A Língua De Eulália: Resumo Por Capítulo

Reza July 16, 2021
Resumo A língua de eulália resumos livros Docsity

A obra “A Língua de Eulália” é um livro escrito pela jornalista e linguista brasileira, Marcos Bagno. O livro tem como objetivo principal desmistificar o preconceito linguístico e mostrar que todas as variedades linguísticas têm o mesmo valor. O livro é dividido em 10 capítulos, cada um abordando um aspecto específico do preconceito linguístico. A seguir, um resumo por capítulo:

Capítulo 1 – O Preconceito Linguístico

No primeiro capítulo, o autor apresenta o conceito de preconceito linguístico e como ele é manifestado na sociedade. Ele explica que o preconceito linguístico é a discriminação que ocorre em relação às variedades linguísticas consideradas “erradas” ou “inferiores” em relação a uma norma padrão imposta pela sociedade.

Capítulo 2 – A Norma Padrão

No segundo capítulo, o autor apresenta o conceito de norma padrão e sua relação com o preconceito linguístico. Ele explica que a norma padrão é uma variedade linguística que é considerada a “certa” ou a “melhor” e que é imposta pela sociedade através da educação formal e dos meios de comunicação de massa.

Capítulo 3 – A Variedade Linguística

No terceiro capítulo, o autor apresenta o conceito de variedade linguística e sua relação com o preconceito linguístico. Ele explica que todas as línguas têm uma grande variedade de formas de falar que são influenciadas pela região, pela classe social, pela idade, entre outros fatores. No entanto, algumas dessas variedades são consideradas inferiores e discriminadas pela sociedade.

Capítulo 4 – A Língua Portuguesa

No quarto capítulo, o autor apresenta a história da língua portuguesa e como ela se desenvolveu no Brasil. Ele explica que a língua portuguesa é uma língua viva e que está em constante evolução, sendo influenciada por outras línguas e pelas variedades linguísticas regionais.

Capítulo 5 – O Português Brasileiro

No quinto capítulo, o autor apresenta as características do português brasileiro e como ele difere do português falado em Portugal. Ele explica que o português brasileiro é uma variedade linguística diferente, com características próprias, e que é tão válido quanto o português falado em Portugal.

For more information, please click the button below.

Capítulo 6 – A Gramática Tradicional

No sexto capítulo, o autor apresenta a gramática tradicional e como ela é usada para impor a norma padrão e discriminar outras variedades linguísticas. Ele explica que a gramática tradicional é baseada em regras arbitrárias e que não levam em consideração as variedades linguísticas regionais.

Capítulo 7 – O Ensino de Português

No sétimo capítulo, o autor apresenta como o ensino de português é baseado na gramática tradicional e como isso contribui para o preconceito linguístico. Ele explica que o ensino de português deve levar em consideração as variedades linguísticas regionais e ensinar que todas as variedades são igualmente válidas.

Capítulo 8 – A Mídia e o Preconceito Linguístico

No oitavo capítulo, o autor apresenta como a mídia contribui para o preconceito linguístico ao impor a norma padrão e discriminar outras variedades linguísticas. Ele explica que a mídia deve levar em consideração as variedades linguísticas regionais e mostrar que todas as variedades são igualmente válidas.

Capítulo 9 – A Língua e a Identidade

No nono capítulo, o autor apresenta como a língua está ligada à identidade e como o preconceito linguístico pode afetar a autoestima das pessoas. Ele explica que todas as variedades linguísticas têm o mesmo valor e que cada pessoa deve ter o direito de falar da maneira que se sente mais confortável.

Capítulo 10 – A Luta Contra o Preconceito Linguístico

No décimo e último capítulo, o autor apresenta algumas maneiras de lutar contra o preconceito linguístico. Ele explica que é importante valorizar todas as variedades linguísticas e que isso deve ser feito através da educação, da mídia e da sociedade em geral.

O livro “A Língua de Eulália” é uma obra importante para combater o preconceito linguístico e valorizar todas as variedades linguísticas. O autor apresenta de maneira clara e objetiva como o preconceito linguístico é manifestado na sociedade e como isso afeta as pessoas. Além disso, o autor apresenta maneiras de lutar contra o preconceito linguístico e valorizar todas as variedades linguísticas.

1. Qual é a mensagem principal do livro “A Língua de Eulália”?

A mensagem principal do livro é combater o preconceito linguístico e valorizar todas as variedades linguísticas. O autor apresenta de maneira clara e objetiva como o preconceito linguístico é manifestado na sociedade e como isso afeta as pessoas. Além disso, o autor apresenta maneiras de lutar contra o preconceito linguístico e valorizar todas as variedades linguísticas.

2. Qual é a importância de combater o preconceito linguístico?

Combater o preconceito linguístico é importante porque todas as variedades linguísticas têm o mesmo valor e devem ser respeitadas. O preconceito linguístico afeta a autoestima das pessoas e pode levar a exclusão social. Além disso, o preconceito linguístico impede o desenvolvimento de uma sociedade mais inclusiva e democrática.

3. Como podemos lutar contra o preconceito linguístico?

Podemos lutar contra o preconceito linguístico de várias maneiras, como valorizando todas as variedades linguísticas, promovendo a educação linguística inclusiva, valorizando a diversidade linguística na mídia e na literatura, entre outras. É importante que a sociedade como um todo se envolva nessa luta contra o preconceito linguístico.

Related video of a língua de eulália resumo por capítulo

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait