarina para falar sobre a arte de uma forma geral e para mostrar como muitas vezes ela é invisível, mas tem um grande poder de transformação. Além disso, a poesia também fala sobre a solidão do artista, que muitas vezes é incompreendido e que precisa criar um mundo imaginário para se expressar.

For more information, please click the button below.

FAQs

1. Qual é o tema central da poesia “A Bailarina”?

O tema central da poesia “A Bailarina” é a arte e a solidão do artista.

2. Por que a bailarina dança para si mesma em um mundo imaginário?

A bailarina dança para si mesma em um mundo imaginário porque a arte muitas vezes é invisível, mas tem um grande poder de transformação. Ela cria um mundo imaginário para se expressar.

3. Qual é a importância de Cecília Meireles para a literatura brasileira?

Cecília Meireles é considerada uma das maiores poetisas brasileiras de todos os tempos. Sua obra é marcada pela sensibilidade e pela melancolia, mas também pela força e pela coragem. A importância de Cecília Meireles para a literatura brasileira está na sua capacidade de expressar sentimentos e emoções de forma única e profunda.

Related video of poesia de cecília meireles a bailarina

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait