A Litíase Renal Constitui-Se Como Uma Afecção

Reza March 29, 2022
Litiasis renal Clínica Pueyrredon

A litíase renal, popularmente conhecida como pedra nos rins, é uma afecção que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Trata-se da formação de cálculos (pedras) nos rins ou nas vias urinárias, que podem causar dor intensa e outras complicações. Neste artigo, vamos explicar em detalhes o que é a litíase renal, suas causas, sintomas, tratamentos e medidas preventivas.

O que é a Litíase Renal?

A litíase renal é uma condição médica caracterizada pela formação de cálculos (pedras) nos rins ou nas vias urinárias. Esses cálculos são compostos por sais minerais e outras substâncias presentes na urina, como cálcio, oxalato, ácido úrico e cistina. Eles podem variar de tamanho e número, desde pequenos grãos até pedras grandes, e podem se alojar em diferentes partes do trato urinário, como rins, ureteres, bexiga e uretra.

Causas da Litíase Renal

A formação de cálculos renais pode ser causada por diversos fatores, incluindo:

  • Dieta rica em proteínas e sódio;
  • Baixa ingestão de líquidos;
  • Obesidade;
  • Histórico familiar de litíase renal;
  • Infecções urinárias;
  • Alguns tipos de medicamentos;
  • Distúrbios metabólicos, como hiperparatireoidismo, hipertireoidismo e gota;
  • Anatomia anormal das vias urinárias;
  • Desidratação;
  • Imobilidade prolongada.

Sintomas da Litíase Renal

A maioria das pessoas com litíase renal não apresenta sintomas até que as pedras se movam dentro do trato urinário e causem obstrução ou inflamação. Os sintomas mais comuns incluem:

  • Dor intensa na região lombar, que pode se estender para a barriga e virilha;
  • Náuseas e vômitos;
  • Dificuldade para urinar ou micção frequente;
  • Sangue na urina;
  • Febre e calafrios (em casos de infecção urinária associada);
  • Sensação de queimação ao urinar.

Tratamentos para a Litíase Renal

O tratamento da litíase renal depende do tamanho e localização das pedras, bem como da gravidade dos sintomas. As opções de tratamento incluem:

  • Ingestão de líquidos em grande quantidade para facilitar a expulsão das pedras;
  • Medicamentos para aliviar a dor e reduzir a inflamação;
  • Terapia extracorpórea por ondas de choque (TEOC), que utiliza ondas sonoras para quebrar as pedras em pedaços menores;
  • Cirurgia minimamente invasiva, como a ureteroscopia ou a nefrolitotripsia percutânea, para remover as pedras;
  • Cirurgia aberta (em casos raros e graves).

Medidas Preventivas para a Litíase Renal

Algumas medidas podem ajudar a prevenir a formação de cálculos renais, como:

For more information, please click the button below.
  • Ingestão de líquidos em grande quantidade, especialmente água;
  • Redução do consumo de proteínas e sódio na dieta;
  • Aumento do consumo de alimentos ricos em cálcio, como leite e derivados;
  • Redução do consumo de alimentos ricos em oxalato, como espinafre, beterraba, chocolate e chá preto;
  • Manutenção de um peso saudável;
  • Prática regular de atividade física;
  • Tratamento de infecções urinárias e distúrbios metabólicos;
  • Evitar o uso excessivo de medicamentos sem prescrição médica.

Conclusão

A litíase renal é uma afecção comum que pode causar dor intensa e outras complicações. A prevenção é fundamental para evitar a formação de cálculos renais, e o tratamento deve ser individualizado de acordo com as características de cada paciente. É importante consultar um médico em caso de sintomas ou histórico familiar de litíase renal.

FAQs

1. A litíase renal pode afetar pessoas de todas as idades?

Sim, a litíase renal pode afetar pessoas de todas as idades, desde crianças até idosos.

2. Todos os tipos de cálculos renais precisam de cirurgia?

Não, alguns cálculos podem ser expelidos naturalmente com a ingestão de líquidos em grande quantidade e uso de medicamentos. A cirurgia é indicada apenas em casos mais graves ou quando outras medidas não são eficazes.

3. Quais são os principais fatores de risco para a litíase renal?

Os principais fatores de risco para a litíase renal são dieta rica em proteínas e sódio, baixa ingestão de líquidos, obesidade, histórico familiar de litíase renal, infecções urinárias, alguns tipos de medicamentos, distúrbios metabólicos, anatomia anormal das vias urinárias, desidratação e imobilidade prolongada.

Related video of a litiase renal constitui-se como uma afecção

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait