Meus Oito Anos Casimiro De Abreu

Reza May 17, 2022
Meus Oito Anos Casimiro De Abreu

Meus Oito Anos é um poema de Casimiro de Abreu que faz parte da obra As Primaveras. Escrito em 1852, é um dos poemas mais famosos da literatura brasileira e retrata a infância do poeta em sua cidade natal, Barra de São João, no estado do Rio de Janeiro.

Biografia de Casimiro de Abreu

Casimiro de Abreu nasceu em 4 de janeiro de 1839, em Barra de São João, uma pequena cidade do Rio de Janeiro. Filho de um comerciante português e de uma brasileira, Casimiro teve uma infância feliz e tranquila, vivendo em contato com a natureza e com as pessoas simples da cidade.

Aos 13 anos, Casimiro foi enviado pelo pai para estudar em Portugal, onde passou grande parte de sua vida. Lá, estudou Direito e Filosofia na Universidade de Coimbra, mas nunca chegou a se formar. Em Portugal, Casimiro se envolveu com o movimento romântico e começou a escrever poesias que retratavam a saudade de sua terra natal e a nostalgia de sua infância feliz em Barra de São João.

Em 1859, Casimiro de Abreu publicou sua obra mais famosa, As Primaveras, que contém o poema Meus Oito Anos, além de outros poemas que retratam a natureza, a saudade e a melancolia. A obra foi um sucesso imediato e consagrou Casimiro de Abreu como um dos grandes poetas do movimento romântico brasileiro.

Em 1860, Casimiro de Abreu voltou ao Brasil, mas sua saúde já estava debilitada. Ele contraiu tuberculose e faleceu no Rio de Janeiro em 18 de outubro de 1860, aos 21 anos de idade. Apesar de ter vivido pouco, Casimiro de Abreu deixou uma obra poética que é considerada uma das mais importantes da literatura brasileira.

O Poema Meus Oito Anos

O poema Meus Oito Anos é um dos mais famosos da obra As Primaveras e retrata a infância do poeta em Barra de São João. O poema é uma ode à infância feliz e à simplicidade da vida no campo.

For more information, please click the button below.

O poema começa com os versos:

Oh! que saudades que tenho
Da aurora da minha vida,
Da minha infância querida
Que os anos não trazem mais!

Nesses versos, o poeta expressa a saudade de sua infância e da vida simples que ele levava em Barra de São João. Ele lamenta que os anos não possam trazer de volta essa época feliz e nostálgica.

O poema continua com os versos:

Que amor, que sonhos, que flores,
Naquelas tardes fagueiras
À sombra das bananeiras
Debaixo dos laranjais!

Aqui, o poeta descreve a felicidade de sua infância e os momentos felizes que ele passava na sombra das bananeiras e debaixo dos laranjais. Ele relembra os sonhos que tinha naquela época e as flores que enchiam sua vida de cor e beleza.

O poema termina com os versos:

Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.

Nesses versos, o poeta expressa a saudade de sua terra natal e do canto do sabiá, um pássaro que é símbolo da natureza brasileira. Ele compara as aves que gorjeiam em outros lugares com as aves que gorjeiam em Barra de São João e conclui que nenhuma delas é tão bela e tão singular quanto as aves de sua terra natal.

Conclusão

O poema Meus Oito Anos é uma das obras mais importantes da literatura brasileira e retrata a infância do poeta Casimiro de Abreu em Barra de São João. O poema é uma ode à infância feliz e à simplicidade da vida no campo, e expressa a saudade que o poeta sentia de sua terra natal e das lembranças felizes de sua infância. Apesar de ter vivido pouco, Casimiro de Abreu deixou uma obra poética que é considerada uma das mais importantes do movimento romântico brasileiro e que continua a encantar leitores de todas as idades.

FAQs

1) Qual a importância de Casimiro de Abreu para a literatura brasileira?

Casimiro de Abreu é considerado um dos grandes poetas do movimento romântico brasileiro e deixou uma obra poética que é considerada uma das mais importantes da literatura brasileira. Seu poema mais famoso, Meus Oito Anos, é um clássico da literatura brasileira e é estudado em escolas de todo o país.

2) O que o poema Meus Oito Anos retrata?

O poema Meus Oito Anos retrata a infância do poeta Casimiro de Abreu em Barra de São João, no estado do Rio de Janeiro. O poema é uma ode à infância feliz e à simplicidade da vida no campo, e expressa a saudade que o poeta sentia de sua terra natal e das lembranças felizes de sua infância.

3) Qual a mensagem que o poema Meus Oito Anos transmite?

O poema Meus Oito Anos transmite a mensagem de que a infância é uma época feliz e nostálgica, em que as crianças vivem em contato com a natureza e com as coisas simples da vida. O poema é uma ode à infância feliz e à simplicidade da vida no campo, e expressa a saudade que o poeta sentia de sua terra natal e das lembranças felizes de sua infância.

Related video of meus oitos anos casimiro de abreu

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait