Cantigas De Amor No Trovadorismo: Exemplos E Significado

Reza June 5, 2021
42+ Cantigas De Amor Trovadorismo Background Monia

O que é Trovadorismo?

O Trovadorismo foi o primeiro movimento literário da Península Ibérica, que surgiu no século XII e se estendeu até o início do século XIV. Foi um período de intensa produção poética, principalmente em Portugal e na Galiza, com a criação das Cantigas de Amor, Cantigas de Amigo e Cantigas de Escárnio e Maldizer.

O que são Cantigas de Amor?

As Cantigas de Amor são um dos gêneros poéticos mais importantes do Trovadorismo. São poemas líricos que expressam a dor e a angústia do trovador diante do amor não correspondido. São compostas em primeira pessoa, em que o trovador se dirige à sua amada, exaltando suas qualidades e pedindo sua atenção e amor.

Exemplos de Cantigas de Amor no Trovadorismo

A seguir, apresentamos alguns exemplos de Cantigas de Amor escritas por trovadores medievais:

“Ai flores, ai flores do verde pino” – Bernardim Ribeiro

Esta cantiga é um exemplo clássico das Cantigas de Amor. Nela, o trovador lamenta a ausência da sua amada e expressa seu amor por ela:

Ai flores, ai flores do verde pino,
se sabedes novas do meu amigo!
ai Deus, e u é?

Ai flores, ai flores do verde ramo,
se sabedes novas do meu amado!
ai Deus, e u é?

“Muito me tarda, meu amigo” – D. Dinis

Nesta cantiga, o rei D. Dinis expressa seu amor por uma dama que ele deseja conquistar. Ele se lamenta pela demora em receber uma resposta da amada:

Muito me tarda, meu amigo,
de vós tornar a levar
tal coita, que nom posso achar
quem m’a possa tirar

“Vós que, por toda a parte” – João Soares de Paiva

Nesta cantiga, o trovador expressa sua devoção e amor pela sua amada. Ele compara o amor que sente com a luz do sol e pede sua atenção:

For more information, please click the button below.

Vós que, por toda a parte,
fazeis florescer as rosas,
e a luz do sol mostrais,
mostrai-me também a luz dos olhos vossos

Significado das Cantigas de Amor no Trovadorismo

As Cantigas de Amor são um importante registro do amor cortês, um ideal de amor que se desenvolveu na Idade Média. Este amor idealizado era um amor platônico, baseado na admiração e respeito pela amada, e não necessariamente na sua posse. O trovador, em sua condição inferior, se submetia à amada e a exaltava em seus poemas. Este ideal de amor cortês influenciou a literatura e a cultura europeia por séculos.

Conclusão

As Cantigas de Amor são um importante gênero poético do Trovadorismo, que expressam a dor e a angústia do trovador diante do amor não correspondido. Estes poemas são um registro do amor cortês, um ideal de amor que influenciou a literatura e a cultura europeia por séculos.

FAQs

1. Qual a diferença entre Cantigas de Amor e Cantigas de Amigo?

As Cantigas de Amigo são poemas líricos que expressam o amor e a amizade entre uma mulher e sua amiga. Já as Cantigas de Amor expressam o amor não correspondido do trovador pela sua amada.

2. Quem eram os trovadores medievais?

Os trovadores medievais eram poetas e músicos que compunham poemas líricos na Idade Média. Eles eram geralmente membros da nobreza ou da classe mercantil e se destacavam pela sua habilidade em compor e cantar.

3. Qual a importância das Cantigas de Amor no contexto cultural do Trovadorismo?

As Cantigas de Amor são um importante registro do amor cortês, um ideal de amor que se desenvolveu na Idade Média. Este ideal de amor influenciou a literatura e a cultura europeia por séculos, e as Cantigas de Amor são um dos principais exemplos deste ideal na literatura portuguesa e galega.

Related video of cantigas de amor trovadorismo exemplos

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait