Os Agentes Principais Do Subsistema De Supervisão São Exceto

Reza October 20, 2021
Figura n.º 1. Relação da supervisão com a regulação Download

O Subsistema de Supervisão é um componente fundamental do Sistema Financeiro Nacional (SFN) brasileiro. São diversas as instituições que fazem parte deste subsistema, e dentre elas, existem os chamados “agentes principais”. Estes são responsáveis por algumas das principais funções e atividades relacionadas à supervisão das instituições financeiras. No entanto, existem algumas exceções.

O que é o Subsistema de Supervisão do SFN?

O Subsistema de Supervisão é um dos três subsistemas do Sistema Financeiro Nacional (SFN), juntamente com o Subsistema de Intermediação e o Subsistema de Operações e Serviços Auxiliares. Ele é responsável por garantir a estabilidade e a segurança do sistema financeiro, por meio da fiscalização e supervisão das instituições financeiras e demais entidades supervisionadas.

Quais são os agentes principais do Subsistema de Supervisão?

Os agentes principais do Subsistema de Supervisão são:

  • Banco Central do Brasil (BCB)
  • Comissão de Valores Mobiliários (CVM)
  • Superintendência de Seguros Privados (SUSEP)

Essas três instituições são as principais responsáveis pela supervisão das instituições financeiras no Brasil, cada uma em sua respectiva área de atuação.

Banco Central do Brasil (BCB)

O Banco Central do Brasil é a autoridade monetária do país e, como tal, é o responsável pela supervisão das instituições financeiras que atuam no mercado bancário e de crédito. O BCB tem como principais funções:

  • Definir e executar a política monetária;
  • Controlar a inflação;
  • Garantir a estabilidade do sistema financeiro;
  • Regular e supervisionar as instituições financeiras.

Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

A Comissão de Valores Mobiliários é uma autarquia vinculada ao Ministério da Economia, responsável por regulamentar e fiscalizar o mercado de valores mobiliários, como ações, títulos de dívida, fundos de investimento, entre outros. A CVM tem como principais funções:

For more information, please click the button below.
  • Garantir a proteção dos investidores;
  • Assegurar a transparência e eficiência no mercado de capitais;
  • Promover o desenvolvimento sustentável do mercado de valores mobiliários.

Superintendência de Seguros Privados (SUSEP)

A Superintendência de Seguros Privados é uma autarquia vinculada ao Ministério da Economia, responsável por regular e fiscalizar o mercado de seguros, previdência complementar aberta e capitalização. A SUSEP tem como principais funções:

  • Garantir a proteção dos segurados e beneficiários;
  • Assegurar a solvência das empresas de seguros;
  • Regular e fiscalizar as operações das empresas de seguros, previdência e capitalização.

Quais são as exceções?

Apesar de o Banco Central do Brasil, a Comissão de Valores Mobiliários e a Superintendência de Seguros Privados serem os agentes principais do Subsistema de Supervisão, existem algumas exceções. São elas:

  • Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)
  • Cooperativas de crédito
  • Sociedades de crédito, financiamento e investimento (SCFIs)

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social é uma empresa pública federal, vinculada ao Ministério da Economia, que tem como objetivo financiar e fomentar o desenvolvimento econômico e social do Brasil. Apesar de não ser uma instituição financeira privada, o BNDES não está sujeito à supervisão do Banco Central do Brasil, mas sim do Tribunal de Contas da União (TCU).

Cooperativas de crédito

As cooperativas de crédito são instituições financeiras que têm como objetivo prestar serviços financeiros aos seus associados, com base nos princípios da cooperação e da solidariedade. Apesar de serem supervisionadas pelo Banco Central do Brasil, as cooperativas de crédito têm um regime de supervisão diferenciado, que leva em conta as suas características específicas.

Sociedades de crédito, financiamento e investimento (SCFIs)

As sociedades de crédito, financiamento e investimento são instituições financeiras que têm como objetivo conceder crédito e financiamento a empresas e pessoas físicas. Apesar de serem supervisionadas pelo Banco Central do Brasil, as SCFIs têm um regime de supervisão diferenciado, que leva em conta o seu porte e a sua atividade específica.

Conclusão

O Subsistema de Supervisão é um componente fundamental do Sistema Financeiro Nacional brasileiro, responsável por garantir a estabilidade e a segurança do sistema financeiro, por meio da fiscalização e supervisão das instituições financeiras e demais entidades supervisionadas. Os agentes principais deste subsistema são o Banco Central do Brasil, a Comissão de Valores Mobiliários e a Superintendência de Seguros Privados. No entanto, existem algumas exceções, como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, as cooperativas de crédito e as sociedades de crédito, financiamento e investimento, que têm um regime de supervisão diferenciado.

FAQs

Qual é a importância da supervisão das instituições financeiras?

A supervisão das instituições financeiras é fundamental para garantir a estabilidade e a segurança do sistema financeiro, proteger os investidores e usuários dos serviços financeiros e assegurar o cumprimento das normas e regulamentações aplicáveis. Além disso, a supervisão contribui para a prevenção e o combate a atividades ilegais e ilícitas, como a lavagem de dinheiro e o financiamento do terrorismo.

Quais são as principais consequências da falta de supervisão das instituições financeiras?

A falta de supervisão das instituições financeiras pode levar a diversas consequências negativas, como o aumento do risco sistêmico, a instabilidade financeira, a perda de confiança dos investidores e usuários dos serviços financeiros, e o surgimento de atividades ilegais e ilícitas, como a lavagem de dinheiro e o financiamento do terrorismo.

O que é o TCU?

O Tribunal de Contas da União é uma instituição do Estado brasileiro responsável por fiscalizar a administração pública federal, com o objetivo de assegurar a legalidade, eficiência e efetividade no uso dos recursos públicos. O TCU é composto por nove ministros, indicados pelo presidente da República e aprovados pelo Senado Federal.

Related video of os agentes principais do subsistema de supervisão são exceto

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait