Para Que Serve O Histamin?

Reza May 8, 2023
Histamin 2mg, caixa com 20 comprimidos

O histamin é uma molécula produzida naturalmente pelo corpo humano que desempenha diversas funções importantes. Ele é produzido pelas células do sistema imunológico, principalmente pelos mastócitos, que são células que fazem parte do sistema de defesa do organismo.

Funções do histamin

O histamin desempenha diversas funções no organismo, dentre elas:

  • Regulação do sono: o histamin é responsável por regular o ciclo sono-vigília, sendo que ele é liberado em maior quantidade durante o dia e em menor quantidade durante a noite. Por isso, medicamentos que bloqueiam a ação do histamin, como os anti-histamínicos, podem causar sonolência.
  • Regulação da pressão arterial: o histamin é um vasodilatador, ou seja, ele ajuda a relaxar as paredes dos vasos sanguíneos, o que pode levar a uma queda na pressão arterial. Por isso, medicamentos que bloqueiam a ação do histamin, como os anti-histamínicos, podem causar hipotensão.
  • Regulação da resposta inflamatória: o histamin é liberado pelos mastócitos em resposta a lesões ou infecções, e ele ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo e a permeabilidade dos vasos sanguíneos na área afetada, o que permite que células do sistema imunológico cheguem ao local para combater a infecção ou lesão.
  • Regulação da secreção gástrica: o histamin é um dos principais estimulantes da secreção gástrica, sendo que ele é produzido pelas células da mucosa gástrica e age sobre as células parietais, que produzem ácido clorídrico. Por isso, medicamentos que bloqueiam a ação do histamin, como os inibidores da bomba de prótons, são usados no tratamento de doenças gastrointestinais como a úlcera péptica e o refluxo gastroesofágico.
  • Regulação da coagulação sanguínea: o histamin é capaz de promover a agregação plaquetária, o que ajuda no processo de coagulação sanguínea em caso de lesões ou ferimentos.

Receptores de histamin

O histamin exerce suas funções no organismo por meio da ligação a receptores específicos presentes nas células. Existem quatro tipos de receptores de histamin, denominados H1, H2, H3 e H4, que são encontrados em diferentes tecidos e órgãos do corpo.

  • O receptor H1 é encontrado em diversos tecidos, como a pele, os vasos sanguíneos e as vias respiratórias, e está envolvido na resposta alérgica e na regulação do sono.
  • O receptor H2 é encontrado principalmente nas células parietais do estômago e está envolvido na regulação da secreção gástrica.
  • O receptor H3 é encontrado no sistema nervoso central e está envolvido na regulação da neurotransmissão e do sono.
  • O receptor H4 é encontrado em células do sistema imunológico e está envolvido na resposta inflamatória.

Doenças relacionadas ao histamin

O histamin está envolvido em diversas doenças e condições do organismo, dentre elas:

  • Alergias: o histamin é um dos principais mediadores da resposta alérgica, sendo que ele é liberado pelos mastócitos em resposta à exposição a substâncias estranhas, como pólen, poeira, pelos de animais, entre outros. A ligação do histamin ao receptor H1 causa diversos sintomas alérgicos, como coceira, espirros, coriza, tosse, entre outros.
  • Asma: a asma é uma doença inflamatória crônica das vias respiratórias que pode ser desencadeada por alérgenos, infecções respiratórias, exercício físico, entre outros. O histamin é um dos mediadores da inflamação das vias respiratórias na asma, e a ligação do histamin ao receptor H1 pode causar broncoconstrição, um dos principais sintomas da asma.
  • Doenças gastrointestinais: o histamin está envolvido na regulação da secreção gástrica, e medicamentos que bloqueiam a ação do histamin, como os inibidores da bomba de prótons, são amplamente utilizados no tratamento de doenças gastrointestinais como a úlcera péptica e o refluxo gastroesofágico.
  • Mastocitose: a mastocitose é uma doença rara do sistema imunológico em que há um acúmulo anormal de mastócitos em diversos tecidos do corpo. Essa condição pode levar à liberação excessiva de histamin, o que pode causar sintomas como coceira, vermelhidão, dor abdominal e diarreia.

Conclusão

O histamin é uma molécula importante para o funcionamento do organismo, estando envolvido em diversas funções, como a regulação do sono, da pressão arterial, da resposta inflamatória, da secreção gástrica e da coagulação sanguínea. No entanto, o excesso de histamin pode levar a sintomas desagradáveis e está envolvido em diversas doenças, como alergias, asma, doenças gastrointestinais e mastocitose.

FAQs

1. O que é histaminose?

Histaminose é um termo utilizado para descrever um conjunto de sintomas causados pelo excesso de histamin no organismo. Esses sintomas podem incluir coceira, vermelhidão, dor abdominal, diarreia, náuseas, vômitos, entre outros.

For more information, please click the button below.

2. Quais são os alimentos ricos em histamin?

Alguns alimentos podem ser ricos em histamin ou em substâncias que liberam histamin no organismo, como queijos envelhecidos, embutidos, frutos do mar, vinho tinto, entre outros. Pessoas com intolerância à histamina ou com mastocitose devem evitar esses alimentos para evitar o excesso de histamin no organismo.

3. Como é feito o diagnóstico de mastocitose?

O diagnóstico de mastocitose é feito por meio de exames de sangue e de biópsias de tecidos do corpo, como a pele, a medula óssea e o fígado. É importante procurar um médico especialista em doenças do sistema imunológico para o diagnóstico e o tratamento da mastocitose.

Related video of para que serve o histamin

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait