Letra De Cazuza Blues Da Piedade

Reza June 15, 2021
Blues da Piedade Cazuza/Frejat Frases inspiracionais, Mensagens

Introdução

A música “Blues da Piedade” é uma canção composta por Cazuza em parceria com Frejat. Ela faz parte do álbum “Ideologia”, lançado em 1988, e é considerada um dos grandes sucessos do cantor e compositor brasileiro. A letra da música é bastante poética e fala sobre a tristeza e a solidão que muitas vezes acompanham a vida humana.

Letra da música

           A minha dor é perceber
Que apesar de termos feito tudo o que fizemos
Ainda somos os mesmos e vivemos
Como nossos pais

           Nossos ídolos ainda são os mesmos
E as aparências não enganam não
Você diz que depois deles não apareceu mais ninguém
Você pode até dizer que eu tô por fora
Ou então que eu tô inventando
Mas é você que ama o passado e que não vê
Que o novo sempre vem
Hoje eu sei que quem me deu a idéia
De uma nova consciência e juventude
Tá em casa guardado por Deus
Contando vil metal
Minha dor é perceber
Que apesar de termos feito tudo, tudo, tudo o que fizemos
Nós ainda somos os mesmos e vivemos
Ainda somos os mesmos e vivemos
Como nossos pais

Interpretação da letra

A letra da música é bastante poética e fala sobre a tristeza e a solidão que muitas vezes acompanham a vida humana. Cazuza começa a música dizendo que a sua dor é perceber que, apesar de tudo o que fez na vida, ele ainda é o mesmo e vive como seus pais. Isso pode ser interpretado como uma crítica à falta de evolução da sociedade e das pessoas, que muitas vezes se apegam ao passado e não conseguem enxergar o novo. Em seguida, ele diz que os ídolos ainda são os mesmos e que as aparências não enganam. Isso significa que as pessoas ainda idolatram os mesmos artistas e personalidades, mesmo que eles já estejam ultrapassados ou tenham perdido a relevância. A frase “você pode até dizer que eu tô por fora” mostra que o autor da música sabe que muitas pessoas vão discordar dele, mas ele acredita que o novo sempre vem e que é preciso estar aberto a isso. Cazuza então fala sobre uma nova consciência e juventude, que foi inspirada por alguém que agora está “guardado por Deus”. Essa pessoa pode ser entendida como um líder ou ídolo que já morreu e deixou um legado para as gerações futuras. A frase “contando vil metal” mostra que essa pessoa não está mais preocupada com a fama ou o sucesso, mas sim com o dinheiro que ganhou ao longo da vida. No final da música, Cazuza repete que apesar de tudo o que fizeram, as pessoas ainda são as mesmas e vivem como seus pais. Isso mostra que ele acredita que a sociedade precisa evoluir e se reinventar para não ficar presa ao passado.

Conclusão

A música “Blues da Piedade” é uma das mais famosas de Cazuza e fala sobre a tristeza e a solidão que muitas vezes acompanham a vida humana. A letra é bastante poética e mostra a visão crítica do cantor sobre a sociedade e as pessoas. Cazuza acreditava que era preciso estar aberto ao novo e evoluir constantemente para não ficar preso ao passado.

FAQs

1) Qual o significado do nome “Blues da Piedade”?

O nome da música pode ser interpretado como uma mistura entre o gênero musical blues e a palavra piedade, que significa compaixão ou pena. Portanto, é possível entender que a música fala sobre a tristeza e a compaixão que muitas vezes acompanham a vida humana.

For more information, please click the button below.

2) Quem é o ídolo que Cazuza cita na música?

Não há uma resposta definitiva para essa pergunta, já que Cazuza nunca revelou quem era a pessoa que ele cita na música. Alguns fãs acreditam que ele pode estar se referindo a algum líder político ou cultural que já morreu.

3) Qual a mensagem que Cazuza queria passar com essa música?

Cazuza queria passar a mensagem de que é preciso estar aberto ao novo e evoluir constantemente para não ficar preso ao passado. Ele acreditava que a sociedade precisava se reinventar e encontrar uma nova consciência e juventude para seguir em frente.

Related video of letra de cazuza blues da piedade

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait