O Que É O Mal De 7 Dias Em Recém-Nascidos?

Reza March 21, 2023
Bebê Recémnascido (na Idade De 7 Dias) Foto de Stock Imagem de prole

O Mal de 7 Dias em Recém-Nascidos, também conhecido como Icterícia Neonatal, é uma condição que afeta muitos bebês recém-nascidos. É uma condição comum que ocorre quando há um acúmulo de bilirrubina no sangue do bebê, que pode deixar a pele e os olhos do bebê com uma aparência amarelada.

Causas

A icterícia neonatal é causada pelo acúmulo de bilirrubina no sangue do bebê. A bilirrubina é um pigmento amarelo que é produzido pelo fígado quando ele quebra as células vermelhas do sangue que não são mais necessárias. Esse pigmento é normalmente excretado do corpo através das fezes e da urina. No entanto, em alguns bebês, a bilirrubina não é excretada adequadamente e acaba se acumulando no sangue.

Existem várias razões pelas quais a bilirrubina pode se acumular no sangue de um bebê recém-nascido, incluindo:

  • Produção excessiva de bilirrubina
  • Dificuldade do fígado em processar a bilirrubina
  • Baixa quantidade de enzimas no fígado do bebê para processar a bilirrubina
  • Obstrução dos ductos biliares no fígado
  • Sangramento interno
  • Incompatibilidade do tipo sanguíneo entre a mãe e o bebê

Sintomas

A icterícia neonatal é caracterizada pela pele amarelada e pelos olhos do bebê, que podem ter uma aparência amarela ou esverdeada. Outros sintomas podem incluir:

  • Letargia
  • Sonolência
  • Falta de apetite
  • Diminuição da produção de urina
  • Fezes claras ou esbranquiçadas

Diagnóstico

O diagnóstico da icterícia neonatal é feito por um médico que examina o bebê e verifica a pele e os olhos do bebê em busca de sinais de icterícia. O médico também pode realizar um exame de sangue para medir os níveis de bilirrubina no sangue do bebê.

Tratamento

O tratamento da icterícia neonatal geralmente envolve a exposição do bebê à luz azul, conhecida como fototerapia. Essa luz ajuda a quebrar a bilirrubina no sangue do bebê, permitindo que ela seja excretada do corpo mais facilmente. A fototerapia é geralmente administrada no hospital, mas também pode ser administrada em casa.

For more information, please click the button below.

Em casos mais graves de icterícia neonatal, pode ser necessário realizar uma transfusão de sangue para substituir o sangue do bebê por um sangue que tenha níveis mais baixos de bilirrubina.

Prevenção

Não há uma maneira garantida de prevenir a icterícia neonatal, mas existem algumas coisas que as mães podem fazer para reduzir o risco de seu bebê desenvolver a condição:

  • Amamentar o bebê com frequência para ajudar a excretar a bilirrubina do corpo
  • Manter o bebê aquecido para evitar a perda excessiva de líquidos
  • Garantir que o bebê esteja recebendo líquidos suficientes para ajudar a excretar a bilirrubina

Conclusão

A icterícia neonatal é uma condição comum que afeta muitos bebês recém-nascidos. É causada pelo acúmulo de bilirrubina no sangue do bebê e é caracterizada pela pele e pelos olhos do bebê com uma aparência amarelada. O tratamento geralmente envolve a exposição do bebê à luz azul, conhecida como fototerapia. Embora não haja uma maneira garantida de prevenir a icterícia neonatal, as mães podem reduzir o risco de seu bebê desenvolver a condição amamentando com frequência e garantindo que o bebê esteja recebendo líquidos suficientes.

FAQs

1. A icterícia neonatal é perigosa?

A icterícia neonatal é geralmente uma condição benigna que desaparece sem tratamento. No entanto, em casos raros, pode causar danos ao cérebro ou até mesmo ser fatal.

2. A icterícia neonatal pode ser transmitida de mãe para filho?

A icterícia neonatal não é uma doença infecciosa e não pode ser transmitida de mãe para filho.

3. A icterícia neonatal pode afetar o desenvolvimento do bebê?

Em casos graves de icterícia neonatal, pode haver um risco aumentado de problemas de desenvolvimento. No entanto, a maioria dos casos de icterícia neonatal é leve e não afeta o desenvolvimento do bebê.

Related video of mal de 7 dias recem nascido

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait