A Revolta De Tupac Amaru

Reza December 12, 2021
Túpac Amaru Senior Prefect in the Liberation Pantheon National Record

A Revolta de Tupac Amaru foi uma das maiores rebeliões indígenas ocorridas na América do Sul. A revolta foi liderada por um homem chamado José Gabriel Condorcanqui, que adotou o nome Tupac Amaru II em homenagem a seu avô, um líder indígena que lutou contra os conquistadores espanhóis no século XVI.

Contexto Histórico

A revolta ocorreu em 1780, na região de Cusco, no Peru. Na época, o Peru era uma colônia espanhola e os indígenas eram frequentemente submetidos a trabalho forçado e outras formas de opressão. O governo espanhol também havia imposto altos impostos sobre os indígenas e havia criado um sistema de castas que favorecia os espanhóis e os criollos (descendentes de espanhóis nascidos na América).

Tupac Amaru II era um líder indígena e proprietário de terras que estava insatisfeito com a opressão dos indígenas e a desigualdade social. Ele havia estudado em Lima e tinha contato com as ideias iluministas que estavam se espalhando pela Europa na época. Ele usou essas ideias para formular um programa político que incluía a abolição do trabalho forçado, a redução dos impostos e a igualdade social.

A Revolta

Tupac Amaru II começou a organizar a revolta em 1780, reunindo um exército de indígenas e mestiços. Ele conseguiu tomar várias cidades e vilas na região de Cusco, incluindo Tinta, Sicuani e Sangarará. Sua esposa, Micaela Bastidas, também desempenhou um papel importante na revolta, organizando as mulheres para fornecer apoio logístico e médico para os rebeldes.

A revolta de Tupac Amaru II foi particularmente violenta. Os rebeldes mataram muitos espanhóis e criollos, incluindo mulheres e crianças. Eles também saquearam igrejas e propriedades da igreja, que eram vistas como símbolos do poder espanhol. Em um caso particularmente brutal, os rebeldes mataram o corregedor de Cusco, Antonio de Arriaga, e seus familiares, em uma cerimônia pública.

A revolta de Tupac Amaru II durou vários anos, mas foi finalmente reprimida pelas forças espanholas. Tupac Amaru II foi capturado em 1781 e executado publicamente em Cusco, junto com sua esposa e vários de seus seguidores. Sua execução foi particularmente brutal, pois ele foi esquartejado vivo após ter a língua cortada, como forma de mostrar a severidade do castigo para aqueles que se opunham ao governo espanhol.

For more information, please click the button below.

Legado

A revolta de Tupac Amaru II teve um grande impacto na história do Peru e da América Latina. Ela foi uma das primeiras rebeliões indígenas que desafiou o domínio espanhol e questionou a ordem social estabelecida. Tupac Amaru II se tornou um símbolo da luta pela liberdade e a igualdade social, e sua execução se tornou um símbolo da crueldade do governo espanhol.

A revolta também teve um impacto duradouro na cultura peruana. Muitas canções, poemas e histórias foram escritas sobre Tupac Amaru II e sua luta contra a opressão. Sua imagem também foi usada como símbolo de resistência durante os movimentos de independência na América Latina no século XIX.

Conclusão

A revolta de Tupac Amaru II foi um evento importante na história do Peru e da América Latina. Ela mostrou que os indígenas e mestiços eram capazes de se revoltar contra o domínio espanhol e questionar a ordem social estabelecida. Embora a revolta tenha sido reprimida com muita violência, ela inspirou muitas pessoas a lutar pela liberdade e a igualdade social. O legado de Tupac Amaru II continua vivo na cultura peruana e na luta pela justiça social na América Latina.

FAQs

1. Quem era Tupac Amaru II?

Tupac Amaru II era um líder indígena e proprietário de terras que liderou uma grande revolta contra o domínio espanhol no Peru em 1780.

2. Qual foi o programa político de Tupac Amaru II?

Tupac Amaru II defendia a abolição do trabalho forçado, a redução dos impostos e a igualdade social entre os indígenas e os criollos.

3. Qual foi o legado da revolta de Tupac Amaru II?

A revolta de Tupac Amaru II teve um grande impacto na história do Peru e da América Latina. Ela foi uma das primeiras rebeliões indígenas que desafiou o domínio espanhol e questionou a ordem social estabelecida. Tupac Amaru II se tornou um símbolo da luta pela liberdade e a igualdade social, e sua execução se tornou um símbolo da crueldade do governo espanhol.

Related video of a revolta de tupac amaru

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait