A Demanda Em Seu Sentido Microeconômico Neoclássico Representa

Reza November 23, 2022
PPT Teoria da Demanda e Oferta Parte I PowerPoint Presentation, free

A demanda é um conceito fundamental na economia, pois representa a quantidade de bens ou serviços que os consumidores estão dispostos a comprar a um determinado preço e em um determinado momento. No sentido microeconômico neoclássico, a demanda é vista como uma função que relaciona a quantidade demandada de um bem ou serviço ao seu preço, ao preço de outros bens relacionados, à renda dos consumidores e às preferências dos mesmos.

Os elementos da demanda

No sentido microeconômico neoclássico, a demanda é composta pelos seguintes elementos:

  • Preço do bem: representa o preço pelo qual o bem ou serviço é vendido;
  • Preço de outros bens relacionados: representa o preço de bens substitutos ou complementares ao bem em questão;
  • Renda dos consumidores: representa a renda disponível dos consumidores para gastar em bens e serviços;
  • Preferências dos consumidores: representam as escolhas dos consumidores em relação aos bens e serviços disponíveis no mercado.

A curva de demanda

A curva de demanda representa graficamente a relação inversa entre o preço de um bem e a quantidade demandada do mesmo. No sentido microeconômico neoclássico, a curva de demanda é inclinada negativamente, o que significa que, à medida que o preço de um bem aumenta, a quantidade demandada desse bem diminui.

Essa relação inversa entre o preço e a quantidade demandada pode ser explicada pela lei da utilidade marginal decrescente, que afirma que, à medida que o consumo de um bem aumenta, a utilidade marginal desse bem diminui, ou seja, cada unidade adicional do bem gera menos satisfação do que a unidade anterior.

Além disso, a curva de demanda pode ser afetada por mudanças nos outros elementos da demanda, como o preço de outros bens relacionados, a renda dos consumidores e as preferências dos mesmos. Por exemplo, se o preço de um bem substituto aumenta, a curva de demanda desse bem pode se deslocar para a direita, pois os consumidores passam a preferir o bem em questão.

A elasticidade da demanda

A elasticidade da demanda representa a sensibilidade da quantidade demandada de um bem em relação às mudanças em seu preço. No sentido microeconômico neoclássico, a elasticidade da demanda pode ser classificada em três tipos:

For more information, please click the button below.
  • Elasticidade da demanda unitária: ocorre quando a variação percentual na quantidade demandada é igual à variação percentual no preço;
  • Elasticidade da demanda inelástica: ocorre quando a variação percentual na quantidade demandada é menor do que a variação percentual no preço;
  • Elasticidade da demanda elástica: ocorre quando a variação percentual na quantidade demandada é maior do que a variação percentual no preço.

A elasticidade da demanda pode ser afetada por diversos fatores, como a disponibilidade de bens substitutos, o tempo disponível para ajustes na demanda e a importância do bem na cesta de consumo dos consumidores.

Conclusão

A demanda em seu sentido microeconômico neoclássico representa a quantidade de bens ou serviços que os consumidores estão dispostos a comprar a um determinado preço e em um determinado momento. A demanda é influenciada pelo preço do bem, pelo preço de outros bens relacionados, pela renda dos consumidores e pelas preferências dos mesmos. A curva de demanda é inclinada negativamente, o que significa que, à medida que o preço de um bem aumenta, a quantidade demandada desse bem diminui. A elasticidade da demanda representa a sensibilidade da quantidade demandada de um bem em relação às mudanças em seu preço e pode ser classificada em três tipos: unitária, inelástica e elástica.

FAQs

1. Qual é a diferença entre demanda e quantidade demandada?

A demanda representa a quantidade de bens ou serviços que os consumidores estão dispostos a comprar a um determinado preço e em um determinado momento, levando em consideração os outros elementos da demanda, como o preço de outros bens relacionados, a renda dos consumidores e as preferências dos mesmos. Já a quantidade demandada representa a quantidade específica de um bem ou serviço que os consumidores estão dispostos a comprar a um determinado preço e em um determinado momento.

2. Como a elasticidade da demanda pode afetar a receita das empresas?

A elasticidade da demanda pode afetar a receita das empresas de diversas formas. Se a demanda for elástica, ou seja, a quantidade demandada for muito sensível às mudanças de preço, um aumento no preço do bem pode levar a uma diminuição significativa na quantidade demandada, o que pode reduzir a receita total da empresa. Por outro lado, se a demanda for inelástica, ou seja, a quantidade demandada for pouco sensível às mudanças de preço, um aumento no preço do bem pode levar a um aumento na receita total da empresa, já que a diminuição na quantidade demandada não é tão significativa.

3. Por que a curva de demanda é inclinada negativamente?

A curva de demanda é inclinada negativamente devido à lei da utilidade marginal decrescente, que afirma que, à medida que o consumo de um bem aumenta, a utilidade marginal desse bem diminui, ou seja, cada unidade adicional do bem gera menos satisfação do que a unidade anterior. Assim, à medida que o preço de um bem aumenta, a quantidade demandada desse bem diminui, pois os consumidores se tornam menos dispostos a pagar um preço mais alto por uma quantidade menor do bem.

Related video of a demanda em seu sentido microeconômico neoclássico representa

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait