Naquela Sociedade Quais São As Únicas Profissões Toleradas

Reza July 25, 2022
Que profissão seguir? Blog do QG do Enem

Em algumas sociedades, há um conjunto restrito de profissões que são consideradas legítimas e aceitáveis. Essas restrições podem ser baseadas em tradições culturais, crenças religiosas ou políticas, ou em outras normas sociais. Essas restrições podem afetar a mobilidade social, limitando as oportunidades de carreira para algumas pessoas e criando barreiras para outras.

Profissões toleradas em sociedades religiosas

Em sociedades religiosas, as profissões toleradas podem depender das crenças e práticas religiosas dominantes. Por exemplo, em algumas sociedades islâmicas, certas profissões são consideradas haram (proibidas), enquanto outras são consideradas halal (permitidas). As profissões haram podem incluir trabalhar em bares ou clubes noturnos, produzir ou vender álcool ou carne de porco, ou trabalhar em bancos que cobram juros. As profissões halal podem incluir trabalhar como médico, professor, agricultor, ou em outras áreas consideradas moralmente aceitáveis.

Em sociedades judaicas, as profissões toleradas podem seguir as leis e tradições religiosas, como a proibição de trabalhar no sábado ou em feriados religiosos. As profissões que exigem o uso de equipamentos eletrônicos ou outras tecnologias no sábado podem ser limitadas, enquanto as profissões que não exigem trabalho aos sábados podem ser mais aceitáveis.

Profissões toleradas em sociedades políticas

Em sociedades políticas, as profissões toleradas podem depender das crenças e ideologias políticas dominantes. Por exemplo, em sociedades comunistas, as profissões que envolvem o lucro pessoal podem ser consideradas antiéticas e não serem toleradas, enquanto as profissões que promovem o bem-estar coletivo, como a medicina ou a educação, podem ser mais valorizadas.

Em sociedades capitalistas, as profissões que envolvem a produção de bens e serviços que geram lucro podem ser mais valorizadas, enquanto as profissões que não geram lucro, como as artes ou a filosofia, podem ser menos valorizadas. Além disso, as profissões que são consideradas de alto status social, como a medicina ou o direito, podem ser mais valorizadas do que as profissões que são consideradas menos prestigiosas, como a limpeza ou a jardinagem.

Profissões toleradas em sociedades de castas

Em sociedades de castas, as profissões toleradas podem ser determinadas pela casta ou classe social de nascimento de uma pessoa. Por exemplo, na Índia, as pessoas nascidas na casta dos brâmanes podem ter acesso a profissões que são consideradas de alto status social, como a medicina ou a educação, enquanto as pessoas nascidas em castas mais baixas podem ser limitadas a profissões que são consideradas menos prestigiosas, como a limpeza ou a agricultura.

For more information, please click the button below.

Profissões toleradas em sociedades patriarcais

Em sociedades patriarcais, as profissões toleradas podem ser determinadas pelas expectativas de gênero das pessoas. Por exemplo, em algumas sociedades, as mulheres podem ser limitadas a profissões que são consideradas mais adequadas para seu papel de gênero, como a enfermagem ou o ensino, enquanto os homens podem ser encorajados a buscar profissões que são consideradas mais adequadas para seu papel de gênero, como a engenharia ou a política.

Conclusão

Em resumo, as profissões toleradas em uma sociedade podem ser influenciadas por uma variedade de fatores, incluindo tradições culturais, crenças religiosas, ideologias políticas, castas sociais e expectativas de gênero. Essas restrições podem afetar a mobilidade social e limitar as oportunidades de carreira para algumas pessoas, criando barreiras e desigualdades sociais.

FAQs

1. Como as restrições de profissões podem afetar a mobilidade social?

As restrições de profissões podem limitar as oportunidades de carreira para algumas pessoas, criando barreiras para a mobilidade social. Por exemplo, se certas profissões são restritas a pessoas de certa casta ou classe social, as pessoas nascidas fora dessas castas ou classes podem ter dificuldade em acessar essas profissões, limitando suas oportunidades de avançar socialmente.

2. Como as restrições de profissões podem criar desigualdades sociais?

As restrições de profissões podem criar desigualdades sociais ao limitar as oportunidades de carreira para algumas pessoas e criar barreiras para outras. Por exemplo, se as mulheres são limitadas a profissões que são consideradas mais adequadas para seu papel de gênero, elas podem ter menos oportunidades de avançar em carreiras de maior prestígio e remuneração. Da mesma forma, se as profissões que geram lucro são mais valorizadas do que as profissões que não geram lucro, as pessoas que trabalham nessas profissões podem ter maior acesso a recursos e oportunidades do que as pessoas que trabalham em profissões menos valorizadas.

3. Como as restrições de profissões podem ser mudadas?

As restrições de profissões podem ser mudadas por meio de mudanças culturais, políticas ou sociais. Por exemplo, se uma sociedade reconhece a importância de profissões tradicionalmente consideradas menos prestigiosas, pode haver um esforço para valorizar essas profissões e melhorar as oportunidades de carreira para as pessoas que trabalham nessas áreas. Da mesma forma, se uma sociedade reconhece a injustiça de limitar o acesso a certas profissões com base em casta ou gênero, pode haver um esforço para promover a igualdade de oportunidades e a mobilidade social.

Related video of naquela sociedade quais são as únicas profissões toleradas

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait