A Cara Do Crime 2 Letra

Reza May 4, 2021
Letra A CARA DO CRIME 2 MC Poze Bielzin MC Cabelinho Xamã

Introdução

“A Cara do Crime 2” é uma música do rapper brasileiro Hungria Hip Hop, lançada em 2015. A letra da música aborda temas como a vida na periferia, o crime e a violência urbana. Neste artigo, analisaremos a letra da música em detalhes, tentando entender o que o rapper quis transmitir com suas palavras.

Letra da música

Confira abaixo a letra da música “A Cara do Crime 2”:

Eu vim da periferia, onde o crime é rotina
Onde o rap é a voz de quem não tem voz
Eu vi muita coisa ruim, muita criança sem comida
Muita mãe chorando pela morte do filho
Eu não quero ser mais um, eu não quero ser mais um
Eles disseram que eu não ia conseguir, mas eu consegui
Hoje eu sou um homem, eu sou um homem
E eu vou fazer o que tiver que fazer pra vencer

Eu sou a cara do crime, o filho da dor
Eu sou o fruto do descaso, do abandono, do pavor
Eu sou a voz que ecoa, que denuncia, que grita
Eu sou o sonho de quem sonha, de quem luta, de quem acredita
Eu sou a rua, o beco, a favela, o gueto
Eu sou a noite, a escuridão, o medo, o desespero
Eu sou a dor que machuca, que sangra, que mata
Eu sou a vida que resiste, que luta, que se levanta

Eu sou o filho da rua, o sobrevivente, o guerreiro
Eu sou a prova viva de que é possível vencer
Eu sou o exemplo de que a força vem do coração
Eu sou a mensagem que diz: não desista, irmão
Eu sou a história que inspira, que emociona, que motiva
Eu sou a música que toca, que acalenta, que cativa
Eu sou o rap, a cultura, a arte, a poesia
Eu sou a voz de quem não tem voz, a luz na escuridão do dia

Análise da letra

A letra da música “A Cara do Crime 2” é um retrato da vida na periferia brasileira, onde a violência e o crime são uma realidade diária para muitas pessoas. O rapper Hungria Hip Hop descreve a situação de pobreza e abandono em que muitos jovens crescem, sem acesso à educação, saúde, saneamento básico e outras necessidades básicas.

For more information, please click the button below.

Apesar desse cenário desolador, o rapper também mostra que é possível vencer na vida, mesmo com todas as dificuldades. Ele se coloca como exemplo de superação, de alguém que conseguiu sair da periferia e alcançar o sucesso, graças à sua determinação e talento.

A música também destaca a importância do rap como uma forma de expressão dos jovens da periferia, uma maneira de denunciar a realidade em que vivem e de dar voz aos que não têm voz. O rapper se apresenta como um porta-voz daqueles que sofrem com a violência, a exclusão social e a falta de oportunidades, uma voz que grita por mudança e por justiça.

Conclusão

A música “A Cara do Crime 2” é uma obra importante do rap brasileiro, que retrata de forma honesta e emocionante a vida dos jovens da periferia. O rapper Hungria Hip Hop consegue transmitir uma mensagem de esperança e de luta, mostrando que é possível superar as dificuldades e vencer na vida, mesmo em um contexto adverso.

A letra da música também evidencia a importância do rap como uma forma de resistência e de denúncia social, um grito de protesto contra a exclusão e a injustiça. O rap é uma arte que nasceu nas periferias dos Estados Unidos e se espalhou pelo mundo, dando voz aos marginalizados e aos oprimidos.

FAQs

1. Quem é Hungria Hip Hop?

Hungria Hip Hop é um rapper brasileiro, nascido em Brasília em 1991. Ele começou a carreira em 2009, divulgando suas músicas na internet. Seu estilo musical mescla o rap com o funk e o pop, tendo como principais influências artistas como Eminem, Tupac e Charlie Brown Jr.

2. Qual é a mensagem principal da música “A Cara do Crime 2”?

A mensagem principal da música é de esperança e de luta. O rapper Hungria Hip Hop retrata a vida na periferia brasileira, mostrando as dificuldades e a violência que muitos jovens enfrentam no dia a dia. No entanto, ele também transmite uma mensagem de superação, de que é possível vencer na vida mesmo com todas as adversidades.

3. Qual é a importância do rap na cultura brasileira?

O rap é uma forma de arte que surgiu nas periferias dos Estados Unidos na década de 1970, como uma expressão dos jovens negros e latinos que sofriam com a exclusão social e a violência policial. No Brasil, o rap se tornou uma voz importante das periferias, denunciando a desigualdade, a violência e a falta de oportunidades. O rap é uma forma de resistência cultural, que valoriza a oralidade, a poesia e o ritmo.

Related video of a cara do crime 2 letra

Reza Herlambang

Eu sou um escritor profissional na área de educação há mais de 5 anos, escrevendo artigos sobre educação e ensino para crianças na escola.

Leave a Comment

Artikel Terkait