Observe Essa Charge De 1879 Com Atenção

Reza October 6, 2022
4. Observe essa charge de 1879 com atenção. a) Quem ou o que a

Introdução

A charge é um tipo de ilustração humorística que busca criticar a sociedade e seus costumes de forma satírica. A charge brasileira teve grande destaque no final do século XIX e início do século XX, período em que o país passava por transformações políticas, sociais e culturais. Nesse contexto, a charge de 1879 que será analisada neste texto é uma importante fonte de reflexão sobre a sociedade brasileira daquele período.

Descrição da charge

A charge em questão foi publicada em 1879 pelo jornal O Mequetrefe e foi criada por Angelo Agostini, um importante desenhista italiano radicado no Brasil. Na ilustração, é possível ver um homem negro com uma corrente no pescoço e uma placa pendurada no peito que diz: “vende-se”. Ao lado dele, há um homem branco, de terno e chapéu, que conversa com outro homem branco, que está montado em um cavalo. O homem de terno diz ao homem montado no cavalo: “Que belo animal, hein, Sr. Antonio! Ele é muito forte?”. O homem montado no cavalo responde: “Sim, senhor. É um verdadeiro herói!”. Enquanto isso, o homem negro continua sendo exposto como um objeto, como uma mercadoria.

Análise da charge

A charge de Angelo Agostini é uma crítica à escravidão, que na época era ainda uma realidade no Brasil. A imagem do homem negro com uma corrente no pescoço e a placa de “vende-se” é uma clara referência à prática da venda de escravos, que era comum no país naquela época. Além disso, a imagem do homem branco montado no cavalo e elogiando o animal enquanto ignora completamente a presença do homem negro é uma crítica à visão de superioridade racial que muitos brancos tinham na época. Outro aspecto importante da charge é a representação da figura do homem negro como uma mercadoria. Na época, os escravos eram vistos como objetos, como coisas que podiam ser compradas e vendidas. A placa pendurada no peito do homem negro é uma referência direta a essa prática desumana. Além disso, a charge também pode ser interpretada como uma crítica à sociedade brasileira como um todo. Na época, o Brasil era uma sociedade extremamente desigual, em que poucos tinham muito e muitos tinham pouco ou nada. A imagem do homem branco rico montado no cavalo enquanto o homem negro é exibido como uma mercadoria é uma crítica a essa desigualdade social.

Conclusão

A charge de Angelo Agostini é uma importante fonte de reflexão sobre a sociedade brasileira do final do século XIX. Ela mostra de forma satírica e crítica a realidade da escravidão, a visão de superioridade racial dos brancos e a desigualdade social que assolava o país na época. Além disso, a charge é também uma prova do poder da arte como forma de denúncia e crítica social.

FAQs

1. A charge de Angelo Agostini teve algum impacto na luta contra a escravidão no Brasil?

Não se sabe ao certo qual foi o impacto direto da charge de Angelo Agostini na luta contra a escravidão no Brasil. No entanto, é possível afirmar que a charge fazia parte de um movimento mais amplo de crítica à escravidão que ganhava força na época. Além disso, a charge é um registro histórico importante da época e ajuda a entender melhor a realidade da escravidão no Brasil.

2. Qual era a posição de Angelo Agostini em relação à escravidão?

Angelo Agostini era um abolicionista declarado e utilizava a arte como forma de denúncia e crítica social. Além da charge em questão, ele produziu diversas outras obras que abordavam a questão da escravidão e da desigualdade social no Brasil.

For more information, please click the button below.

3. A escravidão foi abolida no Brasil logo após a publicação da charge de Angelo Agostini?

Não. A escravidão só seria abolida no Brasil em 1888, quase dez anos após a publicação da charge de Angelo Agostini. No entanto, a charge fazia parte de um movimento mais amplo de crítica à escravidão que contribuiu para a conscientização da população sobre a necessidade de abolir essa prática desumana.

Related video of observe essa charge de 1879 com atenção

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait