Mecanismos De Defesa Do Ego

Reza September 24, 2021
Aulas de Psicologia com Luciana Castro Enfermagem Mecanismos de

Os mecanismos de defesa do ego são as estratégias psicológicas que utilizamos para lidar com as ameaças e ansiedades que enfrentamos na vida cotidiana. Eles são uma forma de proteção do ego contra situações que poderiam causar danos emocionais e psicológicos. Essas defesas são consideradas inconscientes e automáticas, ou seja, não estamos cientes de que estamos usando esses mecanismos.

Tipos de mecanismos de defesa do ego

A seguir, apresentamos alguns dos principais mecanismos de defesa do ego:

1. Repressão

A repressão é a supressão de pensamentos, sentimentos e desejos que são considerados ameaçadores ou dolorosos. Esses conteúdos são empurrados para o inconsciente, tornando-se inacessíveis à consciência. A repressão é considerada um mecanismo de defesa primário e é uma estratégia comum para lidar com traumas emocionais e situações estressantes.

2. Negação

A negação é a recusa em aceitar a realidade de uma situação ameaçadora ou dolorosa. É comum em casos de diagnóstico de doenças graves ou perda de entes queridos. A negação pode ser uma forma temporária de lidar com a situação, mas se persistir pode se tornar um problema sério.

3. Projeção

A projeção é a atribuição de nossos próprios pensamentos, sentimentos e desejos a outras pessoas. É uma forma de evitar a responsabilidade por nossas próprias emoções e comportamentos, colocando a culpa em outras pessoas. Esse mecanismo de defesa é comum em situações de conflito interpessoal.

4. Deslocamento

O deslocamento é a transferência de emoções ou impulsos de uma pessoa ou objeto para outro. É uma forma de lidar com situações em que não podemos expressar nossos sentimentos de forma direta, como quando estamos com raiva do nosso chefe, mas não podemos expressar essa raiva diretamente a ele. Em vez disso, podemos deslocar essa raiva para outra pessoa ou objeto.

For more information, please click the button below.

5. Sublimação

A sublimação é a transformação de emoções ou impulsos em uma forma socialmente aceitável de comportamento. É uma forma de lidar com emoções negativas, como raiva ou agressão, transformando-as em atividades positivas, como esportes ou arte.

Exemplos de mecanismos de defesa do ego

A seguir, apresentamos alguns exemplos de mecanismos de defesa do ego:

  • Uma pessoa que sofreu abuso sexual na infância pode reprimir essas memórias e não conseguir se lembrar delas conscientemente.
  • Uma pessoa com medo de voar pode negar a realidade do perigo e se convencer de que não há risco envolvido.
  • Um indivíduo que está com ciúmes do parceiro pode projetar esses sentimentos no parceiro e acusá-lo de infidelidade.
  • Um funcionário que está insatisfeito com seu trabalho pode deslocar sua raiva para um colega de trabalho ou para um objeto inanimado.
  • Um indivíduo que sente raiva pode sublimar essa emoção em atividades físicas, como corrida ou musculação.

Como os mecanismos de defesa do ego afetam o comportamento humano?

Os mecanismos de defesa do ego podem afetar o comportamento humano de várias maneiras, como:

  • Prevenção de danos emocionais: os mecanismos de defesa do ego podem ajudar a prevenir danos emocionais e psicológicos em situações estressantes ou traumáticas.
  • Autoengano: os mecanismos de defesa do ego podem levar a uma visão distorcida da realidade, o que pode levar a decisões e comportamentos inadequados.
  • Conflitos interpessoais: os mecanismos de defesa do ego, como a projeção, podem levar a conflitos interpessoais e problemas de relacionamento.
  • Problemas de saúde mental: se os mecanismos de defesa do ego se tornarem excessivos ou persistentes, podem levar a problemas de saúde mental, como transtornos de ansiedade e depressão.

Como lidar com os mecanismos de defesa do ego?

Lidar com os mecanismos de defesa do ego pode ser um desafio, já que muitas vezes não estamos cientes de que estamos usando essas estratégias. No entanto, algumas estratégias que podem ajudar incluem:

  • Autoconhecimento: a conscientização dos nossos próprios padrões de defesa pode nos ajudar a identificar quando estamos usando esses mecanismos e a desenvolver estratégias alternativas para lidar com as situações.
  • Terapia: a terapia pode ajudar a identificar e lidar com os mecanismos de defesa do ego e desenvolver estratégias mais saudáveis para lidar com as emoções e situações estressantes.
  • Comunicação aberta: a comunicação aberta e honesta com os outros pode ajudar a evitar conflitos interpessoais e a lidar com as emoções de forma mais saudável.
  • Práticas de autocuidado: práticas como meditação, exercícios físicos e hobbies podem ajudar a lidar com o estresse e as emoções negativas de forma mais saudável.

Conclusão

Os mecanismos de defesa do ego são uma parte normal da nossa psicologia e podem ajudar a proteger nosso ego em situações estressantes ou traumáticas. No entanto, se esses mecanismos se tornarem excessivos ou persistentes, podem levar a problemas de saúde mental e conflitos interpessoais. A conscientização dos nossos próprios padrões de defesa e a busca de ajuda profissional podem ajudar a lidar com esses mecanismos de forma mais saudável.

FAQs

1. Todos usam mecanismos de defesa do ego?

Sim, todos usam mecanismos de defesa do ego em maior ou menor grau. Essas estratégias são consideradas normais e fazem parte da nossa psicologia.

2. Os mecanismos de defesa do ego são sempre inconscientes?

Sim, os mecanismos de defesa do ego são considerados inconscientes e automáticos, ou seja, não estamos cientes de que estamos usando essas estratégias.

3. Os mecanismos de defesa do ego são sempre saudáveis?

Não, se os mecanismos de defesa do ego se tornarem excessivos ou persistentes, podem levar a problemas de saúde mental e conflitos interpessoais. É importante estar ciente desses padrões de defesa e desenvolver estratégias mais saudáveis para lidar com as emoções e situações estressantes.

Related video of mecanismos de defesa do ego

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait