Decapitação De João Batista Caravaggio

Reza December 15, 2021
Pin em Pinturas e desenhos

A decapitação de João Batista Caravaggio é um evento histórico amplamente conhecido e que remonta ao século I d.C. De acordo com a Bíblia, João Batista foi um pregador e um profeta que pregava a vinda do Messias e a necessidade de arrependimento para a salvação. Ele é considerado um dos principais personagens do Novo Testamento e é frequentemente retratado em obras de arte religiosas.

Contexto Histórico

João Batista viveu no tempo do Império Romano, quando a Palestina era uma província romana. Ele pregou a palavra de Deus em todo o país e atraiu muitos seguidores. Ele foi um dos primeiros a reconhecer Jesus Cristo como o Messias e o batizou no rio Jordão. João Batista também criticou as autoridades religiosas e políticas de seu tempo, incluindo o rei Herodes Antipas, que governava a Galileia e a Pereia.

Herodes Antipas era filho de Herodes, o Grande, e governou a Galileia e a Pereia de 4 a.C. até 39 d.C. Ele é conhecido por sua crueldade e por seu envolvimento em eventos bíblicos, como a morte dos inocentes e o julgamento de Jesus Cristo. Herodes Antipas se casou com Herodíades, que era a esposa de seu irmão, Filipe, e isso causou escândalo entre os judeus.

De acordo com a Bíblia, João Batista criticou publicamente o casamento de Herodes Antipas com Herodíades, o que enfureceu o casal. Herodes Antipas então mandou prender João Batista e o colocou na prisão. Ele queria matá-lo, mas temia a reação do povo, que considerava João Batista um profeta. No entanto, durante um banquete, a filha de Herodíades dançou diante de Herodes Antipas e seus convidados e agradou tanto o rei que ele prometeu dar-lhe qualquer coisa que ela pedisse. A mãe da menina a aconselhou a pedir a cabeça de João Batista. Herodes Antipas, embora relutante, cumpriu a promessa e mandou decapitar João Batista.

Decapitação de João Batista

A decapitação de João Batista é um evento descrito em vários livros do Novo Testamento, incluindo Mateus, Marcos e Lucas. De acordo com o relato de Marcos, a decapitação ocorreu da seguinte maneira:

  1. Herodes Antipas mandou seus guardas prenderem João Batista e o colocaram na prisão.
  2. Herodes Antipas queria matar João Batista, mas temia a reação do povo, que o considerava um profeta.
  3. Durante um banquete, a filha de Herodíades dançou diante de Herodes Antipas e seus convidados e agradou tanto o rei que ele prometeu dar-lhe qualquer coisa que ela pedisse.
  4. A mãe da menina aconselhou a filha a pedir a cabeça de João Batista.
  5. Herodes Antipas, embora relutante, cumpriu a promessa e mandou decapitar João Batista.

O relato de Mateus apresenta algumas diferenças, como o fato de que a filha de Herodíades não é nomeada e que ela pede a cabeça de João Batista diretamente, sem o conselho de sua mãe.

For more information, please click the button below.

Repercussão

A decapitação de João Batista teve um grande impacto na época e é considerada um evento significativo na história do cristianismo. João Batista era um profeta e um precursor de Jesus Cristo, e sua morte foi vista como uma perseguição aos seguidores de Jesus. De acordo com a tradição cristã, João Batista foi o último dos profetas do Antigo Testamento e o primeiro dos profetas do Novo Testamento.

A morte de João Batista também foi vista como uma tragédia pessoal para Jesus Cristo. João Batista era seu primo e seu amigo, e sua morte foi um lembrete do perigo que Jesus enfrentaria em sua própria missão.

Desde então, a decapitação de João Batista tem sido retratada em várias obras de arte, incluindo pinturas, esculturas e peças de teatro. Ela também é frequentemente mencionada em sermões e estudos religiosos.

Conclusão

A decapitação de João Batista é um evento histórico importante que teve um grande impacto na história do cristianismo. João Batista era um pregador e um profeta que pregava a vinda do Messias e a necessidade de arrependimento para a salvação. Ele foi preso e decapitado por ordem de Herodes Antipas, que temia a reação do povo, que o considerava um profeta. A morte de João Batista foi vista como uma perseguição aos seguidores de Jesus e como uma tragédia pessoal para Jesus Cristo.

FAQs

1. Qual foi o papel de João Batista na história do cristianismo?

João Batista era um pregador e um profeta que pregava a vinda do Messias e a necessidade de arrependimento para a salvação. Ele batizou Jesus Cristo no rio Jordão e é considerado um precursor de Jesus no cristianismo.

2. Qual foi a reação do povo à morte de João Batista?

O povo considerava João Batista um profeta e ficou chocado com sua morte. A morte de João Batista foi vista como uma perseguição aos seguidores de Jesus e como uma tragédia pessoal para Jesus Cristo.

3. Como a morte de João Batista é retratada na arte?

A morte de João Batista é retratada em várias obras de arte, incluindo pinturas, esculturas e peças de teatro. Ela também é frequentemente mencionada em sermões e estudos religiosos.

Related video of decapitação de joão batista caravaggio

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait