Alemanha E Itália Foram Países Retardatários Na Expansão Pleiteando A

Reza February 24, 2022
Disciplina de História A ocupação da Alemanha em 1945

A Alemanha e a Itália foram países retardatários na expansão imperialista do final do século XIX e início do século XX. Enquanto outras nações europeias, como França, Reino Unido e Portugal, já haviam conquistado vastos territórios em outros continentes, Alemanha e Itália ainda buscavam expandir suas influências e poder em outros lugares.

Alemanha

A Alemanha, unificada em 1871, era um país relativamente novo e não tinha uma tradição imperialista tão forte quanto outras nações europeias. Além disso, sua posição geográfica no centro da Europa dificultava sua expansão para fora do continente. Porém, a Alemanha tinha ambições de se tornar uma grande potência mundial e para isso precisava de mercados consumidores para seus produtos industriais e de matérias-primas para sua indústria.

Assim, a Alemanha começou a buscar territórios na África, já que a maioria dos países africanos ainda não havia sido colonizada. Em 1884, a Conferência de Berlim foi realizada para dividir a África entre as potências europeias e a Alemanha conseguiu estabelecer suas colônias no sudoeste africano, atual Namíbia, e na África Oriental, atual Tanzânia, Ruanda e Burundi.

No entanto, a expansão alemã na África foi problemática. Os colonos alemães tratavam os africanos com violência e muitas vezes usavam trabalho forçado para extrair matérias-primas. Além disso, a Alemanha enfrentou resistência de outras potências europeias, como a França, que já possuía territórios próximos aos que a Alemanha queria conquistar. A expansão alemã na África acabou sendo limitada e não foi tão bem-sucedida quanto a de outras nações europeias.

Itália

A Itália também era um país relativamente novo, unificado em 1861, e enfrentava problemas internos, como a pobreza e o analfabetismo. Além disso, a Itália não tinha uma tradição colonial forte e seus líderes políticos estavam mais preocupados em consolidar a unificação do país do que em buscar expansão imperialista.

No entanto, a Itália também precisava de mercados consumidores e matérias-primas para sua indústria em crescimento. Assim, em 1882, a Itália se juntou à Tríplice Aliança com Alemanha e Áustria-Hungria, que visava proteger os interesses desses países na Europa e no mundo.

For more information, please click the button below.

A Itália começou a buscar territórios na África, principalmente na região da Somália, atual Somália e Etiópia, e na Líbia. A expansão italiana na África também foi problemática, com os colonos italianos tratando os africanos com violência e muitas vezes usando trabalho forçado. Além disso, a Itália enfrentou resistência dos africanos e de outras potências europeias, como a França e o Reino Unido.

Conclusão

Em resumo, a Alemanha e a Itália foram países retardatários na expansão imperialista do final do século XIX e início do século XX. Ambos buscavam expandir sua influência e poder no mundo, mas enfrentavam dificuldades internas e externas. A Alemanha encontrou problemas na expansão na África, enquanto a Itália teve dificuldades em consolidar suas colônias na Somália e na Líbia.

FAQs

1. Por que a Alemanha e a Itália foram países retardatários na expansão colonial?

A Alemanha e a Itália eram países relativamente novos, unificados no século XIX, e não tinham uma tradição colonial forte como outras nações europeias. Além disso, a posição geográfica da Alemanha no centro da Europa dificultava sua expansão para fora do continente. A Itália também enfrentava problemas internos, como a pobreza e o analfabetismo, e seus líderes políticos estavam mais preocupados em consolidar a unificação do país do que em buscar expansão imperialista.

2. Qual foi o objetivo da expansão colonial da Alemanha e da Itália?

A Alemanha e a Itália buscavam expandir sua influência e poder no mundo, bem como obter mercados consumidores para seus produtos industriais e matérias-primas para suas indústrias em crescimento.

3. Por que a expansão colonial da Alemanha e da Itália foi problemática?

A expansão colonial da Alemanha e da Itália foi problemática porque os colonos tratavam os africanos com violência e muitas vezes usavam trabalho forçado para extrair matérias-primas. Além disso, a Alemanha e a Itália enfrentaram resistência dos africanos e de outras potências europeias, como a França e o Reino Unido.

Related video of alemanha e itália foram países retardatários na expansão pleiteando a

https://www.youtube.com/embed/

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait