Como A Vacina Age No Organismo

Reza November 30, 2022
Como as vacinas agem no organismo? Entenda! Vacinas

A vacina é um medicamento que tem como objetivo estimular o sistema imunológico do corpo para produzir uma resposta de defesa contra um determinado vírus, bactéria ou outro agente patogênico. Ao receber uma vacina, o organismo é exposto a uma forma enfraquecida, morta ou fragmentada do agente infeccioso, o que permite que o sistema imunológico reconheça o invasor e crie uma memória de defesa contra ele.

Os tipos de vacinas e como elas agem

Existem vários tipos de vacinas, que podem ser divididas em três categorias principais:

Vacinas de vírus vivos atenuados

As vacinas de vírus vivos atenuados contêm o vírus enfraquecido, que ainda é capaz de se replicar no corpo, mas não causa doença grave. Ao entrar no organismo, o vírus começa a se multiplicar e estimula uma resposta imunológica, criando uma memória de defesa contra futuras infecções pelo vírus. Exemplos de vacinas de vírus vivos atenuados incluem sarampo, caxumba, rubéola e varicela.

Vacinas de vírus inativados ou mortos

As vacinas de vírus inativados ou mortos contêm uma forma inativada ou morta do vírus, que não é capaz de se replicar no organismo. Essas vacinas são seguras para pessoas com sistemas imunológicos enfraquecidos e não causam a doença que estão protegendo contra. No entanto, como o vírus não pode se replicar, a resposta imunológica é geralmente mais fraca do que com as vacinas de vírus vivos atenuados. Exemplos de vacinas de vírus inativados incluem a vacina contra a gripe e a vacina contra a hepatite A.

Vacinas de subunidades, toxoides ou fragmentos de proteínas

As vacinas de subunidades, toxoides ou fragmentos de proteínas contêm fragmentos do vírus ou bactéria, como proteínas ou açúcares específicos, em vez do organismo inteiro. Esses fragmentos são selecionados porque são capazes de estimular uma resposta imunológica forte e específica contra o invasor. Como essas vacinas não contêm o vírus ou bactéria inteira, elas são menos propensas a causar efeitos colaterais. Exemplos de vacinas de subunidades incluem as vacinas contra a hepatite B e a coqueluche.

Como o sistema imunológico responde à vacina

Quando o corpo é exposto a uma vacina, o sistema imunológico reconhece o agente invasor e começa a produzir anticorpos específicos contra ele. Os anticorpos são proteínas que se ligam ao invasor e o neutralizam, impedindo-o de causar doenças. Além disso, as células de defesa do corpo, como os linfócitos T, também são ativadas e começam a produzir uma resposta imunológica específica. Essas células também são capazes de reconhecer e destruir as células infectadas pelo vírus ou bactéria.

For more information, please click the button below.

Quando o corpo é exposto ao vírus ou bactéria real, a resposta imunológica é rápida e eficaz, porque o sistema imunológico já tem anticorpos e células de defesa específicos prontos para combater o invasor. Isso ajuda a prevenir a infecção ou a limitar a gravidade da doença.

Por que é importante se vacinar

As vacinas são uma das melhores maneiras de prevenir doenças infecciosas e proteger a saúde pública. Quando muitas pessoas são vacinadas contra uma doença, isso cria uma imunidade coletiva, o que significa que a doença não pode se espalhar tão facilmente na comunidade. Isso protege as pessoas que não podem receber a vacina, como bebês muito jovens, pessoas com sistemas imunológicos enfraquecidos e idosos.

Além disso, as vacinas podem prevenir doenças graves e complicações, como pneumonia, meningite, paralisia e morte. As vacinas também podem ajudar a prevenir epidemias e pandemias, como a pandemia de COVID-19, que já matou milhões de pessoas em todo o mundo.

FAQs

1. As vacinas são seguras?

Sim, as vacinas são seguras e eficazes na prevenção de doenças infecciosas. As vacinas passam por testes rigorosos de segurança e eficácia antes de serem aprovadas para uso em humanos. Os efeitos colaterais das vacinas são geralmente leves e temporários, como dor no local da injeção, febre baixa ou dor de cabeça. Os benefícios da vacinação superam em muito os riscos de não se vacinar.

2. Eu preciso me vacinar se já tive a doença antes?

Sim, mesmo que você já tenha tido a doença antes, é importante se vacinar para garantir que você esteja protegido contra futuras infecções. Além disso, muitas vezes a vacinação é mais segura e menos traumática do que a infecção natural.

3. As vacinas podem causar autismo?

Não, não há evidências científicas que comprovem que as vacinas causem autismo. Essa teoria foi amplamente divulgada na mídia, mas foi desmentida por vários estudos científicos. O autismo é uma condição complexa que ainda não é totalmente compreendida, mas não está relacionada à vacinação.

Conclusão

As vacinas são uma das maiores conquistas da medicina moderna e salvam milhões de vidas a cada ano. As vacinas funcionam estimulando o sistema imunológico a produzir uma resposta de defesa contra um determinado vírus, bactéria ou outro agente patogênico. Existem vários tipos de vacinas, que podem ser divididas em três categorias principais: vírus vivos atenuados, vírus inativados ou mortos e subunidades, toxoides ou fragmentos de proteínas. Quando o corpo é exposto ao vírus ou bactéria real, a resposta imunológica é rápida e eficaz, porque o sistema imunológico já tem anticorpos e células de defesa específicos prontos para combater o invasor. As vacinas são seguras e eficazes na prevenção de doenças infecciosas e são uma das melhores maneiras de proteger a saúde pública e prevenir epidemias e pandemias.

Related video of como a vacina age no organismo

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait