O Colar De Carolina Poema

Reza January 2, 2023
Poema Colar De Carolina EDUCA

O Colar de Carolina é um poema escrito por Carlos Drummond de Andrade, um dos maiores poetas da literatura brasileira do século XX. Este poema foi publicado pela primeira vez em 1945, em seu livro Sentimento do Mundo.

Contexto histórico e literário

O período em que Drummond viveu e escreveu foi marcado por grandes transformações políticas, econômicas e sociais no Brasil e no mundo. Ele nasceu em 1902 em Minas Gerais, em um momento em que o país ainda era uma monarquia. Durante sua vida, assistiu à Revolução de 1930, ao Estado Novo de Getúlio Vargas, à Segunda Guerra Mundial e à redemocratização do país em 1945.

Além disso, Drummond foi um dos principais representantes da geração de 1930, um grupo de escritores que rompeu com as tradições estéticas e literárias do passado e buscou uma linguagem mais próxima da realidade brasileira. Esses escritores valorizavam temas como o cotidiano, a vida urbana, a política e a cultura popular.

O poema

O Colar de Carolina é um poema curto, composto por apenas sete versos. Ele conta a história de uma menina chamada Carolina, que perdeu seu colar de contas. O poema começa com a descrição do colar:

Minha mãe comprou um quilo de açúcar

– Menina, disse-me ela, se você comportar,

amanhã lhe dou um colar de contas.

– Mamãe, como eu sou boa!

No outro dia, não me lembro bem como,

ela conseguiu o colar, que pôs em meu pescoço.

Em seguida, o poema narra a perda do colar:

Era dia de São João, levantei-me cedo;

No portão de entrada, rosto colado na grade,

fiquei vendo os fogueteiros.

– Papai, eu queria um palito de fósforo,

para soltar meu foguete.

– Você tem fósforo.

– Tenho. Mas não consigo soltar sozinha.

E o colarzinho de contas escorregou do pescoço

e caiu no chão.

O poema termina com a reação da menina:

For more information, please click the button below.

– Adeus, colar de coral que a mamãe me deu!

– Adeus, roda de pipa, estilingue, peteca, jogo de bola!

Papai sorriu. Eu tinha perdido tudo no mundo.

Interpretação

O Colar de Carolina é um poema que fala sobre a perda da inocência e da infância. A menina Carolina representa a criança inocente e confiante, que acredita na promessa da mãe e fica feliz com o colar de contas. No entanto, essa inocência é quebrada quando ela perde o colar e se dá conta de que o mundo é mais cruel do que ela imaginava.

O poema também pode ser interpretado como uma crítica à sociedade brasileira da época, marcada pela desigualdade social e pela falta de oportunidades para a maioria da população. A menina Carolina é pobre e depende da promessa da mãe para ter um colar de contas, algo simples e acessível para a maioria das crianças da classe média. Além disso, o fato de ela perder o colar por causa de um simples palito de fósforo revela como as necessidades básicas das pessoas eram negligenciadas em favor de questões supérfluas.

Conclusão

O Colar de Carolina é um poema curto, mas intenso e cheio de significados. Ele retrata a perda da inocência e da infância de uma menina pobre em um mundo cruel e desigual. Além disso, o poema pode ser interpretado como uma crítica à sociedade brasileira da época, que negligenciava as necessidades básicas das pessoas em favor de questões supérfluas.

FAQs

Qual é a importância de Carlos Drummond de Andrade na literatura brasileira?

Carlos Drummond de Andrade é um dos maiores poetas da literatura brasileira do século XX. Sua obra é marcada pela originalidade, pela simplicidade e pela capacidade de retratar a realidade brasileira de forma crítica e poética. Além disso, Drummond foi um dos principais representantes da geração de 1930, um grupo de escritores que rompeu com as tradições estéticas e literárias do passado e buscou uma linguagem mais próxima da realidade brasileira.

Qual é a mensagem principal de O Colar de Carolina?

O Colar de Carolina fala sobre a perda da inocência e da infância em um mundo cruel e desigual. A menina Carolina representa a criança inocente e confiante, que acredita na promessa da mãe e fica feliz com o colar de contas. No entanto, essa inocência é quebrada quando ela perde o colar e se dá conta de que o mundo é mais cruel do que ela imaginava. Além disso, o poema pode ser interpretado como uma crítica à sociedade brasileira da época, marcada pela desigualdade social e pela falta de oportunidades para a maioria da população.

Como O Colar de Carolina reflete a realidade brasileira da época em que foi escrito?

O Colar de Carolina retrata a realidade brasileira da época em que foi escrito ao mostrar a vida de uma menina pobre que depende da promessa da mãe para ter um colar de contas, algo simples e acessível para a maioria das crianças da classe média. Além disso, o fato de ela perder o colar por causa de um simples palito de fósforo revela como as necessidades básicas das pessoas eram negligenciadas em favor de questões supérfluas. Essa crítica à sociedade brasileira da época é uma das marcas da obra de Carlos Drummond de Andrade.

Related video of o colar de carolina poema

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait