Meritocracia É Uma Farsa: Análise Do Argumento De Daniel Markovits

Reza October 27, 2022
Merito YouTube

O que é meritocracia?

Meritocracia é um sistema que preconiza a valorização das pessoas com base em seus méritos, habilidades e competências, em detrimento de fatores como classe social, raça, gênero, religião ou orientação sexual. Em outras palavras, a meritocracia é um sistema que propõe a igualdade de oportunidades para todos, independentemente de sua origem ou condição social.

Quem é Daniel Markovits?

Daniel Markovits é um professor de Direito na Universidade de Yale, nos Estados Unidos, e autor do livro “The Meritocracy Trap” (“A armadilha da meritocracia”, em tradução livre), no qual ele argumenta que a meritocracia é uma farsa que perpetua a desigualdade e a injustiça social.

Qual é o argumento de Daniel Markovits?

Segundo Markovits, a meritocracia é uma farsa porque ela não promove a igualdade de oportunidades, mas sim a desigualdade. Ele argumenta que a meritocracia é uma ilusão, pois ela é baseada na ideia de que as pessoas têm um talento inato que determina seu sucesso na vida. No entanto, ele afirma que o sucesso não é determinado pelo talento, mas sim por uma série de fatores, incluindo a classe social, a educação, as conexões sociais e a sorte. Markovits argumenta que a meritocracia é uma armadilha porque ela cria uma elite de pessoas que têm acesso aos melhores recursos e oportunidades, enquanto a maioria das pessoas é deixada para trás. Ele também afirma que a meritocracia é um sistema injusto porque ele premia as pessoas por coisas que estão fora de seu controle, como sua origem social, enquanto as penaliza por coisas que estão dentro de seu controle, como sua capacidade de trabalhar duro.

Quais são os exemplos citados por Markovits para sustentar seu argumento?

Markovits cita vários exemplos para sustentar seu argumento de que a meritocracia é uma farsa. Um desses exemplos é a seleção de estudantes para as melhores universidades do mundo. Ele argumenta que as universidades mais seletivas têm um número limitado de vagas, o que significa que apenas uma pequena porcentagem de estudantes é admitida. Ele afirma que, embora essas universidades afirmem que suas decisões são baseadas no mérito, na verdade elas são influenciadas pela classe social, já que as famílias mais ricas têm acesso a recursos que lhes permitem preparar seus filhos para o processo seletivo. Outro exemplo citado por Markovits é o sistema de promoção nas empresas. Ele argumenta que as empresas promovem as pessoas com base em sua habilidade de fazer networking e se relacionar bem com os superiores, em vez de promover com base em sua capacidade de realizar um trabalho de qualidade.

Qual é a solução proposta por Markovits?

Markovits propõe uma série de medidas para corrigir os problemas da meritocracia. Ele argumenta que a educação precisa ser reformada para tornar o acesso mais igualitário e para garantir que as pessoas tenham as habilidades necessárias para competir em um mercado de trabalho cada vez mais complexo. Ele também propõe a criação de um sistema de impostos mais progressivo para reduzir a desigualdade econômica. Além disso, ele argumenta que as empresas precisam mudar suas práticas de promoção para se concentrar mais em habilidades e desempenho do que em relacionamentos pessoais.

Conclusão

Em resumo, Daniel Markovits argumenta que a meritocracia é uma farsa porque ela não promove a igualdade de oportunidades, mas sim a desigualdade. Ele afirma que a meritocracia é baseada em uma ilusão de que as pessoas têm um talento inato que determina seu sucesso na vida, quando na verdade o sucesso é determinado por uma série de fatores, incluindo a classe social, a educação, as conexões sociais e a sorte. Markovits propõe uma série de medidas para corrigir os problemas da meritocracia, incluindo reformas educacionais, um sistema de impostos mais progressivo e mudanças nas práticas de promoção nas empresas.

For more information, please click the button below.

FAQs

1. A meritocracia funciona em algum lugar do mundo?

A meritocracia tem sido amplamente adotada em todo o mundo, mas há poucas evidências de que ela tenha sido bem-sucedida em promover a igualdade de oportunidades. Na verdade, muitos argumentam que a meritocracia tem perpetuado a desigualdade e a injustiça social.

2. O que é preciso fazer para tornar a meritocracia mais justa?

Para tornar a meritocracia mais justa, é preciso reformar o sistema educacional para tornar o acesso mais igualitário e garantir que as pessoas tenham as habilidades necessárias para competir em um mercado de trabalho cada vez mais complexo. Também é preciso criar um sistema de impostos mais progressivo para reduzir a desigualdade econômica e mudar as práticas de promoção nas empresas para se concentrar mais em habilidades e desempenho do que em relacionamentos pessoais.

3. A meritocracia é uma ideologia perigosa?

Alguns argumentam que a meritocracia é uma ideologia perigosa porque ela cria uma elite de pessoas que têm acesso aos melhores recursos e oportunidades, enquanto a maioria das pessoas é deixada para trás. Além disso, a meritocracia pode ser injusta porque premia as pessoas por coisas que estão fora de seu controle, como sua origem social, enquanto as penaliza por coisas que estão dentro de seu controle, como sua capacidade de trabalhar duro.

Related video of merito é uma farsa. é assim que daniel markovits

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait