Parábola Do Rico E Lázaro

Reza March 1, 2023
IGREJA ANUNCIANDO JESUS A Parábola do Rico e Lázaro

A Parábola do Rico e Lázaro é uma das mais conhecidas parábolas de Jesus Cristo. Ela é encontrada no Evangelho segundo Lucas, capítulo 16, versículos 19 a 31. Na parábola, Jesus conta a história de um rico que vivia luxuosamente e um mendigo chamado Lázaro que mendigava na porta do rico e alimentava-se do que caía da mesa dele. Ambos morrem e Lázaro vai para o paraíso enquanto o rico vai para o inferno. A parábola tem uma mensagem forte sobre a importância de ajudar os necessitados e sobre o destino final dos ricos que não ajudam os pobres.

O Contexto da Parábola

A Parábola do Rico e Lázaro é contada por Jesus em resposta a uma crítica dos fariseus. Eles eram conhecidos por amar o dinheiro e desprezar os pobres. Jesus havia acabado de contar outra parábola sobre um administrador infiel e os fariseus zombaram dele porque a parábola parecia elogiar a trapaça. Jesus então conta a Parábola do Rico e Lázaro para ensinar algo sobre a importância de fazer o bem e sobre as consequências do amor ao dinheiro.

A Parábola

“Havia um homem rico que se vestia de púrpura e de linho fino e vivia no luxo todos os dias. Diante do seu portão, fora deixado um mendigo chamado Lázaro, coberto de feridas; ele desejava alimentar-se com o que caía da mesa do rico. Em vez disso, os cães vinham lamber-lhe as feridas. Chegou o momento em que o mendigo morreu, e os anjos o levaram para junto de Abraão. Morreu também o rico e foi sepultado. No inferno, onde estava em tormentos, levantou os olhos e viu ao longe Abraão, com Lázaro ao seu lado. Então clamou: ‘Pai Abraão, tem misericórdia de mim e manda que Lázaro molhe a ponta do dedo na água e refresque a minha língua, porque estou sofrendo muito neste fogo’. Mas Abraão respondeu: ‘Filho, lembre-se de que durante a sua vida você recebeu coisas boas, enquanto que Lázaro recebeu coisas más. Agora, porém, ele está sendo consolado aqui, enquanto você está em sofrimento. Além disso, há um grande abismo entre nós, de modo que os que desejam passar do lado de cá para o lado de lá não conseguem, nem os de lá podem passar para cá’. Ele respondeu: ‘Então eu lhe suplico, pai: manda Lázaro ir à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos. Deixe que ele os avise, para que não venham também para este lugar de tormento’. Abraão respondeu: ‘Eles têm Moisés e os Profetas; que os ouçam’. ‘Não, pai Abraão’, disse ele, ‘mas se alguém dentre os mortos for até eles, eles se arrependerão’. Abraão respondeu: ‘Se não ouvem a Moisés e aos Profetas, tampouco se deixarão convencer, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos'” (Lucas 16:19-31).

A Mensagem da Parábola

A Parábola do Rico e Lázaro tem várias mensagens importantes. Em primeiro lugar, ela ensina que a riqueza não é um sinal de bênção ou de aprovação divina. O rico da parábola era muito rico e vivia no luxo, mas ele não era um homem bom. Ele não ajudava o mendigo que estava à sua porta e não se importava com a dor dele. Em contraste, Lázaro era um mendigo pobre e doente, mas ele era um homem bom e fiel a Deus. Ele era tão fiel que os anjos o levaram para o paraíso quando ele morreu. A mensagem é que Deus não julga as pessoas pela sua riqueza ou pobreza, mas pelo seu caráter e suas ações.

Em segundo lugar, a parábola ensina que as consequências das nossas ações nesta vida são reais e duradouras. O rico da parábola viveu uma vida de conforto e luxo, mas acabou no inferno. Lázaro viveu uma vida de pobreza e sofrimento, mas acabou no paraíso. A mensagem é que as nossas ações nesta vida têm consequências eternas. Se ajudarmos os necessitados e seguirmos a vontade de Deus, seremos recompensados no céu. Se amarmos o dinheiro e desprezarmos os pobres, sofreremos as consequências no inferno.

Em terceiro lugar, a parábola ensina que devemos ajudar os necessitados. O rico da parábola não ajudou o mendigo que estava à sua porta. Ele tinha muita comida e conforto, mas não compartilhava nada com os outros. Lázaro, por sua vez, era um mendigo pobre e doente que não tinha nada. Ele mendigava à porta do rico e comia as sobras que caíam da mesa dele. A mensagem é que devemos ajudar os necessitados, mesmo que sejam estranhos ou inimigos. Devemos compartilhar o que temos e ser generosos, porque Deus nos abençoa quando somos generosos.

For more information, please click the button below.

Aplicações da Parábola

A Parábola do Rico e Lázaro tem muitas aplicações para a nossa vida diária. Aqui estão algumas delas:

  • Não devemos amar o dinheiro ou as coisas materiais mais do que amamos a Deus e as pessoas.
  • Devemos ajudar os necessitados, mesmo que sejam estranhos ou inimigos.
  • Devemos ser generosos e compartilhar o que temos.
  • Devemos viver de forma justa e honesta, mesmo que isso signifique sacrificar algo.
  • Devemos estar dispostos a sofrer pelos outros, assim como Jesus sofreu por nós.

Conclusão

A Parábola do Rico e Lázaro é uma das mais importantes parábolas de Jesus Cristo. Ela ensina sobre a importância de ajudar os necessitados e sobre as consequências eternas das nossas ações nesta vida. Se não ajudarmos os necessitados e amarmos o dinheiro mais do que amamos a Deus e as pessoas, sofreremos as consequências no inferno. Mas se vivermos de forma justa e generosa, seremos recompensados no céu. A mensagem da parábola é clara: devemos amar a Deus e as pessoas e fazer o bem sempre que pudermos.

FAQs

1. O que significa a palavra “parábola”?

A palavra “parábola” vem do grego “parabolé” e significa “colocar ao lado de”. As parábolas são histórias curtas que Jesus usava para ensinar verdades espirituais. Elas colocavam uma história simples e familiar ao lado de uma verdade espiritual profunda.

2. O que significa a frase “Abraão, com Lázaro ao seu lado”?

Na parábola, Abraão é uma figura representando o paraíso ou o lugar onde os justos vão após a morte. Lázaro está ao lado dele porque ele foi levado para o paraíso pelos anjos. A imagem de Abraão e Lázaro juntos é uma imagem de paz e felicidade, em contraste com a imagem do rico sofrendo no inferno.

3. Quem são os fariseus mencionados na parábola?

Os fariseus eram uma seita religiosa no tempo de Jesus. Eles eram conhecidos por amar o dinheiro e desprezar os pobres. Eles também eram críticos ferrenhos de Jesus e seus ensinamentos. Na parábola, Jesus conta a história do rico e Lázaro em resposta a uma crítica dos fariseus sobre outra parábola que ele havia contado anteriormente.

Related video of parábola do rico e lázaro

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait