O Veneno Está Na Mesa Resumo

Reza May 9, 2022
DF É hoje “O veneno está na mesa” Comitê do Distrito Federal

O documentário “O Veneno está na Mesa” é um filme brasileiro de 2011, dirigido por Sílvio Tendler, que apresenta uma reflexão sobre o uso de agrotóxicos na agricultura do país. O documentário traz à tona a discussão sobre a relação do Brasil com os agrotóxicos, mostrando como esse uso indiscriminado afeta a saúde das pessoas, o meio ambiente e a economia.

Agrotóxicos no Brasil

O Brasil é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo, segundo dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Em média, cada brasileiro consome cerca de 5,2 litros de agrotóxicos por ano. Essa realidade tem gerado debates acalorados sobre os impactos do uso desses produtos na saúde e no meio ambiente.

Impactos na saúde

O documentário “O Veneno está na Mesa” apresenta depoimentos de trabalhadores rurais e moradores de regiões próximas às plantações que sofrem com os efeitos dos agrotóxicos na saúde. Alguns dos principais problemas relatados são:

  • Malformações congênitas;
  • Câncer;
  • Problemas neurológicos;
  • Intoxicação aguda e crônica;
  • Problemas respiratórios;
  • Problemas gastrointestinais.

Além disso, o documentário mostra como os agrotóxicos afetam a saúde dos trabalhadores rurais, que muitas vezes não recebem equipamentos de proteção adequados e acabam sendo expostos a altas doses desses produtos.

Impactos no meio ambiente

O uso indiscriminado de agrotóxicos também afeta o meio ambiente. O documentário mostra como esses produtos contaminam o solo, as águas e os alimentos. Além disso, os agrotóxicos matam não apenas as pragas, mas também os animais que vivem nos ecossistemas afetados.

Alternativas ao uso de agrotóxicos

O documentário “O Veneno está na Mesa” apresenta algumas alternativas ao uso de agrotóxicos na agricultura brasileira. Algumas delas são:

For more information, please click the button below.
  • Agricultura orgânica;
  • Agricultura agroecológica;
  • Uso de técnicas de controle biológico de pragas;
  • Uso de variedades de plantas resistentes a pragas.

Essas alternativas são apresentadas como formas de produzir alimentos saudáveis sem prejudicar a saúde das pessoas e do meio ambiente.

Conclusão

O documentário “O Veneno está na Mesa” é uma importante reflexão sobre os impactos do uso de agrotóxicos na agricultura brasileira. O filme mostra como essa prática tem afetado a saúde das pessoas, o meio ambiente e a economia do país. Além disso, apresenta alternativas ao uso de agrotóxicos, mostrando que é possível produzir alimentos saudáveis sem prejudicar o meio ambiente e a saúde das pessoas.

FAQs

1. Qual é a mensagem principal do documentário “O Veneno está na Mesa”?

A mensagem principal do documentário “O Veneno está na Mesa” é que o uso indiscriminado de agrotóxicos na agricultura brasileira tem impactos negativos na saúde das pessoas, no meio ambiente e na economia do país. O filme apresenta alternativas ao uso de agrotóxicos e mostra que é possível produzir alimentos saudáveis sem prejudicar o meio ambiente e a saúde das pessoas.

2. Como os agrotóxicos afetam a saúde das pessoas?

Os agrotóxicos afetam a saúde das pessoas de várias formas, como malformações congênitas, câncer, problemas neurológicos, intoxicação aguda e crônica, problemas respiratórios e gastrointestinais. Além disso, os trabalhadores rurais que ficam expostos a altas doses desses produtos também sofrem com os efeitos dos agrotóxicos na saúde.

3. Existem alternativas ao uso de agrotóxicos na agricultura brasileira?

Sim, existem alternativas ao uso de agrotóxicos na agricultura brasileira, como a agricultura orgânica, a agricultura agroecológica, o uso de técnicas de controle biológico de pragas e o uso de variedades de plantas resistentes a pragas. Essas alternativas são apresentadas no documentário “O Veneno está na Mesa” como formas de produzir alimentos saudáveis sem prejudicar o meio ambiente e a saúde das pessoas.

Related video of o veneno está na mesa resumo

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait