Num Primeiro Momento As Ciências Sociais Buscaram Os Mesmos Métodos

Reza November 23, 2022
Num Primeiro Momento As Ciências Sociais Buscaram Os Mesmos Métodos EDUCA

As ciências sociais são um ramo do conhecimento que se dedica ao estudo das relações humanas e do comportamento social. Essas ciências se dividem em diversas áreas, como a sociologia, a antropologia, a psicologia social, a ciência política, entre outras. Apesar de cada uma dessas áreas ter suas próprias particularidades, elas têm em comum o fato de que todas buscam compreender a sociedade e a cultura humana.

A busca pelos mesmos métodos

No início do desenvolvimento das ciências sociais, as diferentes áreas que compõem esse ramo do conhecimento buscavam os mesmos métodos para a compreensão da sociedade e da cultura. Esse momento é conhecido como o período clássico das ciências sociais, que se estendeu do final do século XIX até meados do século XX.

Nesse período, os métodos utilizados pelas ciências sociais eram baseados na observação empírica, na coleta de dados e na análise quantitativa. Esses métodos eram considerados objetivos e científicos, e representavam uma tentativa de aproximar as ciências sociais das ciências naturais, como a física, a química e a biologia.

Os métodos utilizados pelas ciências sociais no período clássico incluíam:

  • Observação direta;
  • Entrevistas;
  • Questionários;
  • Análise estatística;
  • Experimentos controlados;
  • Comparação entre diferentes culturas.

Críticas aos métodos clássicos

Ao longo do tempo, os métodos utilizados pelas ciências sociais no período clássico foram criticados por uma série de motivos. Uma das principais críticas era de que esses métodos eram muito limitados e não levavam em conta a complexidade das relações sociais e culturais.

Além disso, esses métodos tendiam a ser muito objetivos e quantitativos, o que muitas vezes deixava de lado as experiências subjetivas e as nuances das relações humanas. Essa abordagem reducionista foi criticada por diversos teóricos das ciências sociais, que defendiam a importância de uma abordagem mais qualitativa e interpretativa.

For more information, please click the button below.

Novas abordagens nas ciências sociais

A partir do final do século XX, as ciências sociais passaram por uma transformação significativa. Novas abordagens surgiram, que buscavam superar as limitações dos métodos utilizados no período clássico e levar em conta a complexidade das relações sociais e culturais.

Essas novas abordagens incluem:

  • Abordagem qualitativa;
  • Teoria crítica;
  • Feminismo;
  • Teoria pós-colonial;
  • Estudos culturais;
  • Teoria queer.

Cada uma dessas abordagens tem suas próprias particularidades e objetivos, mas todas buscam uma compreensão mais completa e complexa da sociedade e da cultura humana.

Conclusão

Em resumo, as ciências sociais passaram por uma evolução significativa ao longo do tempo. No início, todas as áreas buscavam os mesmos métodos, que eram baseados na observação empírica, na coleta de dados e na análise quantitativa. Com o tempo, esses métodos foram criticados por serem limitados e reducionistas, e novas abordagens surgiram, que buscam uma compreensão mais completa e complexa da sociedade e da cultura humana.

FAQs

Por que os métodos clássicos das ciências sociais foram criticados?

Os métodos clássicos das ciências sociais foram criticados por serem limitados e reducionistas. Eles tendiam a ser muito objetivos e quantitativos, deixando de lado as experiências subjetivas e as nuances das relações humanas. Além disso, esses métodos não levavam em conta a complexidade das relações sociais e culturais.

Quais são as novas abordagens nas ciências sociais?

As novas abordagens nas ciências sociais incluem a abordagem qualitativa, a teoria crítica, o feminismo, a teoria pós-colonial, os estudos culturais e a teoria queer. Cada uma dessas abordagens tem suas próprias particularidades e objetivos, mas todas buscam uma compreensão mais completa e complexa da sociedade e da cultura humana.

Qual a importância de uma abordagem mais qualitativa e interpretativa nas ciências sociais?

Uma abordagem mais qualitativa e interpretativa nas ciências sociais é importante porque leva em conta a complexidade das relações sociais e culturais. Essa abordagem permite uma compreensão mais completa e nuanciada da sociedade e da cultura humana, levando em conta as experiências subjetivas e as nuances das relações humanas.

Related video of num primeiro momento as ciências sociais buscaram os mesmos métodos

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait