Estrofe De Cordel Com 6 Versos

Reza May 22, 2021
Como Fazer Um Cordel De 6 Versos ASKBRAIN

O cordel é um gênero literário popular bastante presente na cultura nordestina brasileira. Ele é caracterizado por ser escrito em forma de poesia, com rimas e métricas específicas, e impresso em pequenos folhetos, geralmente ilustrados com xilogravuras. Uma das características mais marcantes do cordel é a sua divisão em estrofes de seis versos, também conhecidas como sextilhas.

Características da Estrofe de Cordel com 6 Versos

A estrofe de cordel com seis versos, ou sextilha, é uma das mais populares dentro do gênero literário. Ela é composta por seis versos de sete sílabas poéticas cada, totalizando 42 sílabas. Além disso, a sextilha apresenta algumas características específicas:

  • As rimas são alternadas, ou seja, o primeiro verso rima com o terceiro e o quinto, e o segundo verso rima com o quarto e o sexto;
  • O último verso da estrofe é conhecido como “martelo”, e geralmente apresenta uma ideia de conclusão ou reflexão sobre o tema abordado;
  • A sextilha permite uma grande variação temática, podendo tratar de assuntos diversos, desde amor e religiosidade até política e crítica social;
  • O ritmo da sextilha é marcado pela alternância de sílabas tônicas e átonas, o que confere ao texto uma musicalidade própria.

Exemplo de Estrofe de Cordel com 6 Versos

Um exemplo de estrofe de cordel com seis versos é o seguinte:

Nordeste, meu torrão querido
Que o sol queima de manhã cedo
Tu és a terra do meu gemido
E do meu canto, quando me acomodo
Em teus campos, meu sonho perdido
Volta a encontrar o caminho do roçado

Neste exemplo, é possível observar a alternância de rimas, o uso do “martelo” no último verso e o ritmo característico da sextilha.

Importância da Estrofe de Cordel com 6 Versos

A estrofe de cordel com seis versos é uma das principais marcas do gênero literário do cordel. Ela permite uma grande variedade de temas e assuntos a serem abordados, além de apresentar uma musicalidade própria e característica da cultura nordestina. Além disso, o cordel tem um importante papel na preservação da cultura popular brasileira, levando a literatura e a poesia para as camadas menos favorecidas da população. Por meio dos folhetos de cordel, é possível disseminar conhecimento, valores e tradições, contribuindo para a formação de uma identidade cultural forte e diversa.

For more information, please click the button below.

Conclusão

A estrofe de cordel com seis versos, ou sextilha, é uma das principais características do gênero literário do cordel. Ela é marcada pela alternância de rimas, pelo “martelo” no último verso e pela musicalidade própria, resultado da alternância de sílabas tônicas e átonas. O cordel tem um importante papel na preservação da cultura popular brasileira, levando a literatura e a poesia para todas as camadas da população.

FAQs

O que é um folheto de cordel?

O folheto de cordel é um pequeno livreto, geralmente produzido de forma artesanal, que contém poemas escritos em forma de cordel. Eles são impressos em papel simples, com xilogravuras que ilustram a história. O folheto de cordel é uma das principais formas de difusão do gênero literário.

Quais são os principais temas abordados no cordel?

Os temas abordados no cordel são bastante variados, podendo tratar de amor, religiosidade, política, crítica social, lendas populares, entre outros. O importante é que a temática seja abordada de forma poética e com a musicalidade própria do cordel.

Qual é a origem do cordel?

O cordel tem origem na Europa, mais especificamente em Portugal, onde era conhecido como “poesia de cordel”. A tradição chegou ao Brasil com os colonizadores portugueses e foi se adaptando às realidades locais, especialmente no Nordeste do país, onde se tornou mais popular.

Related video of estrofe de cordel com 6 versos

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait