O Que É Temperança Na Bíblia

Reza July 5, 2022
O que é Temperança na Bíblia? Daniel Conegero FacebookTwitterGoogle

A temperança é um conceito que aparece várias vezes na Bíblia. A palavra tem origem no latim “temperantia”, que significa “moderação”. Na Bíblia, a temperança é vista como uma virtude que deve ser cultivada pelos cristãos. Ela se refere a um estilo de vida equilibrado, que busca evitar excessos e vícios, e que permite ao indivíduo manter o controle sobre suas emoções, pensamentos e ações.

Temperança no Antigo Testamento

No Antigo Testamento, a temperança é mencionada em vários livros, mas principalmente nos livros de Provérbios e Eclesiastes. Em Provérbios 16:32, por exemplo, está escrito: “Melhor é o que tarda em irar-se do que o poderoso, e o que controla o seu ânimo do que aquele que toma uma cidade”. Aqui, a temperança é apresentada como uma virtude superior à força e ao poder militar.

Outro exemplo é encontrado em Eclesiastes 7:16-18: “Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio; por que te destruirias a ti mesmo? Não sejas demasiadamente ímpio, nem sejas louco; por que morrerias antes do teu tempo? É bom que retenhas isto e também daquilo não retires a tua mão; pois aquele que teme a Deus de tudo isso sai ileso”. Aqui, a temperança é apresentada como o meio-termo entre o excesso de justiça e sabedoria e o excesso de ímpio e loucura.

Temperança no Novo Testamento

No Novo Testamento, a temperança é mencionada principalmente nas cartas de Paulo e de Pedro. Em Gálatas 5:22-23, por exemplo, Paulo lista a temperança como um dos frutos do Espírito: “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, autocontrole. Contra essas coisas não há lei”. Aqui, a temperança é apresentada como uma das evidências da presença do Espírito Santo na vida do cristão.

Pedro também fala sobre a importância da temperança em sua segunda carta. Em 2 Pedro 1:5-6, ele diz: “Por isso mesmo, empenhai-vos por acrescentar à vossa fé a virtude, à virtude o conhecimento, ao conhecimento o domínio próprio, ao domínio próprio a perseverança, à perseverança a piedade”. Aqui, a temperança é apresentada como parte de um processo de crescimento espiritual que começa com a fé e culmina na piedade.

Exemplos de temperança na Bíblia

Alguns personagens bíblicos são conhecidos por sua temperança. Um exemplo é Daniel, que se recusou a comer a comida e a bebida oferecidas pelo rei Nabucodonosor, preferindo uma dieta mais saudável (Daniel 1:8-16). Outro exemplo é José, que resistiu à tentação da mulher de Potifar e manteve sua integridade moral (Gênesis 39:6-12).

For more information, please click the button below.

Jesus também é um exemplo de temperança. Ele jejuou por 40 dias no deserto, resistindo às tentações do diabo (Mateus 4:1-11). Ele também se recusou a transformar pedras em pão, preferindo confiar na providência divina (Mateus 4:4).

Por que a temperança é importante na vida cristã?

A temperança é importante na vida cristã porque ela nos ajuda a manter o equilíbrio e a evitar excessos que podem prejudicar nossa saúde física, emocional e espiritual. Ela também nos ajuda a manter o controle sobre nossas emoções e ações, evitando comportamentos impulsivos e destrutivos.

Além disso, a temperança é uma virtude que agrada a Deus. Ela demonstra nossa obediência a ele e nossa confiança em sua vontade. Ela também nos torna mais parecidos com Cristo, que foi exemplar em sua moderação e autocontrole.

Como podemos desenvolver a temperança?

Desenvolver a temperança não é uma tarefa fácil, mas é possível com a ajuda de Deus e a prática constante. Aqui estão algumas dicas para desenvolver a temperança:

  • Identifique as áreas da sua vida em que você tende a ser excessivo, seja na comida, bebida, trabalho, lazer, etc.
  • Estabeleça limites para essas áreas e seja fiel a eles.
  • Pense nas consequências a longo prazo de seus comportamentos e escolhas.
  • Pratique a auto-observação e o autocontrole.
  • Peça a ajuda de Deus em oração e meditação.

Qual é a diferença entre temperança e legalismo?

A temperança e o legalismo são conceitos diferentes, embora possam parecer semelhantes à primeira vista. A temperança é uma virtude que busca o equilíbrio e a moderação, enquanto o legalismo é uma atitude que se preocupa mais com as regras e os rituais do que com o coração e a intenção.

Um exemplo disso pode ser encontrado na história dos fariseus na Bíblia. Os fariseus eram conhecidos por sua observância rigorosa da lei e dos rituais religiosos, mas muitas vezes esqueciam o amor, a compaixão e a misericórdia. Eles se preocupavam mais com as aparências do que com a verdadeira justiça e santidade.

Portanto, é importante cultivar a temperança, mas sem cair no legalismo. Devemos buscar um equilíbrio saudável entre a obediência à lei de Deus e a gratidão pelo seu amor e misericórdia.

Como a temperança se relaciona com outros frutos do Espírito?

A temperança se relaciona com outros frutos do Espírito, como a paciência, a mansidão e o domínio próprio. Todos esses frutos têm em comum a ideia de equilíbrio, moderação e autocontrole. Eles nos ajudam a lidar com as dificuldades da vida de uma maneira saudável e equilibrada.

Por exemplo, a paciência nos ajuda a suportar as provações sem desanimar ou desistir. A mansidão nos ajuda a ser humildes e gentis, mesmo quando somos provocados. E o domínio próprio nos ajuda a controlar nossos impulsos e desejos, evitando comportamentos destrutivos.

Conclusão

A temperança é uma virtude importante na vida cristã, que nos ajuda a manter o equilíbrio e a moderação em todas as áreas da vida. Ela nos ajuda a evitar excessos e vícios, a manter o controle sobre nossas emoções e ações, e a agradar a Deus com nossa obediência e confiança. Para desenvolver a temperança, devemos identificar as áreas em que tendemos a ser excessivos, estabelecer limites saudáveis, pensar nas consequências a longo prazo, praticar a auto-observação e o autocontrole, e pedir a ajuda de Deus em oração e meditação.

FAQs

O que é moderação?

A moderação é um estilo de vida que busca evitar excessos e vícios, e que permite ao indivíduo manter o controle sobre suas emoções, pensamentos e ações.

O que é autocontrole?

O autocontrole é a capacidade de controlar nossos impulsos e desejos, evitando comportamentos destrutivos.

Qual é a diferença entre temperança e sobriedade?

A temperança e a sobriedade são conceitos semelhantes, mas não idênticos. A sobriedade se refere ao estado de estar sóbrio, ou seja, sem estar sob a influência de drogas ou álcool. Já a temperança se refere a um

Related video of o que é temperança na bíblia

https://youtube.com/watch?v=pQi5XZNYcrE

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait