O Significado Da Reconceituação Da Profissão Foi Marcado Por

Reza November 11, 2021
Profissão Dicio, Dicionário Online de Português

A reconceituação da profissão ocorreu em um momento histórico em que a sociedade brasileira passava por um processo de transformação, tanto em termos políticos como sociais. Esse movimento foi marcado por mudanças significativas na forma de entender e praticar a profissão, o que trouxe novas perspectivas para os profissionais da área.

O que é a reconceituação da profissão?

A reconceituação da profissão é um movimento que surgiu na década de 1960, no contexto da ditadura militar no Brasil. Esse movimento questionou as formas tradicionais de entender e praticar a profissão, buscando novas perspectivas e abordagens que fossem mais críticas e comprometidas com a transformação social.

De acordo com a reconceituação, a profissão não deveria ser vista apenas como um meio de obter lucro ou de exercer poder, mas sim como uma forma de atuar no mundo e de transformar a realidade a partir do saber técnico e científico. Isso significou, entre outras coisas, uma maior aproximação entre a prática profissional e as demandas populares, bem como uma maior reflexão crítica sobre os valores e ideologias que permeiam a profissão.

Quais foram os principais marcos da reconceituação da profissão?

A reconceituação da profissão teve vários marcos importantes ao longo de sua história. Alguns dos principais são:

  • 1965: A criação do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS) e dos Conselhos Regionais de Serviço Social (CRESS), que buscaram criar uma nova perspectiva para a profissão, baseada na ética e na crítica social;
  • 1967: A realização do I Encontro Nacional de Assistentes Sociais, que reuniu profissionais de todo o país para discutir os rumos da profissão e os desafios da época;
  • 1979: A publicação do livro “Serviço Social: Direitos Sociais e Competências Profissionais”, que consolidou os princípios da reconceituação e serviu como uma referência para os profissionais da área;
  • 1986: A realização do II Encontro Nacional de Assistentes Sociais, que marcou a retomada do debate sobre a reconceituação após um período de repressão política e ideológica;
  • 1993: A publicação do livro “A Aventura Teórico-Metodológica do Serviço Social”, que trouxe novas reflexões sobre a prática profissional e a relação com a sociedade.

Quais foram os impactos da reconceituação da profissão?

A reconceituação da profissão teve vários impactos importantes na forma de entender e praticar o serviço social no Brasil. Alguns dos principais são:

  • O fortalecimento da ética como um princípio fundamental da profissão, com ênfase na defesa dos direitos humanos e na luta contra as desigualdades sociais;
  • A aproximação da prática profissional com as demandas populares, o que gerou uma maior participação dos usuários dos serviços no planejamento e execução das políticas sociais;
  • A valorização da pesquisa e da produção de conhecimento crítico sobre a realidade social, o que permitiu uma maior compreensão dos problemas sociais e das possíveis soluções para eles;
  • A ampliação do campo de atuação do serviço social, que passou a atuar em novas áreas, como a saúde, a educação e o trabalho;
  • A formação de novas gerações de assistentes sociais mais críticas e comprometidas com a transformação social.

Qual é a importância da reconceituação da profissão nos dias de hoje?

A reconceituação da profissão ainda é muito importante nos dias de hoje, pois ela representa uma perspectiva crítica e transformadora sobre o serviço social. Em um contexto de crise econômica, política e social, em que os direitos sociais são ameaçados e a desigualdade social cresce, é fundamental que os profissionais da área estejam comprometidos com a defesa dos direitos humanos e a luta contra as injustiças.

For more information, please click the button below.

Além disso, a reconceituação da profissão pode ajudar a repensar o papel do serviço social em uma sociedade cada vez mais complexa e diversa. A partir de uma perspectiva crítica e reflexiva, é possível construir novas formas de atuação que sejam mais adequadas às demandas e necessidades da população.

Conclusão

A reconceituação da profissão foi um movimento histórico que marcou uma nova perspectiva para o serviço social no Brasil. A partir da crítica social e da ética, os profissionais da área puderam repensar sua prática e atuar de forma mais comprometida com a defesa dos direitos humanos e a transformação social. Hoje, a reconceituação da profissão ainda é importante para repensar o papel do serviço social em uma sociedade cada vez mais complexa e desigual.

FAQs

1. Qual é a relação entre a reconceituação da profissão e a ditadura militar no Brasil?

A reconceituação da profissão surgiu no contexto da ditadura militar no Brasil, que reprimia qualquer forma de crítica social e política. Nesse sentido, a reconceituação representou um movimento de resistência e de luta pela democratização da sociedade.

2. Como a reconceituação da profissão contribuiu para a formação de novas gerações de assistentes sociais?

A reconceituação da profissão contribuiu para a formação de novas gerações de assistentes sociais mais críticas e comprometidas com a transformação social, por meio da valorização da pesquisa e da produção de conhecimento crítico sobre a realidade social.

3. Como a reconceituação da profissão pode ajudar a repensar o papel do serviço social na sociedade contemporânea?

A reconceituação da profissão pode ajudar a repensar o papel do serviço social na sociedade contemporânea, por meio de uma perspectiva crítica e reflexiva sobre a prática profissional. Dessa forma, é possível construir novas formas de atuação que sejam mais adequadas às demandas e necessidades da população.

Related video of o significado da reconceituação da profissão foi marcado por

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait