Mapa Mental De Orações Subordinadas Adverbiais

Reza August 10, 2022
Mapa Mental orações subordinadas adverbiais Subordinadas adverbiais

As orações subordinadas adverbiais são aquelas que exercem a função de advérbio na oração principal. Elas indicam circunstâncias como a causa, a consequência, a condição, a concessão, a comparação, a finalidade, a proporção, o tempo e o modo. Muitas vezes, essas orações são introduzidas por conjunções subordinativas.

Tipos de Orações Subordinadas Adverbiais

Existem vários tipos de orações subordinadas adverbiais, entre eles:

  • Orações Subordinadas Adverbiais Causais
  • Orações Subordinadas Adverbiais Concessivas
  • Orações Subordinadas Adverbiais Condicionais
  • Orações Subordinadas Adverbiais Comparativas
  • Orações Subordinadas Adverbiais Finais
  • Orações Subordinadas Adverbiais Proporcionais
  • Orações Subordinadas Adverbiais Temporais
  • Orações Subordinadas Adverbiais Conformativas

Exemplos de Orações Subordinadas Adverbiais

Orações Subordinadas Adverbiais Causais

As orações subordinadas adverbiais causais indicam a causa de algo na oração principal. Elas são introduzidas por conjunções como porque, como, já que, visto que, etc. Exemplos:

  • Porque choveu muito, algumas pessoas não puderam sair de casa.
  • Como ele estudou bastante, conseguiu passar no concurso.
  • Já que você não quer ir, eu vou sozinho.

Orações Subordinadas Adverbiais Concessivas

As orações subordinadas adverbiais concessivas indicam uma concessão, ou seja, uma ideia contrária à que se espera na oração principal. Elas são introduzidas por conjunções como embora, ainda que, mesmo que, etc. Exemplos:

  • Embora tenha chovido muito, o jogo não foi cancelado.
  • Ainda que ele seja rico, não é feliz.
  • Mesmo que você me peça desculpas, não vou voltar atrás.

Orações Subordinadas Adverbiais Condicionais

As orações subordinadas adverbiais condicionais indicam uma condição para que algo aconteça na oração principal. Elas são introduzidas por conjunções como se, caso, desde que, etc. Exemplos:

  • Se você estudar bastante, conseguirá passar no vestibular.
  • Caso não haja vagas, teremos que esperar o próximo semestre.
  • Desde que você chegue cedo, poderemos sair mais cedo também.

Orações Subordinadas Adverbiais Comparativas

As orações subordinadas adverbiais comparativas indicam uma comparação entre dois elementos na oração principal. Elas são introduzidas por conjunções como como, do que, tanto quanto, etc. Exemplos:

For more information, please click the button below.
  • Ele é tão inteligente quanto eu.
  • Ela é mais bonita do que a irmã.
  • O carro é rápido como um avião.

Orações Subordinadas Adverbiais Finais

As orações subordinadas adverbiais finais indicam a finalidade de algo na oração principal. Elas são introduzidas por conjunções como para que, a fim de que, etc. Exemplos:

  • Estudamos muito para que pudéssemos passar no concurso.
  • Fizemos isso a fim de que tudo ficasse pronto a tempo.
  • Ele trabalha duro para que possa viajar nas férias.

Orações Subordinadas Adverbiais Proporcionais

As orações subordinadas adverbiais proporcionais indicam uma proporção entre dois elementos na oração principal. Elas são introduzidas por conjunções como à medida que, tanto mais quanto, etc. Exemplos:

  • À medida que o tempo passa, a vida fica mais complicada.
  • Tanto mais estuda, quanto mais aprende.
  • Ele trabalha tanto mais quanto ganha mais.

Orações Subordinadas Adverbiais Temporais

As orações subordinadas adverbiais temporais indicam o tempo em que algo acontece na oração principal. Elas são introduzidas por conjunções como quando, enquanto, antes que, etc. Exemplos:

  • Quando chegar a primavera, as flores vão desabrochar.
  • Enquanto ele estudava, eu assistia televisão.
  • Antes que seja tarde demais, precisamos agir.

Orações Subordinadas Adverbiais Conformativas

As orações subordinadas adverbiais conformativas indicam uma conformidade entre dois elementos na oração principal. Elas são introduzidas por conjunções como conforme, como, segundo, etc. Exemplos:

  • Conforme você disse, o trabalho é realmente difícil.
  • Como ele é tímido, prefere ficar em casa.
  • Segundo ela afirmou, tudo está sob controle.

Como Fazer um Mapa Mental de Orações Subordinadas Adverbiais

Um mapa mental é uma ferramenta visual que ajuda a organizar ideias e informações de forma clara e concisa. Para fazer um mapa mental de orações subordinadas adverbiais, siga os seguintes passos:

  1. Escolha um tema para o seu mapa mental, como “Tipos de Orações Subordinadas Adverbiais”.
  2. No centro do seu mapa mental, escreva o tema e desenhe um círculo ao redor.
  3. Em torno do círculo central, desenhe ramos para cada tipo de oração subordinada adverbial.
  4. Em cada ramo, escreva o nome do tipo de oração subordinada adverbial e desenhe um círculo ao redor.
  5. A partir de cada círculo secundário, desenhe ramos para cada exemplo de oração subordinada adverbial desse tipo.
  6. Em cada ramo secundário, escreva o exemplo de oração subordinada adverbial e desenhe um círculo ao redor.
  7. Conecte as orações subordinadas adverbiais aos elementos da oração principal que elas modificam.

Vantagens de Usar um Mapa Mental de Orações Subordinadas Adverbiais

Usar um mapa mental de orações subordinadas adverbiais pode trazer diversas vantagens, tais como:

  • Ajuda a organizar ideias e informações de forma clara e concisa.
  • Permite visualizar as relações entre as diferentes orações subordinadas adverbiais e a oração principal.
  • Facilita a memorização dos diferentes tipos de orações subordinadas adverbiais e seus exemplos.
  • Pode ser utilizado como uma ferramenta de estudo ou revisão para provas e trabalhos.

Related video of mapa mental oracoes subordinadas adverbiais

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait