Bolo Na Garganta Pode Ser Tireoide?

Reza November 10, 2022
Sensação de bolo na garganta 9 explicações e soluções para o problema

Quando se fala em bolo na garganta, muitas pessoas podem pensar que se trata de algum problema na região da faringe ou da laringe. No entanto, é possível que esse sintoma esteja relacionado à tireoide, uma glândula localizada na região anterior do pescoço, que produz hormônios importantes para o funcionamento do organismo.

Tireoide

A tireoide é uma glândula endócrina que tem como principal função produzir os hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina), que regulam o metabolismo do corpo. Além disso, a tireoide também produz o hormônio calcitonina, que ajuda a regular os níveis de cálcio no sangue.

A tireoide é uma glândula em forma de borboleta, localizada na base do pescoço, abaixo do pomo de Adão. Ela é formada por dois lobos, um em cada lado da traqueia, e está ligada ao hipotálamo e à hipófise, que ajudam a regular a sua atividade.

Bolo na garganta

O bolo na garganta é uma sensação de incômodo, pressão ou aperto na região do pescoço, que pode ser descrito como se houvesse um objeto estranho na garganta, como um nó ou uma bola. Esse sintoma pode estar associado a diversos problemas de saúde, como:

  • Estresse e ansiedade;
  • Refluxo gastroesofágico;
  • Doenças da faringe e da laringe;
  • Distúrbios da tireoide.

Distúrbios da tireoide

Os distúrbios da tireoide são condições em que a glândula tireoide não funciona corretamente, produzindo hormônios em excesso (hipertireoidismo) ou em quantidade insuficiente (hipotireoidismo). Esses distúrbios podem causar diversos sintomas, como:

  • Fadiga;
  • Perda ou ganho de peso;
  • Intolerância ao frio ou ao calor;
  • Alterações no humor;
  • Irregularidades menstruais;
  • Bolo na garganta.

Hipotireoidismo

O hipotireoidismo é um distúrbio em que a tireoide produz hormônios em quantidade insuficiente, o que pode desacelerar o metabolismo do corpo. Essa condição é mais comum em mulheres e pode ser causada por diversos fatores, como:

For more information, please click the button below.
  • Deficiência de iodo;
  • Doenças autoimunes, como a tireoidite de Hashimoto;
  • Lesões ou cirurgias na tireoide;
  • Radioterapia na região do pescoço.

Os sintomas do hipotireoidismo podem se manifestar de forma gradual e incluem:

  • Fadiga e fraqueza muscular;
  • Intolerância ao frio;
  • Ganho de peso;
  • Pele seca e cabelos quebradiços;
  • Depressão e ansiedade;
  • Problemas de memória e concentração;
  • Bolo na garganta.

Hipertireoidismo

O hipertireoidismo é um distúrbio em que a tireoide produz hormônios em excesso, o que pode acelerar o metabolismo do corpo. Essa condição é mais comum em mulheres e pode ser causada por diversos fatores, como:

  • Doença de Graves;
  • Nódulos na tireoide;
  • Tumores da tireoide;
  • Ingestão excessiva de iodo;
  • Medicamentos que contenham hormônios tireoidianos.

Os sintomas do hipertireoidismo podem se manifestar de forma gradual ou repentina e incluem:

  • Nervosismo e irritabilidade;
  • Perda de peso;
  • Intolerância ao calor;
  • Palpitações e taquicardia;
  • Tremores e fraqueza muscular;
  • Alterações menstruais;
  • Bolo na garganta.

Diagnóstico

O diagnóstico dos distúrbios da tireoide é feito com base na avaliação clínica do paciente e em exames laboratoriais, como:

  • Dosagem de hormônios tireoidianos no sangue;
  • Ultrassonografia da tireoide;
  • Cintilografia da tireoide;
  • Biópsia da tireoide.

É importante que o diagnóstico seja feito por um médico especialista em tireoide, como o endocrinologista, para que o tratamento seja adequado e eficaz.

Tratamento

O tratamento dos distúrbios da tireoide depende da causa e da gravidade da condição. Em geral, o hipotireoidismo é tratado com reposição hormonal, por meio do uso de medicamentos que contêm hormônios tireoidianos sintéticos, como a levotiroxina sódica. Já o hipertireoidismo pode ser tratado com medicamentos que reduzem a produção de hormônios tireoidianos, como o metimazol, ou com terapia com iodo radioativo, que destrói as células da tireoide que produzem hormônios em excesso.

Prevenção

Alguns cuidados podem ajudar a prevenir os distúrbios da tireoide, como:

  • Manter uma alimentação saudável e equilibrada, rica em nutrientes como iodo, selênio e zinco;
  • Evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e cigarro;
  • Realizar exames de rotina para avaliar a função da tireoide, principalmente a partir dos 35 anos de idade;
  • Procurar um médico especialista em tireoide em caso de sintomas como bolo na garganta, fadiga, alterações no peso ou no humor.

Conclusão

O bolo na garganta pode ser um sintoma de distúrbios da tireoide, como o hipotireoidismo e o hipertireoidismo. Essas condições afetam a produção de hormônios pela glândula tireoide e podem causar diversos sintomas, como fadiga, alterações no peso, intolerância ao frio ou ao calor, alterações no humor e bolo na garganta. O diagnóstico é feito com base na avaliação clínica do paciente e em exames laboratoriais, como dosagem de hormônios tireoidianos no sangue e ultrassonografia da tireoide. O tratamento depende da causa e da gravidade da condição e pode incluir o uso de medicamentos ou terapia com iodo radioativo. É importante que o diagnóstico e o tratamento sejam feitos por um médico especialista em tireoide, como o endocrinologista.

FAQs

1. Qual é a principal função da tireoide?

A principal função da tireoide é produzir os hormônios T3 e T4, que regulam o metabolismo do corpo.

2. Quais são os sintomas do hipertireoidismo?

Os sintomas do hipertireoidismo incluem nervosismo e irritabilidade, perda de peso, intolerância ao calor, palpitações e taquicardia, tremores e fraqueza muscular, alterações menstruais e bolo na garganta.

3. Como prevenir os distúrbios da tireoide?

Alguns cuidados que podem ajud

Related video of bolo na garganta pode ser tireoide

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait