Observando A Concordância Nominal Nas Frases

Reza January 8, 2022
PPT Concordância nominal PowerPoint Presentation, free download ID

A concordância nominal é uma das regras mais importantes da língua portuguesa. Ela se refere à harmonia entre o gênero e o número dos substantivos, adjetivos, artigos e pronomes dentro de uma frase. Quando a concordância não é feita corretamente, a frase pode ficar confusa ou até mesmo gramaticalmente incorreta.

Gênero e número

Antes de entendermos como funciona a concordância nominal, precisamos entender o que é gênero e número.

O gênero refere-se à classificação dos substantivos em masculino ou feminino. Alguns substantivos são naturalmente femininos ou masculinos, como “mulher” e “homem”, respectivamente. Já outros substantivos não têm uma distinção clara de gênero, como “mesa” e “livro”. Nesses casos, é necessário usar artigos e adjetivos que concordem com o gênero do substantivo.

O número, por sua vez, se refere à indicação de singular ou plural dos substantivos. Quando um substantivo está no singular, ele se refere a uma única coisa ou pessoa. Já quando está no plural, ele se refere a mais de uma coisa ou pessoa.

Concordância nominal

A concordância nominal é a harmonia entre o gênero e o número dos elementos que compõem uma frase. Vejamos alguns exemplos:

  • O menino estudioso recebeu um prêmio. (o adjetivo “estudioso” concorda em gênero e número com o substantivo “menino”)
  • As mesas são feitas de madeira. (o artigo “as” e o substantivo “mesas” concordam em número)
  • A mulher e o homem foram ao teatro. (o artigo “a” concorda em gênero com o substantivo “mulher” e o artigo “o” concorda em gênero com o substantivo “homem”)
  • Os livros são interessantes. (o artigo “os” e o substantivo “livros” concordam em número)

Casos especiais

Existem alguns casos em que a concordância nominal pode ser um pouco mais complicada. Vejamos alguns exemplos:

For more information, please click the button below.

Adjetivos que se referem a mais de um substantivo

Quando um adjetivo se refere a mais de um substantivo, ele deve concordar em gênero e número com o substantivo mais próximo.

  • O filho e a filha são inteligentes. (o adjetivo “inteligentes” concorda em gênero e número com o substantivo “filha”)
  • O carro e a moto são vermelhos. (o adjetivo “vermelhos” concorda em gênero e número com o substantivo “moto”)

Substantivos compostos

Os substantivos compostos são formados pela união de duas ou mais palavras. Nesses casos, é necessário que haja concordância entre todas as palavras que compõem o substantivo.

  • O guarda-roupa antigo foi restaurado. (o substantivo “guarda-roupa” é composto por duas palavras que devem concordar em gênero e número)
  • A segunda-feira é o dia mais cansativo da semana. (o substantivo “segunda-feira” é composto por duas palavras que devem concordar em gênero e número)

Adjetivos que não têm forma feminina

Alguns adjetivos não têm uma forma feminina, como “feliz” e “jovem”. Nesses casos, é necessário usar o adjetivo no masculino, mesmo que se refira a uma mulher.

  • A mulher está muito jovem. (o adjetivo “jovem” é usado no masculino, já que não tem uma forma feminina)
  • A atriz está feliz. (o adjetivo “feliz” é usado no masculino, já que não tem uma forma feminina)

Conclusão

A concordância nominal é uma regra fundamental da língua portuguesa. Ela se refere à harmonia entre o gênero e o número dos elementos que compõem uma frase. Quando a concordância não é feita corretamente, a frase pode ficar confusa ou até mesmo gramaticalmente incorreta. É importante prestar atenção à concordância nominal ao escrever ou falar em português.

FAQs

1. Como posso melhorar a minha concordância nominal?

Uma das melhores maneiras de melhorar a sua concordância nominal é ler bastante em português. Ao ler livros, artigos e outros textos em português, você vai se acostumando com as regras de concordância e vai aprendendo a aplicá-las corretamente. Também é uma boa ideia praticar a escrita em português e pedir feedback de um professor ou de um falante nativo.

2. O que acontece se eu não seguir as regras de concordância nominal?

Se você não seguir as regras de concordância nominal, a sua frase pode ficar confusa ou até mesmo gramaticalmente incorreta. Isso pode prejudicar a sua comunicação e fazer com que as pessoas tenham dificuldade em entender o que você quer dizer. Além disso, uma frase com erros de concordância pode passar uma impressão negativa sobre o seu nível de domínio da língua portuguesa.

3. Existem exceções às regras de concordância nominal?

Sim, existem algumas exceções às regras de concordância nominal. Por exemplo, o pronome “todos” é sempre usado no masculino, mesmo que se refira a um grupo de pessoas que inclua homens e mulheres. Outra exceção é o uso do artigo “um” antes de substantivos femininos que começam com a letra “a”, como “a água” e “a arma”.

Related video of observando a concordância nominal nas frases

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait