Demanda Elástica É Inelástica Exemplos

Reza June 6, 2021
Price Elastic Products Are there any benefits? Economics Help

A demanda elástica e inelástica são conceitos econômicos que descrevem a relação entre o preço de um produto e a quantidade demandada pelos consumidores. Quando a demanda é elástica, um pequeno aumento no preço do produto causa uma grande queda na quantidade demandada pelos consumidores. Já quando a demanda é inelástica, um aumento significativo no preço do produto tem pouco efeito na quantidade demandada pelos consumidores.

Demanda elástica

Quando a demanda é elástica, a quantidade demandada pelos consumidores é altamente sensível ao preço do produto. Isso significa que um pequeno aumento no preço do produto leva a uma grande queda na quantidade demandada pelos consumidores. Por outro lado, um pequeno desconto no preço do produto pode levar a um grande aumento na quantidade demandada pelos consumidores.

Um exemplo de demanda elástica é o mercado de refrigerantes. Se o preço dos refrigerantes aumentar significativamente, os consumidores podem optar por outras bebidas, como água ou suco, em vez de gastar mais dinheiro nos refrigerantes. Por outro lado, se o preço dos refrigerantes for reduzido, os consumidores podem comprá-los com mais frequência.

Outro exemplo de demanda elástica é o mercado de carros. Se o preço dos carros novos aumentar, os consumidores podem optar por comprar carros usados ou adiar a compra de um carro novo. Por outro lado, se o preço dos carros novos for reduzido, os consumidores podem ser incentivados a comprar um carro novo.

Demanda inelástica

Quando a demanda é inelástica, a quantidade demandada pelos consumidores é pouco sensível ao preço do produto. Isso significa que um aumento significativo no preço do produto tem pouco efeito na quantidade demandada pelos consumidores. Por outro lado, um pequeno desconto no preço do produto pode ter pouco efeito na quantidade demandada pelos consumidores.

Um exemplo de demanda inelástica é o mercado de medicamentos. Se o preço dos medicamentos aumentar significativamente, muitos consumidores ainda precisarão comprar os medicamentos, mesmo que isso signifique gastar mais dinheiro. Por outro lado, se o preço dos medicamentos for reduzido, a quantidade demandada pelos consumidores pode aumentar pouco, pois muitos consumidores já precisam dos medicamentos e não mudarão seu comportamento de compra com uma pequena redução de preço.

For more information, please click the button below.

Outro exemplo de demanda inelástica é o mercado de gasolina. Se o preço da gasolina aumentar, muitos consumidores ainda precisarão abastecer seus carros, mesmo que isso signifique gastar mais dinheiro. Por outro lado, se o preço da gasolina for reduzido, a quantidade demandada pelos consumidores pode aumentar pouco, pois muitos consumidores já precisam da gasolina para se locomover e não mudarão seu comportamento de compra com uma pequena redução de preço.

Conclusão

Em resumo, a demanda elástica e inelástica são conceitos econômicos importantes que descrevem a relação entre o preço de um produto e a quantidade demandada pelos consumidores. A compreensão desses conceitos é essencial para os produtores e vendedores que desejam maximizar seus lucros e para os consumidores que desejam fazer escolhas informadas sobre seus gastos.

FAQs

1. Como saber se a demanda é elástica ou inelástica?

Para determinar se a demanda é elástica ou inelástica, é necessário analisar a sensibilidade dos consumidores ao preço do produto. Se um pequeno aumento no preço do produto leva a uma grande queda na quantidade demandada pelos consumidores, a demanda é elástica. Se um aumento significativo no preço do produto tem pouco efeito na quantidade demandada pelos consumidores, a demanda é inelástica.

2. Como os produtores podem usar a demanda elástica e inelástica para maximizar seus lucros?

Os produtores podem usar a demanda elástica e inelástica para maximizar seus lucros ajustando o preço de seus produtos. Se a demanda é elástica, uma redução no preço do produto pode levar a um aumento significativo na quantidade demandada pelos consumidores, o que pode gerar mais receita e lucro para o produtor. Por outro lado, se a demanda é inelástica, um aumento no preço do produto pode gerar mais receita e lucro para o produtor, pois muitos consumidores ainda precisarão comprar o produto mesmo que o preço tenha aumentado.

3. Como os consumidores podem usar a demanda elástica e inelástica para fazer escolhas informadas sobre seus gastos?

Os consumidores podem usar a demanda elástica e inelástica para fazer escolhas informadas sobre seus gastos, optando por produtos com demanda elástica quando desejarem economizar dinheiro e por produtos com demanda inelástica quando estiverem dispostos a pagar mais pelo produto. Além disso, os consumidores podem pesquisar preços e comparar diferentes produtos para encontrar a melhor relação entre qualidade e preço.

Related video of demanda elástica é inelástica exemplos

https://youtube.com/watch?v=yZtfnaYoOH0

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait