Diagrama De Entidade E Relacionamento

Reza August 24, 2021
Diagrama EntidadeRelacionamento do Jogo Educa Direito A Figura 2 é

O diagrama de entidade e relacionamento (DER) é uma ferramenta utilizada para modelar e representar as entidades e os relacionamentos existentes em um sistema ou processo. É uma técnica que permite a visualização da estrutura de dados de um sistema e as relações existentes entre as entidades presentes nele. É uma forma de representação gráfica que auxilia na compreensão do funcionamento do sistema, sendo amplamente utilizada na área de tecnologia da informação.

Entidades

As entidades são elementos do sistema que possuem uma existência distinta e que podem ser identificadas e manipuladas de forma independente. Podem ser pessoas, objetos, conceitos ou eventos. Em um DER, as entidades são representadas por retângulos, com o nome da entidade dentro dele.

As entidades podem ser classificadas em três tipos:

  1. Entidades Fortes: São entidades que possuem uma identidade própria e independente, ou seja, não dependem de outras entidades para existir. Exemplo: Cliente, Produto.
  2. Entidades Fracas: São entidades que dependem de outras entidades para existir. Geralmente possuem uma chave estrangeira que faz referência à chave primária da entidade forte. Exemplo: Endereço, Telefone.
  3. Entidades Associativas: São entidades que representam uma relação entre duas ou mais entidades. Geralmente possuem duas ou mais chaves estrangeiras, que fazem referência às chaves primárias das entidades envolvidas na relação. Exemplo: Pedido_Produto.

Relacionamentos

Os relacionamentos são as conexões que existem entre as entidades do sistema. Eles representam a forma como as entidades interagem e se relacionam entre si. Em um DER, os relacionamentos são representados por linhas que conectam as entidades.

Os relacionamentos podem ser classificados em três tipos:

  1. Relacionamento 1 para 1: É um relacionamento em que uma entidade se relaciona com apenas uma outra entidade. Exemplo: Cliente com Endereço.
  2. Relacionamento 1 para N: É um relacionamento em que uma entidade se relaciona com várias outras entidades. Exemplo: Cliente com Pedido.
  3. Relacionamento N para N: É um relacionamento em que várias entidades se relacionam com várias outras entidades. Exemplo: Pedido com Produto.

Atributos

Os atributos são as características que definem uma entidade. Eles representam as informações que são armazenadas sobre as entidades do sistema. Em um DER, os atributos são representados por elipses, com o nome do atributo dentro dele.

For more information, please click the button below.

Os atributos podem ser classificados em três tipos:

  1. Atributos Simples: São atributos que possuem apenas um valor. Exemplo: nome, idade.
  2. Atributos Compostos: São atributos que possuem sub-atributos. Exemplo: endereço (composto pelos sub-atributos rua, número, cidade, estado).
  3. Atributos Multivalorados: São atributos que podem possuir mais de um valor. Exemplo: telefone (um cliente pode ter vários telefones).

Exemplo de DER

Para ilustrar melhor o funcionamento de um DER, vamos criar um exemplo de um sistema de vendas de produtos.

Entidades

  • Cliente
  • Produto
  • Pedido
  • Endereço

Relacionamentos

  • Um cliente pode fazer vários pedidos (Relacionamento 1 para N Cliente-Pedido).
  • Um pedido pode conter vários produtos e um produto pode estar em vários pedidos (Relacionamento N para N Pedido-Produto).
  • Cada cliente possui um endereço e um endereço pode ser de vários clientes (Relacionamento 1 para N Cliente-Endereço).

Atributos

  • Cliente: nome, email, telefone.
  • Produto: nome, descrição, preço.
  • Pedido: data, valor total.
  • Endereço: rua, número, cidade, estado.

Abaixo, temos o diagrama de entidade e relacionamento do sistema de vendas de produtos:

Diagrama de Entidade e Relacionamento do Sistema de Vendas de Produtos

Vantagens do DER

O diagrama de entidade e relacionamento apresenta diversas vantagens, tais como:

  • Facilita a compreensão do sistema: por meio do DER, é possível visualizar de forma clara e objetiva as entidades e os relacionamentos do sistema, o que facilita a compreensão do funcionamento do sistema;
  • Permite a identificação de erros e falhas: o DER pode identificar erros e falhas de projeto, o que permite uma correção mais rápida e eficiente;
  • Auxilia na comunicação: o DER é uma ferramenta gráfica que pode ser facilmente compreendida por diferentes pessoas, o que auxilia na comunicação entre os membros de uma equipe de desenvolvimento;
  • Facilita a manutenção do sistema: com o DER, é possível identificar de forma rápida e objetiva as entidades e os relacionamentos do sistema, o que facilita a manutenção do sistema, tanto corretiva quanto evolutiva;
  • Permite a criação de um modelo lógico: o DER é uma ferramenta que permite a criação de um modelo lógico do sistema, o que auxilia na definição dos requisitos e na criação do banco de dados do sistema.

Desvantagens do DER

O diagrama de entidade e relacionamento apresenta algumas desvantagens, tais como:

  • Pode ser complexo para sistemas grandes: em sistemas grandes, com muitas entidades e relacionamentos, o DER pode se tornar complexo e difícil de interpretar;
  • Requer conhecimento técnico: o DER é uma ferramenta técnica que requer conhecimento específico para utilização e compreensão;
  • Não é adequado para sistemas dinâmicos: em sistemas dinâmicos, em que as entidades e os relacionamentos mudam constantemente, o DER pode não ser adequado;
  • Não é adequado para sistemas não estruturados: em sistemas não estruturados, em que as entidades e os relacionamentos não são claros, o DER pode não ser adequado.

Conclusão

O diagrama de entidade e relacionamento é uma ferramenta amplamente utilizada na área de tecnologia da informação para modelar e representar as entidades e os relacionamentos de um sistema. Ele permite a visualização clara e objetiva da estrutura de dados do sistema, o que auxilia na compreensão do funcionamento do sistema. O DER apresenta diversas vantagens, como a facilidade de manutenção do sistema e a identificação de erros e falhas de projeto. Entretanto, ele também apresenta algumas desvantagens, como a complexidade em sistemas grandes e a inadequação para sistemas não estruturados.

FAQs

1. O DER é uma ferramenta adequada para todos os tipos de sistemas?

Não, o DER não é adequado para todos os tipos de sistemas. Ele é mais adequado para sistemas estruturados, em que as entidades e os relacionamentos são claros e bem definidos. Em sistemas não estruturados, o DER pode não ser adequado.

2. Qual é a principal vantagem do DER?

A principal vantagem do DER é a facilidade de compreensão do sistema. Por meio do DER, é possível visualizar de forma clara e objetiva as entidades e os relacionamentos do sistema, o que facilita a compreensão do funcionamento do sistema.

Related video of diagrama de entidade e relacionamento.

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait