A Surdez Pode Ser Congênita Ou Adquirida

Reza April 30, 2022
Campanha de Combate a Surdez será realizada nas escolas municipais e

A surdez é uma condição que afeta a capacidade de uma pessoa ouvir e compreender sons. Essa condição pode ser congênita, ou seja, presente desde o nascimento, ou adquirida ao longo da vida.

Surdez congênita

A surdez congênita é aquela que está presente no momento do nascimento do bebê. Existem diversos fatores que podem levar a essa condição, tais como:

  • Hereditariedade;
  • Complicações durante a gestação, como infecções, uso de medicamentos ototóxicos, exposição a radiação e outras;
  • Complicações no parto, como asfixia ou falta de oxigênio;
  • Outros fatores que afetam o desenvolvimento do ouvido interno.

Em alguns casos, a surdez congênita pode ser diagnosticada ainda na maternidade, através do teste da orelhinha, que é obrigatório em todo o Brasil desde 2010. Esse teste é rápido e indolor, e consiste na aplicação de um estímulo sonoro no ouvido do bebê, com a finalidade de identificar possíveis alterações na audição.

Se a surdez congênita não for detectada logo no início, pode ser diagnosticada posteriormente através de exames específicos, como a audiometria e o exame de emissões otoacústicas.

Surdez adquirida

A surdez adquirida é aquela que surge ao longo da vida, em decorrência de diversos fatores. As causas mais comuns de surdez adquirida são:

  • Exposição prolongada a ruídos intensos, como em ambientes de trabalho barulhentos ou por uso excessivo de fones de ouvido com som alto;
  • Infecções no ouvido, como otite média, meningite e caxumba;
  • Lesões na cabeça ou no ouvido;
  • Uso de medicamentos ototóxicos;
  • Processo natural de envelhecimento.

A surdez adquirida pode ser parcial ou total, e pode afetar uma ou ambas as orelhas. É importante destacar que essa condição pode afetar pessoas de todas as idades, e não apenas idosos.

For more information, please click the button below.

Tratamento da surdez

O tratamento da surdez depende da causa e da gravidade da condição. Em alguns casos, é possível reverter a surdez através de tratamentos específicos, como cirurgias ou o uso de aparelhos auditivos. Em outros casos, o tratamento é mais complexo e pode envolver a reabilitação auditiva e a terapia fonoaudiológica.

Para pessoas com surdez congênita, é fundamental que o diagnóstico seja feito o mais cedo possível, para que a intervenção seja realizada ainda na primeira infância. Isso pode fazer uma grande diferença no desenvolvimento da fala e da linguagem das crianças com surdez.

Para pessoas com surdez adquirida, o tratamento pode ser mais desafiador, especialmente se a condição for irreversível. Nesses casos, o uso de aparelhos auditivos pode ser uma opção para melhorar a qualidade de vida e a comunicação.

Prevenção da surdez

A prevenção da surdez é muito importante, especialmente no caso da surdez adquirida, que pode ser causada por exposição prolongada a ruídos intensos. Algumas medidas que podem ajudar a prevenir a surdez incluem:

  • Usar protetores auriculares em ambientes barulhentos;
  • Evitar o uso excessivo de fones de ouvido com som alto;
  • Manter uma distância segura de fontes de ruído intenso, como caixas de som e motores;
  • Evitar o uso de medicamentos ototóxicos sem orientação médica.

Conclusão

A surdez é uma condição que pode ser congênita ou adquirida ao longo da vida, e pode afetar pessoas de todas as idades. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são fundamentais para minimizar os impactos da surdez na vida das pessoas, especialmente no que diz respeito à comunicação e ao desenvolvimento da fala e da linguagem.

FAQs

1. A surdez congênita pode ser prevenida?

Nem sempre é possível prevenir a surdez congênita, pois ela pode estar relacionada a fatores genéticos ou a complicações durante a gestação ou o parto. Porém, algumas medidas podem ajudar a minimizar os riscos, como evitar o consumo de álcool e drogas durante a gestação, realizar um pré-natal adequado e controlar doenças como diabetes e hipertensão.

2. Qual é o tratamento para a surdez irreversível?

O tratamento para a surdez irreversível depende da causa e da gravidade da condição. Em alguns casos, o uso de aparelhos auditivos pode ser uma opção para melhorar a qualidade de vida e a comunicação. Em outros casos, a reabilitação auditiva e a terapia fonoaudiológica podem ser indicadas para ajudar a pessoa a se adaptar à condição e a desenvolver estratégias de comunicação mais efetivas.

3. Como identificar a surdez em bebês?

A surdez em bebês pode ser identificada através do teste da orelhinha, que é obrigatório em todo o Brasil desde 2010. Esse teste é rápido e indolor, e consiste na aplicação de um estímulo sonoro no ouvido do bebê, com a finalidade de identificar possíveis alterações na audição. Se o teste indicar alguma alteração, é importante procurar um médico otorrinolaringologista para avaliação e tratamento.

Related video of a surdez pode ser congênita ou adquirida

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait